Mês de Fevereiro foi o mais chuvoso dos últimos 35 anos

Marcelo Camargo / ABr

-

O mês de Fevereiro registou o valor mensal mais elevado de precipitação dos últimos 35 anos, tendo sido classificado como “muito chuvoso”, segundo o boletim climatológico do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O boletim climatológico mensal refere que o mês de Fevereiro se caracterizou “por valores de temperatura média próximos do valor normal e de precipitação muito superior ao normal”.

De acordo com o IPMA, o valor médio da quantidade de precipitação em Fevereiro, 210 milímetros, foi duas vezes superior ao valor normal, registando-se valores superiores aos verificados no último mês apenas em cerca de 15 por cento dos anos.

O boletim adianta que o passado mês de Fevereiro foi o mais chuvoso dos últimos 35 anos, sendo classificado de “chuvoso” ou “muito chuvoso” em quase todo o território, excepto na região sudeste, onde foi normal a seco.

O IPMA indica também que o valor médio da temperatura média do ar, 10,24 graus, foi ligeiramente superior ao valor normal em mais 0,16 graus.

Enquanto o valor médio da temperatura máxima do ar foi inferior ao valor normal com uma anomalia de menos 0,56 graus, a temperatura mínima foi superior ao valor médio com uma anomalia de mais 0,89 graus.

O boletim climatológico mensal dá ainda conta da “tempestade Stephanie”, que se registou em Portugal Continental a 9 de Fevereiro, e que originou precipitação forte, com aguaceiros por vezes sob a forma de granizo, e vento forte com rajadas muito fortes, superiores a 100 quilómetros por hora, em vários locais.

A rajada máxima, de 134 quilómetros por hora, foi registada no Cabo da Roca.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ministro holandês faz mea culpa. "Não fomos suficientemente empáticos" com o sul da Europa

O ministro das Finanças holandês reconheceu que foi infeliz nas posições que assumiu sobre a resposta económica à pandemia de covid-19, assumindo que mostrou pouca “empatia” com os países do sul da Europa. Em declarações à …

Estados Unidos admitem possibilidade de novo surto no outono

O diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos disse haver a possibilidade de o país enfrentar um novo surto depois do verão, mas lembrou que nessa altura "várias coisas vão …

Mortes em Portugal estão a aumentar desde o início do mês (sem contar com a Covid-19)

Já morreram mais pessoas em Portugal, neste ano, do que em igual período do ano passado, com especial destaque para o  mês de Março, onde a taxa de mortalidade aumentou, mesmo sem contar com as vítimas de …

PCP quer reabrir camas e decretar preços máximos nos combustíveis para enfrentar pandemia

O PCP apresentou um pacote extenso de propostas para fazer face aos impactos do surto de covid-19. Entre elas está a reabertura do Hospital Militar. O PCP apresentou um conjunto de medidas para fazer face ao …

Houseparty nega pirataria e oferece recompensa milionária a quem provar "campanha difamatória"

A aplicação favorita de quem está em quarentena está sob acusação de piratear contas de outras apps. A Houseparty nega e oferece uma recompensa de 1 milhão de dólares a quem provar a "campanha de …

"Agricultura não pára". Há trabalho no campo para os trabalhadores em lay-off

Com a época das colheitas à porta e a falta de braços no campo, a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) vai propor ao Governo a criação de plataformas de emprego temporário para permitir aos …

Covid-19. Cerimónias fúnebres proibidas em Espanha

As cerimónias fúnebres foram hoje proibidas em Espanha, o segundo país mais afetado pela covid-19 no mundo, e os funerais não podem ter mais do que três pessoas presentes, para impedir a propagação da pandemia …

Falta de meios dificulta marcação de testes à Covid-19

Os utentes do Norte referenciados pelas autoridades de saúde para fazerem o teste à Covid-19 estão a ter grandes dificuldades na marcação nos laboratórios recomendados, devido ao disparo na procura e ao facto de a …

"Impõe-se manter as medidas de contenção", diz Marcelo

O Presidente da República afirmou esta terça-feira que se impõe manter as medidas de contenção que vigoram em Portugal, referindo que essa foi uma opinião unânime na segunda reunião técnica sobre a situação da covid-19 …

Crise poderá levar a Juve a vender Ronaldo por 70 milhões

A crise financeira causada pela pandemia de covid-19 poderá "obrigar" a Juventus a vender Cristiano Ronaldo por 70 milhões de euros, avança a imprensa italiana, frisando que existem mais dois cenários em cima da mesa. O …