Mês da História Negra. Município do Canadá criou desafio que incluía “falar com uma pessoa negra”

Erik S. Lesser / EPA

Um município do Canadá desculpou-se depois de criar um “desafio” para o Mês da História Negra para os seus funcionários, que incluía atividades como “dançar uma música reggae” e “conversar com um funcionário negro”.

De acordo com o Vice, a região de Durham, que consiste em oito cidades, vilas e distritos a leste de Toronto, definiu uma série de atividades para os seus funcionários concluírem em fevereiro, que também incluia responder a perguntas sobre a geografia da África, cozinhar uma refeição africana ou das Caraíbas e tirar uma “fotografia de um objeto em sua casa que o lembra da História Negra”.

O escritor Desmond Cole colocou uma imagem do desafio no Twitter e perguntou: “Então @RegionofDurham criou uma atividade de caça ao tesouro no Mês da História Negra para os funcionários… é isto que estamos a fazer em 2021?”.

https://twitter.com/desmondcole/status/1359563096927395840

O desafio foi amplamente condenado no Twitter – nomeadamente a parte em que desafiava os funcionários a “ter uma conversa com um funcionário negro”. “Ter uma conversa com um funcionário negro? E depois? Tirar uma fotografia e partilhar no Twitter? Marque o seu papel e chegue-se para o lado para que a próxima pessoa branca fale com o funcionário negro?”, criticou um utilizador da rede social.

A região de Durham emitiu um comunicado a desculpar-se pelo desafio, que foi cancelado. “Desculpem-nos. Como parte das Iniciativas do Mês da História Negra da Região de Durham, uma atividade de desafio interno para a equipa da Região de Durham foi um erro. Isto causou danos aos nossos funcionários negros e à comunidade”, lê-se na nota.

O comunicado garantiu ainda que o município irá “garantir que as demais atividades do Mês da História Negra sejam respeitosas e educativas”.

 

Elaine Baxter-Trahair, diretora administrativa da Região de Durham, explicou, em declarações à Breakfast Television Toronto da CityTV, que a ideia por trás do desafio era fazer com que os funcionários aprendessem mais sobre “a cultura dos canadianos negros de muitos destinos diferentes. Infelizmente, algumas das atividades não eram adequadas e é por isso que pedimos desculpa”.

Baxter-Trahair afirmou também que o desafio foi criado por um “comité diversificado”, mas garantiu que se vai certificar de que “tenham o treino adequado antes de começarem a planear eventos como este” novamente.

John Henry, presidente regional e diretor executivo da região de Durham, disse que ficou “triste” quando soube do desafio. “Trabalhamos muito para construir ótimos relacionamentos em toda a região, com a nossa comunidade negra”, disse. “Faremos tudo o que pudermos para reconquistar a confiança da nossa comunidade.”

A região de Durham está a criar um gabinete de diversidade, igualdade e inclusão para lidar com o racismo sistémico dentro da comunidade.

Maria Campos Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Relatório secreto aponta o dedo à CMVM, auditoras e Angola na queda do BES

O Banco de Portugal não será o único culpado pela queda do BES. O Relatório Costa Pinto aponta o dedo à CMVM, à KPMG e PwC, e ao Banco Nacional de Angola. O Relatório Costa Pinto …

Ventura vai "atrás" de Costa (e espera um milhão de votos nas legislativas)

O Chega organizou, este domingo, uma manifestação contra a ilegalização do partido. André Ventura sublinhou que o partido não tem medo e que "só o povo" pode fazê-lo. O presidente do Chega afirmou, este domingo, que …

Juiz-Anti-Confinamento

"Pelos castelos de Portugal" em protestos ilegais, juiz anti-confinamento não pode ser detido

O juiz Rui Fonseca e Castro, que se tornou conhecido pela postura anti-confinamento tem reunido vários apoiantes em protestos sem máscaras e sem distanciamento social. Mas apesar da detenção de alguns desses apoiantes, o magistrado …

Navalny. Ministros europeus analisam situação de opositor russo

Os ministros dos Negócios Estrangeiros europeus vão analisar a situação de Alexei Navalny, opositor à Presidência russa cujo estado de saúde se agravou devido à greve de fome que iniciou na prisão, anunciou este domingo …

Espanha aprova lei para proteger as crianças contra a violência. Decisão é pioneira a nível mundial

Espanha está a pouco mais de um mês de dar um passo importante em prol da defesa dos direitos sociais dos cidadãos. O Congresso dos Deputados aprovou na passada quinta-feira o projeto de lei de …

Linhas do tempo da monarquia. Pela primeira vez, Portugal vai ter um Plano Ferroviário

Pela primeira vez, Portugal vai ter um Plano Ferroviário Nacional (PFN). Esta segunda-feira, é dado o pontapé de saída para o debate nacional sobre a ferrovia. Em declarações à TSF, o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno …

Sporting volta à carga por Yaremchuk, mas tem concorrência de Paulo Fonseca

Roman Yaremchuk volta a entrar na equação do Sporting. O avançado ucraniano leva 20 golos esta temporada e pode ser reforço para a próxima temporada. O Sporting CP não desiste de procurar opções para o ataque, …

Atraso de três meses do Governo terá facilitado venda de barragens da EDP

O Ministério do Ambiente demorou quase três meses a pedir uma avaliação do negócio das seis barragens da EDP à Engie, o que terá facilitado o processo de venda. Em 30 de julho de 2020, a …

Marques Mendes acredita que Sócrates tem ajudado a extrema-direita a crescer

Segundo Luís Marques Mendes, José Sócrates "tem dado um contributo enorme, enorme, enorme para o crescimento da extrema-direita em Portugal". No seu habitual espaço de comentário no Jornal da Noite da SIC, Luís Marques Mendes defendeu …

Rio impôs candidatos a Leiria e Castelo Branco (e causou desconforto no PSD)

Em Leiria e Castelo Branco as estruturas locais do PSD mostraram-se descontentes com as escolhas de Rui Rio para a corrida às autárquicas e imputam os resultados de outubro à direção nacional do partido. Ainda no …