Caracol carrega o menor computador do mundo (e desvenda mistério sobre extinção em massa)

A decisão de introduzir caracóis não nativos no Taiti levou à extinção de 56 espécies de caramujos arbóreos. Contudo, uma das espécies sobreviveu. Para perceber como este “milagre” aconteceu, uma equipa usou o menor computador do mundo.

Mais de cinquenta espécies de caramujos arbóreos foram dizimados após a introdução de um caracol predador na década de 1970, mas o Partula Hyalina sobreviveu.

Graças a uma colaboração entre biólogos e engenheiros da Universidade do Michigan, os cientistas perceberam que o Partula hyalina tem capacidade para tolerar mais luz solar do que o seu predador, por isso foi capaz de persistir em habitats da floresta iluminados pelo sol.

“Conseguimos obter dados que ninguém conseguiu”, referiu David Blaauw, um dos autores do estudo, que acrescenta que as conclusões só foram possíveis devido a “um minúsculo sistema de computação que era pequeno o suficiente para se fixar num caracol”, podendo assim ser transportado pelo animal.

O Michigan Micro Mote (M3), considerado o menor computador completo do mundo, foi anunciado em 2014 por uma equipa co-liderada por Blaauw. Esta foi a sua primeira aplicação em campo, escreve o IFL Science.

Como foi feita a descoberta

Diarmaid Ó Foighil, professora da Universidade do Michigan, já suspeitava há algum tempo que as conchas brancas do caracol eram um sinal que poderia ajudar a explicar a sua sobrevivência, pois refletiam tanta luz solar que poderia ajudar os animais a sobreviver em condições que aqueciam demasiado as suas contrapartes de concha escura.

O problema era que, para confirmar isso, Foighil precisava de registos detalhados da exposição dos caracóis à luz do sol e, na época, nenhum sensor, cujo peso não impedisse os movimentos dos caracóis, estava disponível.

Embora existissem dispositivos microscópicos capazes de realizar cálculos simples, os seus fabricantes afirmam que o M3 é o menor computador “completo”, que pode inserir, processar, armazenar e produzir dados precisos que podem ajudar nesta questão.

As descobertas da equipa, que foram obtidas através do computador carregado pelo caracol, revelam que o Partula hyalina pode passar o dia inteiro em áreas com luz do sol dez vezes mais forte do que as outras espécies, permitindo-lhe escapar de predações.

Além de resolver este mistério, Foighil acredita que “o M3 abre a janela do que podemos fazer com a ecologia comportamental de invertebrados”, permitindo aos cientistas analisar espécies consideradas muito pequenas.

Na sua primeira aplicação em campo, o M3 foi combinado com uma bateria e uma célula solar, permitindo que a luz fosse medida com base na rapidez com que a bateria carregava.

O estudo foi publicado a 15 de junho na revista Communications Biology.

Ana Isabel Moura, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Fósseis misteriosos podem ser uma das provas mais antigas de vida animal na Terra

Elizabeth Turner, cientista numa universidade do Canadá, poderá ter encontrado a prova mais antiga de vida animal na Terra. Uma cientista encontrou possíveis sinais de vida animal multicelular em restos de recifes microbianos de há 890 …

E se o mundo entrasse em colapso? Cientistas descobrem qual o país onde há maior probabilidade de sobreviver

Caso a civilização entre em colapso - uma possível consequência das alterações climáticas - os cientistas já descobriram qual o lugar do mundo onde há maior probabilidade de sobreviver: é na Nova Zelândia. Numa pesquisa, dois …

"Dança quem está na roda", responde Marcelo sobre ausência de Bolsonaro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse este sábado que "dança quem está na roda" quando questionado pelos jornalistas sobre a ausência do homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, da cerimónia de reinauguração do Museu …

Todos os anos, esta cidade italiana entrega sal ao Papa em mãos

O Sal de Cervia, também conhecido como "sal do Papa", é-lhe entregue todos os anos em mãos. A tradição sofreu algumas interrupções até ter sido recuperada pelo Bispo Mario Marini, que serviu no Pontificado de …

A colisão secreta entre navios soviéticos e britânicos podia ter tido um desfecho drástico

Colisão aconteceu durante um dos períodos mais quentes da Guerra Fria e foi camuflado pela marinha britânica, que tratou de fazer regressar a sua embarcação à base de Devonport durante a noite para evitar dar …

Esta garrafa de tequila demorou seis anos para ser desenvolvida (e contém ouro)

A Clase Azul Spirits é uma empresa que comercializa tequila e está a preparar uma edição limitada para homenagear o legado artesanal do México - de onde a bebida é originária. A 2 de agosto, a …

Covid-19. Milhares de franceses protestam contra passe sanitário

Milhares de pessoas concentraram-se este sábado em Paris para protestar contra o passe sanitário — certificado de vacinação contra a covid-19 que passa a ser obrigatório para entrar em vários locais —, tendo a polícia …

"Toque de Midas" científico. Químicos transformam água purificada em metal dourado

Esta nova descoberta ajuda a entender o estado de transição da água e pode vir a ser importante no estudo de planetas como Neptuno ou Urano. Numa experiência alucinante, cientistas conseguiram transformar água purificada num metal …

Dispositivo movido a energia solar vai transformar água salgada em potável no Quénia

Transformar água do mar em água potável é um processo muito caro e poluente, mas o Climate Fund Manager e a Solar Water Solutions querem mudar isso. A nova solução revolucionária tem uma pegada de …

EUA impõem sanções contra a Polícia cubana pela “repressão” dos protestos

Os Estados Unidos impuseram novas sanções à Polícia Nacional Revolucionária cubana e a dois altos funcionários da instituição, com o Presidente Joe Biden a admitir mais medidas caso não exista uma mudança “drástica” em Cuba. Questionado …