Meninas pegaram fogo a orfanato em protesto contra abusos sexuais

Esteban Biba / EPA

-

Pelo menos 33 pessoas morreram e outras 39 ficaram feridas num incêndio registado esta quarta-feira num orfanato na Guatemala, quando as jovens tentaram protestar contra os abusos sexuais e físicos que sofrem, segundo fontes familiares.

O provedor dos Direitos Humanos, Abde Paredes, explicou aos jornalistas que, segundo as primeiras investigações, o fogo foi posto pelas próprias meninas e terá começado num colchão.

O departamento nacional da polícia referiu que um total de 39 pessoas ficaram feridas, 14 das quais em estado grave devido a queimaduras.

Uma centena de pessoas concentrou-se no local para pedir às autoridades as identidades dos mortos e feridos, não tendo recebido, até ao momento, qualquer informação.

As meninas feridas e mortas terão alegadamente escolhido o Dia Internacional da Mulher para protestar contra os abusos sexuais e físicos que sofrem no orfanato.

O pai de Pablo, um menino de 14 anos, contou que o filho está no centro, mas desconhecia o seu estado. O homem disse, contudo, não ter dúvidas que o rapaz é vítima de abusos.

“É assim que tratam as pessoas. É uma porcaria. Tem feridas quando o venho ver e se lhe pergunto quem lhas fez fica zangado”, disse o homem, que prefere não se identificar.

No centro estavam 748 menores, apesar de a sua capacidade ser de 400, incluindo órfãos e vítimas de violência e alguns acusados de pertencer a grupos criminosos ou de terem cometido delitos, segundo os familiares.

Um grupo de mulheres comentou os testemunhos de várias crianças que alegam serem “espancadas e violadas”.

“Não são criminosos, nem animais. São crianças, são pessoas, são adolescentes”, gritou uma delas.

O Presidente da Guatemala já anunciou a destituição do diretor do centro de menores e manifestou ainda o seu pesar e a sua “solidariedade” para com as famílias e os feridos, decretando, em face “da dimensão desta tragédia nacional”, três dias de luto.

Numa mensagem à nação, Jimmy Morales afirmou que o executivo “lamenta profundamente” a tragédia e anunciou que estão a ser investigadas as causas do incidente para se poderem apurar responsabilidades, apesar de lamentar que “os órgãos jurisdicionais” não tenham respondido a tempo de transferir alguns dos menores.

O orfanato tem estado envolto em polémica desde 2016. Pelo menos 47 jovens fugiram, o que levou a Secretaria da Presidência, responsável pela custódia das crianças a destituir o diretor.

As autoridades investigam desde então os factos e uma juíza decretou o encerramento do centro, motivo que levou dois juízes do Supremo Tribunal da Justiça a deslocar-se ao local para verificar a situação.

Dezenas de bombeiros, a polícia, a Cruz Vermelha e membros da Coordenação Nacional para a Redução de Desastres estiveram no local.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Como são hipócritas todos! O Presidente da Guatemala, eleito para cuidar do seu povo, nunca escolheu auxiliares que o alertasse de uma instituição com capacidade para 400 pessoas estava com quase o dobro? Quantas outras instituições nesta condição neste e em outros países estão com superpopulação, dirigida por gente totalmente despreparada? E os pais, que visitavam os filhos, percebiam que algo estava errado e não buscaram uma forma de proteger seus filhos? As “solidariedades” e os “lamentos” são afrontas dos politicamente corretos, que hoje comandam a política e a sociedade, às pessoas vulneráveis e principalmente às crianças.

    • Concordo plenamente! Ridiculo chegar se a uma situação dessas para que haja qualquer tipo de acção por parte das autoridades.

RESPONDER

"Era como se a morte estivesse num copo." No século XVIII, o gin estava a arruinar a Inglaterra

A bebida alcoólica tornou-se tão popular no Reino Unido que os empresários começaram a utilizar todo o tipo de aditivos para enriquecerem. No século XVIII, o gin tornou-se a maior droga que o homem poderia consumir …

Vacinar animais contra a covid-19? Dezenas de zoos nos EUA estão a avançar com a ideia

Cerca de 70 jardins zoológicos e espaços de conservação nos Estados Unidos estão a administrar a vacina da farmcêutica veterinária Zoetis aos seus animais. Não são só os humanos que estão a ser vacinados contra a …

Lewis Hamilton: "Eu não disse que estava a morrer"

Acidente com Max Verstappen originou dores no campeão; Helmut Marko disse que já era "espectáculo" a mais. Troca de palavras entre os dois candidatos ao título. Como se esperava, o acidente que envolveu Lewis Hamilton e …

Autorretrato de Frida Kahlo deverá ser vendido por um valor recorde de 30 milhões de dólares

A Sotheby’s espera ultrapassar os 30 milhões de dólares (mais de 25 milhões de euros) com o autorretrato da pintora mexicana Frida Kahlo, no qual aparece também o seu marido Diego Rivera. O autorretrato Diego y …

David Luiz: "Um dos dias mais especiais da minha vida" - e ainda se fala sobre Jorge Jesus

Flamengo ficou mais próximo de mais uma final da Libertadores, depois de derrotar o Barcelona de Guayaquil. David Luiz estreou-se. O Flamengo venceu o Barcelona de Guayaquil por 2-0, na primeira "mão" das meias-finais da Copa …

Iémen. Escassez de alimentos empurra 16 milhões de pessoas para a fome, revela ONU

Pelo menos 5 milhões de pessoas no Iémen estão à beira da fome e outros 16 milhões estão "a caminhar para a fome", num país dilacerado pela guerra civil. O Programa Mundial de Alimentos (WFP, na …

Presidente da Tunísia governará por decreto, ignorando partes da constituição

O Presidente da Tunísia, Kais Saied, declarou que governará por decreto e ignorará partes da constituição, enquanto se prepara para mudar o sistema político, gerando críticas imediatas da oposição. Desde 25 de julho, dia em que …

Alemanha deixa de pagar quarentena a trabalhadores não vacinados

A Alemanha vai deixar de indemnizar trabalhadores não vacinados que forem forçados a quarentena devido ao coronavírus, por ser "injusto pedir aos contribuintes que subsidiem aqueles que se recusam a ser vacinados", disse na quarta-feira …

Governo acaba com recomendação do teletrabalho

O Conselho de Ministros decidiu acabar com a recomendação da opção pelo teletrabalho e eliminar a testagem em locais de trabalho com mais de 150 trabalhadores. Estas medidas integram a terceira e última fase do plano …

Cansado de denúncias, Betis pede aos seus sócios: "Portem-se bem"

Clube onde jogam dois portugueses quer que os adeptos tenham um "comportamento adequado" durante os jogos no Benito Villamarín. O Betis de Sevilha jogou seis vezes até agora, nesta época. Quatro desses encontros foram disputados em …