Médica espanhola foi mãe aos 62 anos de idade

Uma médica espanhola conseguiu dar à luz uma menina saudável aos 62 anos de idade. A profissional defende que “é a natureza quem impõe os limites e não os ginecologistas”.

Lina Álvarez foi mãe, pela terceira vez, no passado dia 10 de outubro. Até aqui parece uma situação totalmente normal, não fosse o facto de ter 62 anos de idade.

Segundo a BBC, a espanhola, que é médica de profissão, decidiu submeter-se a um tratamento de fertilização in vitro.

A criança nasceu de cesariana, no hospital de Lugo, na Galiza, com cerca de 2,4 quilos. Chama-se Lina como a mãe e as duas tiveram alta uma semana depois.

Em declarações à emissora britânica, a espanhola defende que as mulheres mais velhas, sendo saudáveis, não devem ter medo de dar este passo.

“A natureza é muito sábia e é ela quem impõe os limites, não os ginecologistas. Foi uma gravidez normal, que progrediu naturalmente”, contou.

“Sou a prova de que se pode ter um filho nesta idade, o importante é ser saudável. Muitas mulheres querem ter um filho mas, por falta de informação, acabam por abandonar a ideia”, continua.

A médica já tinha um filho de 27 anos, que sofre de paralisia cerebral, e outro de 10 anos, que também nasceu com recurso à inseminação artificial.

A decisão de querer ter mais um filho, sobretudo com esta idade, gerou muitas críticas, inclusive de profissionais da área.

“Alguns dos meus colegas foram os primeiros a fazer acusações. É fácil falar da vida dos outros. É fácil falar sem saber, falar pelas costas, sem dar a cara”, afirmou ao jornal La Voz de Galicia.

Por outro lado, muitas outras pessoas aplaudem a atitude de Lina, que chegou a receber telefonemas de todo o mundo, com mulheres interessadas em saber a clínica onde fez o tratamento.

“Todas as pessoas que me conhecem dão-me os parabéns porque veem que estou muito feliz. Aproveitei plenamente a minha gravidez e insisto que estou totalmente capacitada física e mentalmente para criar os meus filhos”, disse ainda.

Além dela, também o médico que aceitou fazer esta técnica “foi alvo de críticas ferozes”, por isso, a espanhola, decidiu não divulgar a sua identidade em nenhum momento.

A lei espanhola, tal como em Portugal, não impõe qualquer limite etário para usar este método mas os especialistas desaconselham a sua aplicação em mulheres com mais de 50 anos, escreve o Público.

ZAP / BBC

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Espanta-me isto vir de uma médica. Não se trata de limites biológicos, alguém deveria explicar isso a esta senhora. Trata-se sim de as probabilidades desta criança perder a mãe antes sequer da adolescência serem grandes. E se a senhora tiver uma doença grave prolongada, uma criança irá ter de viver toda essa situação. Claro que isso pode acontecer em idades mais jovens, mas as probabilidades aumentam imenso com a idade. É de um profundo egoísmo pensar desta forma, mas cada um sabe de si.

Responder a Rui Cancelar resposta

"Adiem a Liga dos Campeões", pede o Borussia Dortmund

Sorteio está marcado para esta quinta-feira mas Michael Zorc avisa: "Faltam requisitos legais para a fase de grupos arrancar". A fase de grupos da Liga dos Campeões vai começar, pela primeira vez, em outubro. A primeira …

Artista "ressuscita" 54 Imperadores Romanos com ajuda da Inteligência Artificial

Artista canadiano usou um ramo da Inteligência Artificial para criar retratos ultra-realistas de antigos Imperadores Romanos como, por exemplo, Calígula, Nero e Adriano. A aparência física destes antigos Imperadores Romanos foi preservada em centenas de esculturas …

Cantar pode ser uma má ideia durante a pandemia

Uma nova pesquisa revelou que cantar em grupo pode ser perigoso em termos de propagação de patógenos. Esta é só mais uma prova de que 2020 chegou para pôr um travão na diversão. A Universidade de …

Emirados Árabes Unidos anunciam missão espacial à Lua para 2024

Um alto responsável dos Emirados Árabes Unidos disse hoje que o país tenciona enviar para a Lua uma nave com um veículo não tripulado em 2024. O desejo de pisar a lua é uma ambição de …

Exército norte-americano quer ter acesso à rede de satélites da SpaceX

O exército dos Estados Unidos está de olho na Starlink, a constelação de satélites da SpaceX, cujo CEO é o multimilionário Elon Musk e que tem como objetivo levar Internet de banda larga a todos …

Portugal tem cada vez menos água disponível

Portugal tem cada vez menos água disponível e nos próximos cem anos a precipitação em certas regiões do país, como o Algarve, pode sofrer uma redução de até 30%, alertou esta terça-feira a Associação Natureza …

Tel Aviv vai ter estradas elétricas que recarregam autocarros em movimento

Tel Aviv, em Israel, está a trabalhar na criação de estradas elétricas sem fios para carregar e fornecer energia aos transportes públicos da cidade. As estradas elétricas são parte de um programa piloto liderado pelo município …

Suicídio entre militares norte-americanos aumenta 20% em época de covid-19

Os suicídios entre os militares subiram 20% este ano em comparação com o mesmo período de 2019, registando-se um aumento nos incidentes de comportamento violento à medida que as tropas lutam contra a covid-19 e …

Turista apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma. Arrisca ser condenado a prisão

Um turista foi apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma, em Itália, e arrisca ser punido com um até um ano de prisão. De acordo com o diário italiano La Repubblica, o turista, …

Função Pública. Fesap exige subida de remuneração mínima para 693 euros

A Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap) exige que a primeira posição da Tabela Remuneratória Única avance para 693,13 euros em 2021 e uma atualização do subsídio de refeição para seis euros. Estas duas medidas …