Marte pode ter tido uma lua gigante antes de Fobos e Deimos

Centro Envision da Universidade Purdue

Segundo os especialistas, Marte teve uma lua de tamanho bastante considerável que se rompeu, criando um sistema de anéis. Com o tempo, esse sistema caiu aos pedaços e criou Fobos e Deimos.

Os cientistas norte-americanos desenvolveram um modelo que sugere que detritos expelidos para o espaço por um corpo celeste que colidiu com Marte há cerca de 4,3 mil milhões de anos alternam entre a formação de um anel planetário e a aglomeração para formar uma lua.

Essa é a teoria apresentada por David Minton e Andrew Hesselbrock, cientistas financiados pela NASA da Universidade Purdue, em Lafayette, no estado norte-americano do Indiana, cujas descobertas foram publicadas na Nature Geoscience.

Os especialistas sugerem que a grande bacia polar norte de Marte, a Bacia Borealis – que cobre cerca de 40% do planeta no seu hemisfério norte – foi criada por esse impacto, expulsando detritos para o espaço.

O modelo de Hesselbrock e Minton sugere que à medida que esses detritos se afastavam lentamente do Planeta Vermelho, foi formada uma lua.

Ao longo do tempo, a força gravitacional de Marte teria puxado essa lua em direção do planeta até atingir o limite de Roche, a distância na qual as forças de maré de um planeta desintegram um corpo celeste unido apenas pela gravidade.

“O meu argumento é que Fobos não foi produzida num impacto. Em vez disso, o maior impacto criou um grande satélite que, em vez de colidir com Marte, se rompeu”, diz o autor do estudo, Andrew Hesselbrock, da Universidade de Purdue, em entrevista ao Gizmodo.

Ou seja, o especialista sugere que Marte pode ter tido, um dia, uma lua de tamanho bastante considerável que se desfez, criando um sistema de anéis. Com o tempo, esse sistema caiu aos pedaços sob o puxão da gravidade de Marte até que restassem as duas luas minúsculas Fobos e Deimos.

Marte já teve (e voltará a ter) anéis como os de Saturno

O novo estudo realizado pelos cientistas norte-americanos apoia a teoria divulgada em 2015 que defende que, tal como Saturno, é possível que Marte também tenha tido anéis no seu passado e que possa vir a tê-los novamente.

De acordo com os especialistas, Fobos está a ficar cada vez mais próxima de Marte e irá desintegrar-se quando atingir o limite de Roche, produzindo um conjunto de anéis daqui a cerca de 70 milhões de anos.

Dependendo da posição do limite de Roche, Minton e Hesselbrock pensam que este ciclo poderá ter-se repetido entre três e sete vezes ao longo de milhares de milhões de anos.

Segundo o modelo, cada vez que uma lua se desintegra e é reformada a partir do anel resultante, a sua lua sucessora seria cinco vezes mais pequena do que a anterior, e os detritos teriam caído para o planeta, possivelmente explicando depósitos sedimentares enigmáticos encontrados perto do equador de Marte.

“Poderíamos ter sedimentos lunares com quilómetros de espessura a chover nos primeiros tempos da história do planeta, e existem depósitos sedimentares enigmáticos em Marte sem nenhuma explicação de como lá chegaram. E agora é possível estudar esse material”, comenta Minton.

“Esta investigação destaca ainda mais maneiras de os impactos afetarem um corpo planetário,” comenta Richard Zurek do JPL da NASA em Pasadena, Califórnia, EUA.

Minton e Hesselbrock vão concentrar-se agora na dinâmica do primeiro conjunto de anéis formados ou nos materiais que choveram sobre Marte derivados da desintegração das luas.

PARTILHAR

RESPONDER

"Fez a Amadora e uma parte de Luanda". Amigo de Salgado nega "qualquer perdão de dívida" do Montepio

O construtor civil José Guilherme, que está no centro das investigações ao Banco Montepio, assegura que não recebeu qualquer empréstimo sem garantias, nem "qualquer perdão da dívida", garantindo ainda que sempre cumpriu todas as suas …

Entre Rui Rio e Luís Montenegro, há quem vote no regresso de Passos Coelho

O presidente do PSD, Rui Rio, e o antigo líder parlamentar Luís Montenegro voltam hoje a disputar eleições directas, numa inédita segunda volta em que podem votar 40.604 militantes com as quotas em dia. Nos …

Vírus detetado na China pode já ter infetado mais de mil pessoas

O número de pessoas infetadas com um vírus que matou duas pessoas na China ultrapassa provavelmente o milhar de casos e é muito superior àquele avançado pelas autoridades locais, segundo investigadores britânicos. Num artigo publicado, esta …

Joacine Katar Moreira não vai renunciar ao cargo de deputada

O IX Congresso para eleger os novos órgãos do Livre começa, este sábado, em Lisboa. A única deputada do partido na Assembleia da República já disse que não vai renunciar ao cargo. À chegada ao IX …

Cabeceamentos no futebol podem ser proibidos ou limitados. O problema é o risco de demência

A Federação escocesa de futebol prepara-se para proibir os cabeceamentos nos escalões com menores de 12 anos.  Em Inglaterra, fala-se em limitar este gesto futebolístico que foi associado a doenças neuro-degenerativas em vários estudos científicos. …

Fenómeno cerebral desvenda enigma sobre as casas do Neolítico

O comportamento humano está influenciado por aspetos inconscientes. Um deles é um fenómeno da perceção conhecido entre psicólogos como a negligência espacial cerebral. Este fenómeno refere-se à observação de que as pessoas saudáveis preferem o seu …

Justiça do Mónaco investiga José Eduardo dos Santos e Isabel dos Santos

As autoridades do Mónaco estarão a investigar a empresária angolana, assim como o seu pai e o seu marido, pelo crime de branqueamento de capitais. De acordo com o semanário Expresso, as autoridades judiciais do Mónaco …

Depressão Glória atinge Portugal continental com vento forte

A depressão Glória está a caminho. Segundo o Instituto Português do Mar e Atmosfera, no domingo, esperam-se rajadas de vento que podem atingir os 110 quilómetros por hora nas terras altas. A depressão Glória vai passar …

Governo não renova PPP do Hospital de Loures

O Estado não vai renovar a atual parceria público-privada (PPP) do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, que é gerido pelo grupo Luz Saúde, anunciou a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo …

Cientistas podem ter descoberto por que Beethoven ficou surdo

Ludwig van Beethoven começou a notar dificuldades de audição em 1798, com 28 anos. Com 44 ou 45, estava totalmente surdo. Aos 56 anos, o músico morreu e, até hoje, ainda não se sabe …