Descoberto um enorme lago de água líquida salgada em Marte

ESA / DLR / FU BERLIN

O Polo Sul de Marte esconde um gigantesco lago de água salgada

Marte “esconde” um vasto lago de água salgada sob uma camada de gelo no seu Polo Sul. Investigadores italianos anunciaram que pela primeira vez têm provas da presença de água liquida no Planeta Vermelho.

Sinais recolhidos durante três anos pelo radar da sonda europeia Mars Express indiciam a presença de um lago em Marte muito semelhante aos grandes lagos de água líquida encontrados debaixo do gelo da Antártida e da Gronelândia, aponta um novo estudo publicado esta quarta-feira na revista Science.

“Foram anos de debate e investigação, ficamos anos a discutir se isso era mesmo possível. Mas agora podemos dizer: descobrimos água em Marte“, disse o astrónomo Roberto Orosei, investigador da Universidade de Bolonha e autor principal do estudo.

De acordo com a equipa de cientistas que conduziu a investigação, o lago marciano terá cerca de 20 quilómetros de largura e estará a 1,5 quilómetros da superfície, não sendo ainda possível calcular o volume total da água.

“Esta descoberta traz novas possibilidades para a busca de micro-organismos no ambiente marciano”, disse Elena Pettinelli, investigadora da Universidade de Roma, citada pelo jornal espanhol La Vangardia.

Atualmente, Marte é um planeta frio, deserto e árido, mas no passado, há pelo menos 3,6 mil milhões de anos, foi quente e húmido e tinha água líquida e lagos.

Os investigadores não descartam a possibilidade de ser encontrado um “depósito biológico”, uma vez que algumas bactérias podem sobreviver a baixas temperaturas e graças a substâncias salinas.

A procura de vestígios de água líquida em Marte tem sido uma meta incessante da comunidade científica, pois a água neste estado é uma condição essencial para a existência de vida tal como se conhece.

Em 2007, a sonda Mars Express já tinha confirmado a existência de água em Marte, perto do Polo Sul. Mais recentemente, em 2015, um estudo publicado na revista Nature Geoscience concluiu que as linhas escuras que aparecem sazonalmente na superfície de Marte correspondem a água líquida salobra que flui pelas encostas do planeta.

A conclusão suporta-se na análise de imagens recolhidas pela sonda norte-americana Mars Reconnaissance Orbiter.

Apesar de inóspito, Marte é considerado o planeta do Sistema Solar mais parecido com a Terra. Estruturas geológicas demonstram que, há muito tempo, água líquida abundava na superfície do ‘planeta vermelho’. Num passado remoto, advogam os cientistas, o planeta teve um oceano maior do que o Ártico.

ZAP // Lusa / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

DiCaprio explica como reverter a crise climática

Ice on Fire é um documentário HBO produzido e narrado pelo ator norte-americano Leonardo DiCaprio que retrata a atual crise climática. A grande produção foi discutida esta segunda-feira em Lisboa, onde se falou do contexto …

Descoberto fóssil de macaco que viveu há 4,2 milhões de anos no Quénia

Uma equipa internacional de investigadores descobriu restos fósseis de um pequeno macaco que viveu no Quénia há 4,2 milhões de anos. Os responsáveis pela investigação, que será publicada na revista Journal of Human Evolution, são cientistas …

Air France acusada de negligência no desastre do voo Rio de Janeiro-Paris

A justiça francesa acusou a Air France de negligência, na sequência da investigação ao acidente aéreo do voo Rio de Janeiro-Paris, que causou 228 mortos em 2009, confirmou esta quarta-feira a AFP. O Ministério Público considerou …

Governo "está preparado” para eventual greve dos camionistas

O ministro do Trabalho, Vieira da Silva, disse esta quarta-feira que “não perdeu as esperanças no esforço de conversação” com os representantes dos camionistas, mas garantiu que “o Governo está preparado para o que vier …

Carga misteriosa e contradições nos passageiros. Revelados novos dados sobre o MH370

A França é o único país que continua a investigar o desaparecimento do voo MH370 da Malaysia Airlines em Março de 2014. E emergem novos dados sobre o que apuraram os magistrados envolvidos no caso, …

Foi avistada uma alforreca gigante no Reino Unido

A alforreca gigante, a maior alguma vez encontrada em águas britânicas, foi avistada na Cornualha, no Reino Unido, no sábado, por uma bióloga e repórter da BBC. Segundo o Washington Post, a criatura foi avistada, no …

Montepio condenado a ressarcir cliente que culpou de ataque informático

O Tribunal da Relação de Guimarães condenou o banco Montepio a pagar a uma cliente de Barcelos os 28.596 euros que em quatro dias foram retirados da sua conta, na sequência de ataque informático. Por acórdão …

Crew Dragon. Já se sabe o que causou a misteriosa explosão da nave da SpaceX

A NASA e a SpaceX explicaram, finalmente, o motivo da explosão da nave espacial Crew Dragon. Apesar de terem sido divulgadas imagens da explosão, nenhuma das agências explicou as razões do desastre. As imagens da nave …

Turistas britânicos encorajados a afixar cartazes de Maddie durante as férias

Turistas britânicos com viagens marcadas para o estrangeiro estão a ser encorajados a levar cartazes de Madeleine McCann pela campanha oficial lançada pelos pais para encontrar a criança inglesa desaparecida em Portugal em 2007. “Vai de …

Crianças preferem ser YouTubers do que astronautas

A maioria das crianças entrevistadas prefere mais ser YouTuber do que ser astronauta. De uma lista de cinco profissões, a de cosmonauta foi a menos escolhida entre crianças americanas e britânicas. Há 50 anos, a ida …