Marte pode ter sido habitável 100 milhões de anos antes da Terra

Goddard Space Center / NASA

Os cientistas revelaram que a camada externa de Marte foi formada apenas 20 milhões de anos após o nascimento do Sistema Solar. Além disso, o aparecimento de vida neste planeta aconteceu 100 milhões de anos antes do que na Terra.

Segundo o estudo, publicado na revista Nature, o desenvolvimento da crosta de um planeta é a fase final da sua formação e começa com o “acréscimo de partículas do disco de gás protoplanetário”, explicou a Science News. A acreção é a acumulação de matéria na superfície de um corpo celeste, proveniente do meio circundante.

O estudo acrescenta que essas partículas formaram posteriormente um oceano de magma quente que depois formou o núcleo metálico e a crosta exterior. Este processo demorou entre 30 e 100 milhões de anos.

Os especialistas do Museu de História Natural da Dinamarca chegaram a estas conclusões ao examinar pedaços do meteorito conhecido como “Black Beauty” (“Beleza Negra” em português), vindo de Marte e encontrado no Deserto do Saara em 2011.

“Os nossos resultados indicam que Marte solidificou e arrefeceu ao longo de 20 milhões de anos após a formação do Sistema Solar”, disse Martin Bizzarro, co-autor do estudo. “Isto significa que a água líquida poderia ter existido na superfície do planeta naquele tempo e, consequentemente, esse ambiente poderia ter sido adequado para o desenvolvimento da vida”, explica.

“Isto aconteceu cerca de 100 milhões de anos antes do que quando ocorreu na Terra, e significa que a vida poderia ter surgido inicialmente em Marte”, acrescentou.

O meteorito continha vestígios de zircão, um mineral que atua como “cápsula do tempo”. Por isso, os investigadores conseguiram determinar a idade da crosta de Marte, medindo o chumbo que caiu do urânio que estava preso em zircão.

O estudo revelou também novas evidências que provam que os planetas se podem formar muito mais rapidamente do que se pensava anteriormente.

“Estes resultados revelam que a formação inicial da crosta de Marte – que é o produto final da formação planetária – aconteceu muito mais rapidamente do que se pensava anteriormente”, afirma Bizzarro.

Assim que o planeta é formado por este processo, este rapidamente se diferencia e se cristaliza para formar uma crosta. Modelos anteriores sugeriam que a diferenciação planetária pode levar até 100 milhões de anos”, acrescentou.

Atualmente, existem dois modelos que explicam a formação dos planetas: um que indica uma escala de tempo de 50 a 100 milhões de anos e outro que sugere um período de tempo muito menor.

PARTILHAR

RESPONDER

Tancos. Principal suspeito vai ser libertado em janeiro

João Paulino, o principal suspeito do roubo de material militar dois paióis de Tancos, e mais sete suspeitos vão ser libertados a 28 de janeiro. A informação é avançada esta sexta-feira pela revista Sábado, que dá …

Filhos de imigrantes nascidos em Portugal podem ser portugueses desde que um progenitor seja residente

A Assembleia da República aprovou, esta quinta-feira, na generalidade, as alterações à lei da nacionalidade do PAN e do PCP, e rejeitou, com os votos do PS, o projeto do Livre. Horas antes da votação em …

Instituição de caridade do Vaticano só entrega 10% das doações para os necessitados

O Vaticano arrecada anualmente mais de 55 milhões de dólares (aproximadamente 49 milhões de euros) em doações através do fundo de caridade de Peter's Pence. Contudo, apenas 10% desse montante chega aos necessitados, com o …

Um aumento de 2 euros por mês para quem ganha mil. Proposta do Governo revolta a Função Pública

O aumento salarial de 0,3% proposto pelo Governo para a Função Pública em 2020, vai garantir um acréscimo líquido anual de 26,25 euros para um trabalhador que ganhe cerca de mil euros por mês, segundo …

Tribunal ordena ao Facebook que reative conta de partido neofascista italiano

Um tribunal de Roma ordenou que o Facebook reativasse a conta do partido italiano neofascista CasaPound, obrigando ainda a rede social a pagar 800 euros por cada dia que a conta esteve desativada. De acordo com …

Franceses não dão tréguas. Greves podem durar até ao Natal

As mobilizações em França contra a reforma dos sistema de pensões, que paralisam vários setores mas sobretudo os transportes públicos, entraram no seu nono dia esta sexta-feira e podem continuar até ao Natal. Os sindicatos de …

Treinadores portugueses dominam provas europeias. Vão 9 a sorteio

Nove treinadores portugueses vão continuar das provas europeias, que incluem a Liga Europa e a Liga dos Campeões. Ao todo, seguem nas competições 48 clubes, que vão ver o seu futuro decidido no sorteio da …

Aumentos da Função Pública. Frente Comum abandona negociações com o Governo (e já pensa em formas de luta)

A Frente Comum dos Sindicatos da Administração Pública abandonou as negociações com o Governo sobre as medidas a incluir no próximo Orçamento do Estado, indignada com os aumentos salariais de 0,3% propostos pelo Executivo. Segundo relatou …

Alphonso Davies. De refugiado no Gana a um dos maiores prodígios da Baviera

Alphonso Davies é um dos maiores talentos do futebol mundial na atualidade. O jogador nasceu num campo de refugiados no Gana e brilha agora nos relvados de Munique. Nascido já no novo milénio, Alphonso Davies é …

Bruxelas deverá aceitar redução do IVA da luz por escalões de consumo

A intenção do Governo de aplicar uma redução do IVA da eletricidade por escalões de consumo deverá ter o aval da Comissão Europeia. A notícia é avançado pelo Jornal de Negócios, que recorda que, em abril, …