Marítimo vs Benfica | Vitamina Jonas insuficiente

O Benfica foi incapaz de aproveitar o nulo no “clássico” para se aproximar do topo da classificação, ao empatar, por 1-1, na deslocação ao terreno do Marítimo.

O golo de Jonas, logo aos dois minutos, parecia ser um “safanão” contra a crise, depois da goleada frente ao Basileia, mas as “águias” nunca conseguiram dominar a partida. No segundo tempo, o Marítimo teve menos bola, mas criou bastante mais perigo do que o adversário, e só não chegou à vantagem porque Júlio César teve uma noite inspirada.

O Jogo explicado em Números

  • Boa reacção inicial do Benfica ao mau desempenho europeu a meio da semana, com um golo a abrir a partida. Jonas, à entrada da área, recebeu de Grimaldo e atirou em arco ao ângulo superior direito da baliza de Charles, que ficou a ver a bola passar. A equipa “encarnada” terminaria os primeiros 15 minutos com três remates (contra um do adversário) e com uma ligeira vantagem na posse de bola (51%-49%). Em termos de eficácia de passe, registava-se um empate, com ambas as equipas a terem 67% de entregas eficazes – um número bastante baixo.
  • O Marítimo respondeu bem a este período inicial do Benfica, chegando à meia-hora de jogo com o mesmo número de remates do adversário, três, ainda que nenhum deles tivesse sido enquadrado com a baliza, e com 50% de posse de bola. Logo depois, Jonas obrigou Charles à primeira defesa da partida, com um remate colocado depois de uma falha da defensiva maritimista.
  • À entrada para os últimos cinco minutos da primeira parte, apenas um jogador do Benfica, Jonas, tinha uma percentagem de passes certos superior a 75% (79%, para ser exacto). Pizzi, o habitual pêndulo das “águias”, apresentava uns estranhos 33% de entregas bem-sucedidas no meio-campo adversário; pior, só mesmo o defesa Jardel (29%).
  • Primeira parte com ascendente considerável da equipa do Benfica, a única equipa com remates à baliza e aquela que liderou em diversas vertentes do encontro.
  • Jonas, o autor do único golo da partida, liderava os GoalPoint Ratings com uns claríssimos 7.3. A juntar ao remate certeiro, num dos dois disparos enquadrados que fez, o brasileiro tinha ainda dois passes para finalização, dois dribles eficazes, 14 duelos disputados e 18 passes certos – apenas Grimaldo tinha mais (20). Do lado do Marítimo, Fábio Pacheco 5.5 era quem se destacava com 90% de eficácia de passe, 30 toques e quatro intercepções.
  • Bom início de segunda parte do Marítimo, com dois remates à baliza nos primeiros 15 minutos – o segundo deles uma “bomba” de Rodrinho Pinho, a obrigar Júlio César à defesa da noite depois de deixar dois jogadores benfiquistas para trás. Ainda assim, a equipa visitante fechou este período inicial a dominar a posse de bola (62%) e com mais passes do que o adversário (70-43).
  • A equipa do Marítimo acabou por chegar ao golo da igualdade aos 66 minutos, num cabeceamento de Ricardo Valente, que se desmarcou de André Almeida e deu o melhor seguimento a um cruzamento certeiro de Bebeto. A capacidade de fazer cruzamentos eficazes era um aspecto em que o Marítimo “cilindrava” o Benfica nesta partida (5-1).
  • Aos 75 minutos, Jonas continuava a ser o único jogador benfiquista com mais do que um passe para finalização (três), sendo acompanhado por apenas três companheiros: Grimaldo, André Almeida e Raúl Jiménez. Do lado do Marítimo, havia seis jogadores com passes para finalização, sendo Ricardo Valente o líder nesta vertente, com dois.
  • A fechar a partida, uma torrente de remates da equipa do Benfica, que lutou com todas as forças para impedir novo resultado negativo, mas sem sucesso. A equipa “encarnada” fechou a segunda parte com o mesmo número de remates do adversário, oito, mas o Marítimo teve o dobro dos disparos à baliza (6-3), ainda que com apenas 38% de posse.

O Homem do Jogo

Numa noite de fraca inspiração colectiva, Jonas desdobrou-se em papéis dentro de campo e voltou a actuar em zonas que não são propriamente as suas.

O avançado brasileiro, o autor do golo da sua equipa, liderou em remates enquadrados (dois) e passes para finalização (três), o que demonstra o impacto que teve nos processes ofensivos da sua equipa.

Para além disso, foi o jogador “encarnado” com maior eficácia de passe no meio-campo contrário (81%) e só foi suplantado por Salvio no capítulo de dribles eficazes. Tudo somado, Jonas deixa a Madeira com o título de homem do jogo nos  GoalPoint Ratings, com nota 7.2.

https://twitter.com/_Goalpoint/status/914598479959388162

Jogadores em foco

  • Ricardo Valente 6.7 – Apontou o golo da igualdade, num dos dois remates enquadrados que fez. Somou ainda dois passes para finalização, sofreu três faltas e disputou 14 duelos, vencendo seis.
  • Salvio 6.5 – Rematou seis vezes, mais do que qualquer outro jogador, embora apenas um desses disparos tenha sido enquadrado. Foi feliz em três das suas nove tentativas de drible e venceu sete dos 16 duelos que disputou.
  • André Almeida 6.2 – Criou uma ocasião flagrante de golo, somou 80 toques e conseguiu ainda um drible eficaz. Pela negativa, falhou 21 passes, seis deles no próprio meio-campo, e perdeu a bola 23 vezes.
  • Pizzi 5.2 – Uma noite para esquecer. Acertou 19 dos 29 passes que fez (nenhum deles para finalização), somou apenas um remate e 18 perdas de posse. Saiu aos 67 minutos, mas, ainda assim, foi o jogador que mais bolas colocou na área contrária (12).
  • Cervi 4.7 – Foi o pior elemento em campo. Ambos os remates que fez saíram desenquadrados, falhou uma ocasião flagrante, acertou 16 dos 25 passes realizados e perdeu a posse em 17 ocasiões.

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

Rio abre o jogo sobre o futuro do PDS. Não se recandidata se fizer "igual, pior ou muito pouquinho melhor"

Líder social-democrata deu a conhecer o que é, para o próprio, um bom resultado nas próximas autárquicas, recusou-se a falar sobre as movimentações internas no PSD, expôs o papel do partido na votação do OE …

Corpo encontrado em parque natural será de Gabby Petito

Este domingo foi encontrado um corpo no parque nacional de Wyoming, nos Estados Unidos, que corresponde ao da jovem Gabrielle Petito, que se encontrava desaparecida, anunciou a polícia federal norte-americana (FBI). "No início do dia de …

Nuno Espírito Santo admite que "muita coisa correu mal", mas não escapa às críticas

O Tottenham saiu derrotado por 3-0 do embate com o Chelsea. Nuno Espírito Santo reconheceu os problemas na equipa, que foi duramente criticada por Roy Keane. O Chelsea manteve-se no comboio dos líderes da Liga inglesa, …

Críticas às novas tabelas da ADSE em várias áreas da Saúde

A nova tabela da ADSE, que entrou em vigor a 01 de setembro, tem enfrentado críticas de vários setores da Saúde, desde dentistas a nutricionistas, principalmente pelos valores atribuídos a alguns atos, exclusões e restrições. A …

Cuba é o primeiro país a vacinar crianças a partir dos dois anos

Depois de um drástico aumento de casos e mortes em crianças, a estratégia de vacinação em Cuba mudou. Com o objetivo de ter mais de 90% dos 11 milhões de habitantes imunizados até Dezembro, as autoridades …

Penálti que deu vitória ao Sporting devia ter sido repetido

Um penálti convertido por Pedro Porro deu a vitória, este domingo, ao Sporting. Especialistas entendem que a grande penalidade devia ter sido repetida. O Sporting CP conquistou uma vitória sofrida, este domingo, após derrotar o Estoril …

Marques Mendes: Governo vai abrir discotecas e acabar com limite à lotação no comércio e restaurantes

Marques Mendes considera também que a task force para a vacinação deve ser extinta em Outubro e que em Dezembro deve ser decidida uma terceira dose para os cidadãos acima de 65 anos. No seu habitual …

OE2022: Governo negocia englobamento obrigatório de rendimentos no IRS

O englobamento obrigatório de rendimentos no IRS é uma medida que está incluída no programa do Governo e é um dos temas de grande interesse no núcleo comunista. O assunto está a ser negociado no …

Falcao marcou mas o protagonista foi o árbitro: "Já nem sei quem viu amarelo"

Falhas na comunicação com os outros árbitros e confusão numa suposta expulsão, após 13 cartões amarelos: um jogo que Cordero Vega não vai esquecer. Radamel Falcao estreou-se neste sábado pelo Rayo Vallecano e já terá reunido …

Descoberta de ossos com mais de 120 mil anos pode revelar a primeira evidência de uma fábrica de roupa

Uma equipa de arqueólogos encontrou aquela que pode ser a primeira evidência de uma fábrica de roupa. A descoberta foi feita numa caverna em Marrocos e foi datada de há cerca de 120 mil anos. Emily …