Marisa Matias: Riso de Berardo “é o melhor retrato da elite medíocre e parasitária”

GUE/NGL / Flickr

A eurodeputada Marisa Matias, do Bloco de Esquerda (BE)

A cabeça de lista do BE às eleições europeias, Marisa Matias, considerou que o riso do empresário Joe Berardo quando, no parlamento, foi confrontado com a “sua delinquência financeira, é o melhor retrato da elite medíocre e parasitária”.

O Bloco de Esquerda escolheu o Porto para o comício deste sábado da campanha eleitoral – que começou com uma atuação do cantor Jorge Palma – e, no discurso, Marisa Matias defendeu a necessidade de uma “Europa de direitos contra a irresponsabilidade e contra os irresponsáveis”.

“E por falar em irresponsáveis, ontem [sexta-feira], o país teve a oportunidade de ver um deles, em direto, na Assembleia da República. O riso de Berardo, quando confrontado com a sua delinquência financeira, é o melhor retrato da elite medíocre e parasitária“.

A eurodeputada do BE – que volta a ser a cabeça de lista do partido às eleições de 26 de maio – referia-se à audição de sexta-feira do empresário Joe Berardo que, na comissão parlamentar de inquérito à recapitalização e gestão da CGD, afirmou que é “claro” que não tem dívidas, numa resposta à deputada bloquista Mariana Mortágua.

Para Marisa Matias, este “é também o retrato da impunidade que esta elite continua a beneficiar aqui e na União Europeia”.

“Absoluta delinquência bancária”

Também o cabeça-de-lista do CDS-PP às eleições europeias acusou o PS de “absoluta delinquência bancária”, dando como exemplo a dívida de Joe Berardo à CGD.

Em Vila Nova de Famalicão, de onde é natural, no jantar de arranque da campanha para as eleições europeias, Nuno Melo questionou o empréstimo de 350 milhões de euros feito por aquele banco público a uma “fundação que é privada”, indicando ainda outros exemplos da má gestão socialista da banca.

“A culpa será certamente da Caixa Geral de Depósitos, mas é também da absoluta delinquência bancária que, durante anos, com os socialistas a mandar se transformou a gestão [bancária] no pior que já se viu na Europa em tragédias que se chamaram BPP, BPN, Caixa Geral”, declarou eurodeputado.

Nuno Melo questionou também “como é que a Caixa Geral de Depósitos pôde emprestar 350 milhões de euros, como fez em 2006, quando o dr. António Costa estava no Governo presidido pelo engenheiro Sócrates, a uma fundação que é privada e de cariz educativo para comprar ações do BCP”.

O “número um” da lista centrista para as europeias deixou ainda outras questões relacionadas com o banco público e a sua relação com o empresário Joe Berardo, que foi na sexta-feira ouvido na comissão parlamentar de inquérito à gestão e recapitalização da Caixa Geral de Depósitos, em Lisboa.

“Eu gostava que alguém me explicasse neste país como é se reestruturou a dívida do senhor Joe Berardo contra os pareceres de risco do próprio banco público”, pediu.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Perguntas pertinentes, mas a resposta está no poder político. O problema è que os políticos são lá colocados por que, depois, vai receber as benesses.
    É como uma orquestra bem afinada…..

Responder a ah Cancelar resposta

Este casaco foi desenhado para nos ajudar a dormir em qualquer lado

A britânica Vollebak lançou um casaco, inspirado nos astronautas, que facilita a ideia de poder dormir, literalmente, em qualquer lado. A pensar em todas aquelas pessoas que gostam de fazer uma sesta ou outra, independentemente do …

DJ Juice WRLD morre aos 21 anos

A estrela do hip-hop norte-americano Juice WRLD faleceu este domingo (8), depois de sofrer convulsões no Aeroporto de Midway, em Chicago, avança o TMZ. O rapper tinha feito 21 anos a 2 de dezembro. De acordo …

"A Favorita" arrebata prémios do cinema europeu

O filme "A Favorita", do realizador grego Yorgos Lanthimos, arrecadou oito prémios da Academia de Cinema Europeu, numa cerimónia realizada em Berlim. "A Favorita" conquistou, entre outros, os prémios de Melhor Filme Europeu, Melhor Comédia, Realização …

Belenenses 1-1 Porto | "Dragão" escorrega e deixa fugir líder

O FC Porto não foi além de um empate na visita ao Jamor, ante o Belenenses. André Santos abriu as “hostilidades” e Alex Telles, na marcação de uma grande penalidade, fixou o resultado final. Com esta …

Caligrafia desleixada de Isabel I denuncia-a como a tradutora anónima de um livro romano

A rainha Isabel I de Inglaterra foi identificada como a tradutora anónima do livro "Anais" de Tácito. As idiossincrasias da sua caligrafia acabaram por ser fundamentais para a descoberta. Na análise a uma tradução de século …

Hashtags políticas como #MeToo tornam as pessoas menos propensas a acreditar em notícias

Tendem a passarem despercebidas, mas as hashtags são mais importantes do que julgamos. A questão que se impõe é: serão benéficas para a saúde democrática da Internet? Uma hashtag (#) é uma marca funcional, amplamente usada …

Sporting 1-0 Moreirense | "Leão" resolve à cabeçada

O Sporting regressou às vitórias na Liga NOS, embora não sem sentir algumas dificuldades, em especial no ataque. Os "leões" bateram o Moreirense por 1-0, numa partida em que remataram muito (28, máximo na Liga até …

Orçamento do Estado. "Sentido de voto do BE está completamente em aberto"

A coordenadora do BE afirmou, este domingo, que o sentido de voto do partido sobre o Orçamento do Estado para 2020 está "completamente em aberto", desejando que o Governo socialista atenda às reivindicações bloquistas. "Fizemos uma …

João Cotrim Figueiredo eleito presidente da Iniciativa Liberal com 96% dos votos

João Cotrim Figueiredo foi eleito, este domingo, presidente da Comissão Executiva da Iniciativa Liberal, uma candidatura única que recolheu 96% dos votos na III Convenção Nacional do partido. A III Convenção Nacional do partido decorre hoje …

Inteligência artificial decifra manuscrito que pode mudar história da Austrália

A Terra Australis Incognita, hoje conhecida como Austrália, foi descrita por um jesuíta espanhol quase cem anos antes da descoberta em 1770 pelo marinheiro britânico James Cook, segundo um manuscrito decifrado através de inteligência artificial. A …