Marisa Matias critica Centeno por “encabeçar ameaças” a Itália

GUE/NGL / Flickr

Marisa Matias

A eurodeputada Marisa Matias, do Bloco de Esquerda, disse a Mário Centeno, num debate no Parlamento Europeu, que é “desconcertante” vê-lo, enquanto presidente do Eurogrupo, a “encabeçar as ameaças” a Itália, questionando-o se não “há limites para a incoerência”.

Num debate na comissão parlamentar de Assuntos Económicos e Monetários, a eurodeputada Marisa Matias interveio começando por lembrar a Mário Centeno que “é ministro das Finanças de um Governo que inverteu muitos dos aspetos da política imposta pela troika”, com a implementação de uma política, que “provavelmente não era bem o seu programa”.

Ainda assim, apontou, “em força do quadro de apoio parlamentar, teve resultados indiscutivelmente positivos, tanto do ponto de vista económico, como social, e também das contas públicas”.

“Eu devo confessar-lhe que, por isso mesmo, foi para mim tão desconcertante vê-lo gravar um vídeo em que celebrou a devastação económica que foi imposta à Grécia, uma devastação, aliás, que a maioria parlamentar que o apoia recusou”, afirmou Marisa Matias.

“E é por isso também que para mim é desconcertante vê-lo encabeçar as ameaças a um Governo, que por muito pouco que gostemos dele, foi eleito pelos italianos. E que, com essas ameaças, como estamos a ver, só vai saindo cada vez mais reforçado”, reforçou.

A deputada referia-se a uma mensagem em vídeo gravada por Mário Centeno por ocasião da conclusão do programa de assistência à Grécia, no verão passado, e às opiniões sobre o plano orçamental de Itália para 2019, que Bruxelas devolveu a Roma para que o reformulasse.

“E perdoe-me a sinceridade, mas não acha que há limites para a incoerência? Não pode justificar-se tudo para a presidência do Eurogrupo”, completou a deputada do Bloco, partido que juntamente com o PCP garante uma maioria parlamentar ao Governo socialista.

Na resposta, em inglês, a língua a que recorreu ao longo de todo o debate – “eu vou continuar em inglês só para manter a coerência, como vê sou muito coerente”, ironizou – Centeno confirmou o orgulho em Portugal pelo que “o país alcançou nos últimos anos”, comentando que esse processo mostrou, até na cena europeia, “que de facto há políticas alternativas, porque é disso que as democracias são feitas, de alternativas”.

Centeno enfatizou, todavia, que tal “foi alcançado dentro das regras comuns” da zona euro, e foi possível porque desse modo o país reconquistou a confiança interna, mas também dos mercados, “o que ainda é mais importante”.

Em conclusão, Centeno disse que, não querendo exibir-se “como um ministro das Finanças especial”, a verdade é que a experiência portuguesa mostrou que é possível políticas alternativas simultaneamente em cumprimento com as regras europeias.

Na sua intervenção inicial perante a comissão de Assuntos Económicos do Parlamento Europeu, Centeno comentou que o plano orçamental revisto de Itália para 2019, sobre o qual a Comissão Europeia se pronunciará na quarta-feira, “não dissipou as preocupações” relativamente à sua estratégia orçamental.

O plano orçamental revisto não melhorou a situação em termos de custos de financiamento da dívida, o que significa que não dissipou as preocupações relativamente à estratégia orçamental de Itália”, declarou o presidente do fórum de ministros das Finanças da zona euro, perante os eurodeputados.

Numa deslocação a Roma, em 9 de novembro, Centeno exortara o Governo italiano a submeter a Bruxelas um novo plano orçamental em linha com as regras comuns europeias, advertindo que só assim Itália dissiparia as “dúvidas persistentes nos mercados e entre os parceiros europeus” sobre a sua estratégia orçamental, que “já está a ter um preço, na forma de custos de financiamento mais elevados para o Estado italiano, empresas italianas e cidadãos italianos”.

Esta terça-feira, Centeno lamentou que essas dúvidas não tenham sido dissipadas com o “novo” plano orçamental, sobre o qual a Comissão Europeia se pronunciará na quarta-feira, e o Eurogrupo na sua próxima reunião no início de dezembro, e recordou que o fórum de ministros das Finanças da zona euro apoiam a opinião do executivo comunitário.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …

Camisola usada por Pelé no seu último jogo foi vendida por 30 mil euros em leilão

Uma camisola usada por Pelé no seu último jogo com a seleção brasileira foi vendida por 30 mil euros num prestigiado leilão de objetos desportivos, realizado na quinta-feira em Turim, Itália. A camisola com o número …

A maior entrada de sempre em bolsa. Saudi Aramco garante 25,6 mil milhões de dólares

Para além de fazer uma entrada em estilo na bolsa de Riade na próxima semana, com a maior IPO de sempre, a Saudi Aramco torna-se na empresa mais bem avaliada do mundo. A Saudi Aramco, petrolífera …

Novo livro revela provas de que Albert Camus foi assassinado pelo KGB

Giovanni Catelli é autor da teoria que o prémio Nobel da literatura Albert Camus foi assassinado pelo KGB. No seu novo livro, reitera essa ideia e revela algumas provas. O romancista Albert Camus foi vencedor do …