Marisa Matias critica Centeno por “encabeçar ameaças” a Itália

GUE/NGL / Flickr

Marisa Matias

A eurodeputada Marisa Matias, do Bloco de Esquerda, disse a Mário Centeno, num debate no Parlamento Europeu, que é “desconcertante” vê-lo, enquanto presidente do Eurogrupo, a “encabeçar as ameaças” a Itália, questionando-o se não “há limites para a incoerência”.

Num debate na comissão parlamentar de Assuntos Económicos e Monetários, a eurodeputada Marisa Matias interveio começando por lembrar a Mário Centeno que “é ministro das Finanças de um Governo que inverteu muitos dos aspetos da política imposta pela troika”, com a implementação de uma política, que “provavelmente não era bem o seu programa”.

Ainda assim, apontou, “em força do quadro de apoio parlamentar, teve resultados indiscutivelmente positivos, tanto do ponto de vista económico, como social, e também das contas públicas”.

“Eu devo confessar-lhe que, por isso mesmo, foi para mim tão desconcertante vê-lo gravar um vídeo em que celebrou a devastação económica que foi imposta à Grécia, uma devastação, aliás, que a maioria parlamentar que o apoia recusou”, afirmou Marisa Matias.

“E é por isso também que para mim é desconcertante vê-lo encabeçar as ameaças a um Governo, que por muito pouco que gostemos dele, foi eleito pelos italianos. E que, com essas ameaças, como estamos a ver, só vai saindo cada vez mais reforçado”, reforçou.

A deputada referia-se a uma mensagem em vídeo gravada por Mário Centeno por ocasião da conclusão do programa de assistência à Grécia, no verão passado, e às opiniões sobre o plano orçamental de Itália para 2019, que Bruxelas devolveu a Roma para que o reformulasse.

“E perdoe-me a sinceridade, mas não acha que há limites para a incoerência? Não pode justificar-se tudo para a presidência do Eurogrupo”, completou a deputada do Bloco, partido que juntamente com o PCP garante uma maioria parlamentar ao Governo socialista.

Na resposta, em inglês, a língua a que recorreu ao longo de todo o debate – “eu vou continuar em inglês só para manter a coerência, como vê sou muito coerente”, ironizou – Centeno confirmou o orgulho em Portugal pelo que “o país alcançou nos últimos anos”, comentando que esse processo mostrou, até na cena europeia, “que de facto há políticas alternativas, porque é disso que as democracias são feitas, de alternativas”.

Centeno enfatizou, todavia, que tal “foi alcançado dentro das regras comuns” da zona euro, e foi possível porque desse modo o país reconquistou a confiança interna, mas também dos mercados, “o que ainda é mais importante”.

Em conclusão, Centeno disse que, não querendo exibir-se “como um ministro das Finanças especial”, a verdade é que a experiência portuguesa mostrou que é possível políticas alternativas simultaneamente em cumprimento com as regras europeias.

Na sua intervenção inicial perante a comissão de Assuntos Económicos do Parlamento Europeu, Centeno comentou que o plano orçamental revisto de Itália para 2019, sobre o qual a Comissão Europeia se pronunciará na quarta-feira, “não dissipou as preocupações” relativamente à sua estratégia orçamental.

O plano orçamental revisto não melhorou a situação em termos de custos de financiamento da dívida, o que significa que não dissipou as preocupações relativamente à estratégia orçamental de Itália”, declarou o presidente do fórum de ministros das Finanças da zona euro, perante os eurodeputados.

Numa deslocação a Roma, em 9 de novembro, Centeno exortara o Governo italiano a submeter a Bruxelas um novo plano orçamental em linha com as regras comuns europeias, advertindo que só assim Itália dissiparia as “dúvidas persistentes nos mercados e entre os parceiros europeus” sobre a sua estratégia orçamental, que “já está a ter um preço, na forma de custos de financiamento mais elevados para o Estado italiano, empresas italianas e cidadãos italianos”.

Esta terça-feira, Centeno lamentou que essas dúvidas não tenham sido dissipadas com o “novo” plano orçamental, sobre o qual a Comissão Europeia se pronunciará na quarta-feira, e o Eurogrupo na sua próxima reunião no início de dezembro, e recordou que o fórum de ministros das Finanças da zona euro apoiam a opinião do executivo comunitário.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mark Zuckerberg tem medo do TikTok (e já se sabe porquê)

Mark Zuckerberg já deixou claro, mais do que uma vez, que não gosta do TikTok. No entanto, agora sabemos o que está por trás desta hostilidade pelo rival: a aplicação está a crescer muito, mesmo …

A empresa mãe da Google já vale um bilião de dólares

Esta quinta-feira, a Alphabet, empresa mãe da Google, conseguiu uma cotação na bolsa de 1 bilião de dólares, cerca de 900 mil milhões de euros. A Alphabet tornou-se, esta quinta-feira, a quarta empresa norte-americana a conseguir …

Cientistas criam "cimento vivo" capaz de se "curar"

Uma equipa de cientistas dos Estados Unidos criou um "cimento vivo" juntando areia e bactérias num material de construção capaz de se auto-reproduzir, de absorver dióxido de carbono e manter a resistência. "Já usamos materiais biológicos …

Sporting 0-2 Benfica | Águia vence dérbi e foge na frente

O Benfica foi o grande vencedor do dérbi lisboeta. Na visita ao Sporting, os “encarnados” marcaram dois golos sem resposta, ambos na segunda parte, por Rafa Silva, entrado no decorrer da segunda parte, após ter …

Um em cada seis homens é vítima de abuso sexual antes dos 18 anos

Um em cada seis homens é vítima de abuso sexual antes dos 18 anos e podem levam décadas até pedir ajuda, por nem sempre aceitarem e entenderem que sofreram violência sexual. Na maior parte dos …

"Messiah", da Netflix, reacende controvérsia sobre os limites da liberdade de expressão

A série Messiah, disponível na plataforma de streaming Netflix, acende a controvérsia em torno dos limites da liberdade de expressão e da criatividade no mundo das artes e do entretenimento. Messiah, uma série produzida por Michael …

Quadro encontrado por jardineiro era mesmo a obra desaparecida de Klimt

Em 1997, Retrato de uma Senhora desapareceu da Galeria de Arte Moderna Ricci Oddi, em Piacenza. Em dezembro, o quadro foi descoberto. Estava escondido numa parede da instituição. O quadro encontrado em dezembro, escondido na reentrância …

Terramotos modificaram a geografia de Porto Rico (e a NASA mostra como)

Os terramotos que Porto Rico tem sentido desde dezembro passado, que causaram pelo menos um morto e milhões de dólares em prejuízos, estão também a mudar a geografia desta ilha das Caraíbas. A agência espacial …

Maldivas desesperam por fundos enquanto continuam a afundar

As Maldivas correm o risco de desaparecer completamente a menos que o Governo consiga aceder a financiamentos para combater a subida das águas. Atualmente, 80% do país está um metro abaixo do nível do mar. "Não …

O avião-baleia da Airbus já fez o seu primeiro voo

https://vimeo.com/385554265 O BelugaXL, da Airbus, é um avião-baleia e é a aeronave com mais espaço de carga do mundo. O avião foi desenvolvido para transportar peças de aviões entre as várias fábricas da empresa europeia e …