Há mais de 1.500 portugueses presos no estrangeiro

Mais de 1.500 portugueses estavam detidos nas prisões estrangeiras no final de 2013, a maior parte por causa do tráfico de droga, tendo havido 321 cidadãos nacionais deportados, maioritariamente do Canadá.

Segundo os dados do Relatório da Emigração relativo a 2013, da responsabilidade do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, o ano de 2013 terminou com 1.565 portugueses detidos em prisões estrangeiras.

Traçando o perfil dos portugueses presos, constata-se que são maioritariamente homens (90%), com idades entre os 25 e os 45 anos, presos por tráfico de droga e a cumprir uma pena entre 5 e 10 anos.

“Os dez países onde se encontra um maior número de nacionais presos são: a Espanha, a França, o Reino Unido, a Alemanha, o Brasil, o Peru, o Luxemburgo, a Suíça, os Estados Unidos da América e a Itália”, lê-se no relatório, que explica que isto reflecte o fluxo das migrações, à excepção do caso do Peru, onde o elevado número de detenções é explicado pelo circuito de tráfico de droga internacional.

Motivos da detenção

Entre os 1.565 portugueses presos, apenas em 705 foi possível identificar os motivos da detenção, sendo que dentro destes, 373 estão presos por tráfico de droga. Em relação a outros 860 não foi comunicado aos postos ou à Direcção-Geral dos Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas informação quanto ao tipo de crime.

O relatório revela que o tráfico de droga é o principal motivo (53%) da condenação e prisão de cidadãos nacionais no estrangeiro, seguindo-se o roubo ou furto (10%) e com os restantes 21% a dividirem-se entre crimes sexuais, falsificações de documentou e crimes rodoviários.

Relacionando a prisão por tráfico de droga com o país da detenção, é possível verificar que a maior parte destes 373 portugueses estão em prisões brasileiras (83), peruanas (49), inglesas (37) e espanholas (26).

Em relação às penas, o documento revela que a maior percentagem (60%) cumpre penas entre os cinco e os 10 anos, seguido dos que cumprem penas inferiores a cinco anos (29%).

Além disso, existem oito portugueses condenados a pena de prisão perpétua, estando cinco no Reino Unido, dois na África do Sul e um na Irlanda.

Os portugueses presos no estrangeiro têm idades compreendidas entre os 21 e os 82 anos, com uma idade média de 39 anos num universo de 307 presos sobre quem existem dados relativos às idades.

Relativamente às deportações, os Estados Unidos da América e o Canadá são os dois países onde se verifica o maior número de casos, tendo-se registado em 2013 um total de 321 portugueses deportados.

Só do Canadá saíram, o ano passado, 126 portugueses, enquanto dos Estados Unidos da América foram expulsos 67. Fora da Europa, houve também dois casos de portugueses deportados da Rússia, um de Moçambique e dois da Venezuela.

Dentro da Europa, houve 123 casos de cidadãos nacionais afastados ou expulsos, a maioria do Reino Unido (83), sendo que, neste caso, o período em estudo decorre entre Abril de 2013 e Março de 2014.

País a país, registaram-se três expulsões da Alemanha, 36 da Espanha, quatro da Irlanda, um da República Checa e 83 do Reino Unido, num total de 123 casos.

O relatório traz a relação das deportações a partir de 2011, pelo que é possível constatar um total de 920 portugueses deportados até finais de 2013.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Eis o primeiro enxame de (pequenos) buracos negros num aglomerado globular

Uma equipa de cientistas, que esperava encontrar um buraco negro de massa intermédia no coração do aglomerado globular NGC 6397, encontrou, em vez disso, evidências de uma concentração de buracos negros mais pequenos. Por vezes, na ciência, …

Ruth, a "humana digital" da Nestlé ensina como fazer as bolachas perfeitas

Graças à Inteligência Artificial, nasceu Ruth, um "humano digital" da Nestlé que interage connosco e nos ajuda a fazer as melhores bolachas com pepitas de chocolate. A internet é o maior livro de receitas a que …

“Ditador egoísta e despótico”. Margaret Tatcher comparou Saddam Hussein a Hitler após ataque ao Kuwait

Documentos do início da Guerra do Golfo revelam que a antiga primeira-ministra britânica Margaret Thatcher comparou Saddam Hussein a Adolf Hitler após a invasão do Kuwait pelo ditador iraquiano. De acordo com os documentos anteriormente confidenciais …

Cientistas criam "televisão" ultravioleta para animais (que nos vai ajudar a entendê-los melhor)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, desenvolveu uma "televisão" ultravioleta para ajudar os especialistas a entender melhor a forma como os animais veem o mundo. Os monitores de televisões ou computadores têm …

Watakano, a “ilha da prostituição” que teve o seu auge nos anos 80, está agora vazia

Conhecida como “ilha da prostituição”, Watakano já foi considera um pequeno paraíso sexual. No seu auge, do final dos anos 70 a meados dos anos 80, homens faziam um curta viagem de barco até ao …

Deputado norte-americano quer banir GTA 5 e outros jogos violentos. Tudo para diminuir roubos de carros

O deputado norte-americano Marcus Evans quer proibir a venda de videojogos violentos que promovam atividades criminosas, como o GTA 5, face ao aumento dos roubos de automóveis em Chicago e um pouco por todo o …

Estudante projetou um casaco que se transforma num saco-cama para os sem-abrigo. E deu-lhes um emprego

Nos Estados Unidos, há pelo menos 567.715 pessoas que vivem nas ruas. Embora há quem vire as costas a essas estas, também há quem esteja disposto a fazer tudo para ajudar os necessitados e tirá-los …

Um livro e uma reclusa-mediterrânica. Aranhas venenosas obrigam a encerramento temporário de biblioteca nos EUA

Aranhas venenosas da espécie reclusa-mediterrânica apareceram na cave de uma biblioteca na Universidade do Michigan, nos Estados Unidos. Os funcionários de uma biblioteca da Universidade do Michigan, nos Estados Unidos, foram obrigados a encerrar temporariamente o …

Bolsonaro diz que máscaras causam "efeitos colaterais"

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, disse que as máscaras causam "efeitos colaterais" e citou um alegado estudo alemão, sem acrescentar mais detalhes. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, causou polémica esta quinta-feira ao dizer que as …

Pilotos aprovam acordo de emergência na TAP

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou esta sexta-feira o acordo de emergência na TAP, adiantaram vários pilotos à Lusa. O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou o acordo de emergência na …