“Um tesouro”. Revelado o mais antigo filme de uma atuação de Miles Davis

Sequência gravada para a Rádio Televisão Francesa, em 1957, foi publicada online pelo Instituto Nacional do Audiovisual de França.

O Instituto Nacional do Audiovisual de França (INA) publicou, esta sexta-feira, imagens inéditas do trompetista norte-americano Miles Davis, filmadas em Paris, em 1957, que constituem “a mais antiga” sequência filmada conhecida do músico, segundo a instituição.

É um tesouro que acaba de ser descoberto”, escreve o INA, na página de abertura do seu site, no qual publicou a sequência de três minutos e 57 segundos, que envolve o quinteto do trompetista de jazz, com o qual tinha acabado de gravar a banda sonora do filme Ascensor para o Cadafalso (Ascenseur pour l’échafaud), de Louis Malle.

A imagem mostra um cenário lunar, com Miles Davis no lado esquerdo do ecrã, acompanhado do contrabaixista Pierre Michelot e do baterista Kenny Clarke, à sua direita, dando ao saxofonista Barney Wilen e ao pianista René Urtreger o protagonismo dos solos, antes de subir a primeiro plano para concluir a composição.

De acordo com o INA, esta sequência foi “filmada em 7 de dezembro de 1957, por Jean-Christophe Averty”, para a emissão especial de Natal do programa de variedades Clair de Lune, da Rádio Televisão Francesa (RTF), emitido em 25 de Dezembro desse ano.

O filme, no formato de 16 milímetros, foi encontrado “durante um inventário no centro de conservação do INA” e depois digitalizado para ser disponibilizado no site do instituto.

Esta sequência é não só “a mais antiga que se conhece de Miles Davis” em televisão, segundo o conservador do INA para a área do jazz, Pascal Rozat, como é também o único conjunto de imagens a mostrar em ação o célebre quinteto francês do criador de The Birth of the Cool, no desenvolvimento completo de um tema.

Em declarações à agência France-Presse, Rozat lembrou que Miles Davis, então com 31 anos, já tinha aparecido anteriormente em programas da televisão norte-americana, mas essas imagens nunca foram preservadas. Na altura, a maioria das emissões televisivas era feita em direto e as gravações, quando existiam, nem sempre eram mantidas.

Há uma sequência de Miles Davis exibida em 19 de dezembro de 1957 e “apresentada como uma gravação autêntica da música do filme” de Malle, mas trata-se, na verdade, de “uma recriação posterior”, explicou Pascal Rozat à agência francesa de notícias.

O programa de televisão agora encontrado, além de Miles Davis, inclui os cantores Juliette Gréco, Paul Braffort e Giani Esposito.

Nascido em 26 de maio de 1926, em Alton, no Ilinois, Estados Unidos, Miles Davis morreu em 28 de setembro de 1991, em Santa Mónica, Califórnia, protagonizando quase todas as correntes do jazz da segunda metade do século XX, e legando álbuns como In a Silent Way, Kind of Blue, Miles Ahead, Porgy and Bess e Bitches Brew.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Irão vai permitir que mulheres entrem nos estádios

  A jovem iraniana Sahar Khodayari, de 29 anos, imolou-se em frente a um tribunal de Teerão depois de ter sido condenada a seis meses de prisão por tentar ir a um jogo. A sua morte …

Thomas Cook anuncia falência e obriga a repatriamento maciço de 600 mil turistas

O operador turístico britânico Thomas Cook anunciou falência depois de não ter conseguido encontrar, durante o fim de semana, fundos necessários para garantir a sua sobrevivência e, por isso, entrará em “liquidação imediata”. “Apesar dos esforços …

Dar à luz era mais fácil há 2 milhões de anos

Como humanos modernos, desenvolvemos a habilidade de caminhar em duas pernas e temos cérebros grandes. Estas características ajudam-nos a chegar à prateleira de cima e a resolver quebra-cabeças - mas vêm com um preço. As nossas …

Lotes de medicamentos para azia com possível carcinogénio retirados do mercado

O Infarmed ordenou este sábado a recolha e retirada imediata de uma série de lotes de medicamentos protetores gástricos contendo o princípio ativo ranitidina do mercado, depois de ter sido detetada a presença de uma …

Ator de Star Trek morre aos 50 anos

Aron Eisenberg, o Nog de Star Trek: Deep Space Nine, morreu este sábado, com apenas 50 anos. A causa de morte do ator ainda não foi revelada. Morreu Aron Eisenberg, ator que interpretou a personagem Nog, …

Mesmo que não beba, o seu fígado pode sofrer danos causados por álcool

A lesão hepática é uma das consequências bem conhecidas do consumo excessivo de álcool. Mas nem sempre é preciso beber para sofrer delas. Algumas bactérias intestinais produzem álcool e podem danificar o nosso fígado sem lhe …

Colisão gigante de asteróides no Espaço provocou um boom de vida na Terra

Os asteróides desempenharam um "papel divino" na história da vida na Terra. Um novo estudo sugere que um gigantesco boom de biodiversidade na Terra, há cerca de 470 milhões de anos, poderá ter acontecido devido …

Alguns planetas podem orbitar um buraco negro supermassivo em vez de uma estrela

Estamos habituados à ideia de que um planeta orbita estrelas. No entanto, estes corpos celestes podem também existir em torno de buracos negros supermassivos. Os cientistas já haviam adotado a ideia de que há planetas a …

PSD a 3 deputados da maioria na Madeira. CDS afasta geringonças

Miguel Albuquerque, político experiente, apreciador de música e apaixonado por rosas, voltou hoje a vencer as eleições regionais da Madeira, mas tem agora pela frente a ‘espinhosa’ tarefa de negociar um entendimento que garanta estabilidade …

Porto 2-0 Santa Clara | E vão cinco vitórias consecutivas na Liga

O FC Porto respondeu ao triunfo do Benfica no sábado em Moreira de Cónegos com a quinta vitória consecutiva na Liga, na recepção ao Santa Clara, por 2-0. Num jogo morno, com uma segunda parte mal jogada …