Museu alemão assaltado. Pode ser um dos maiores roubos da história

Filip Singer / EPA

Três conjuntos com diamantes e rubis de “valor inestimável” foram esta segunda-feira roubados do museu Grünes Gewölbe, na cidade de Dresden, na Alemanha. Este poderá ser um dos maiores assaltos da história, com peças roubadas no valor de mil milhões de euros.

Pelo menos dois ladrões conseguiram entrar no museu pouco antes das 05:00 locais (04:00 em Lisboa) para roubar esses três conjuntos do século XVIII, antes de fugirem, explicaram os investigadores em conferência de imprensa.

As joias pertenciam ao museu Grünes Gewölbe, situado num castelo da cidade de Dresden e que contém uma das coleções mais importantes de tesouros da Europa.

Pouco antes do assalto, um incêndio, perto do museu, destruiu um transformador elétrico, interrompendo o sistema de alarme. No entanto, os investigadores recusaram-se, nesta fase, a estabelecer uma ligação entre os dois acontecimentos. A diretora, Marion Ackermann, não pôde fornecer o valor estimado do prejuízo.

“Não podemos reduzi-los a um valor, porque não estão à venda”, indicou Ackermann acrescentando, no entanto, que o valor histórico e cultural das três peças é “inestimável”. Um outro responsável dos museus da cidade referiu que os conjuntos roubados faziam “parte do património cultural mundial”.

Ackermann defende que as peças não podem ser vendidas por serem muito conhecidas e teme que, por isso, as joias sejam derretidas. A diretora dos museus da Saxónia apelou ainda aos assaltantes para que não desmantelem as joias em pequenas peças para que sejam posteriormente vendidas.

De acordo com o jornal germânico Bild, o valor das joias roubadas pode chegar a mil milhões de euros, assumindo-se, potencialmente, como um dos maiores roubos da história. “Estamos a falar de objetos de valor cultural inestimável”, disse Dirk Syndram, diretor do museu, em conferência de imprensa.

Construído no século XVI, o museu é conhecido por ter uma das coleções mais importantes de joias antigas da Europa. Possui peças únicas de ourivesaria, pedras preciosas, porcelanas, esculturas de marfim ou âmbar, bronzes ou recipientes com pedras preciosas.

Uma parte do museu, um dos mais antigos da Europa, foi destruída durante a Segunda Guerra Mundial no bombardeamento dos aliados de 13 de fevereiro de 1945, sendo posteriormente reconstruida.

O Exército Vermelho apropriou-se de uma parte das obras, levadas para a União Soviética, antes de ser repatriado em 1958, para Dresden, uma das principais cidades da República Democrática Alemã (RDA).

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rússia está a sabotar desenvolvimento da vacina contra covid-19

Um grupo de hackers associado ao Kremlin está a tentar sabotar o desenvolvimento da vacina contra a covid-19 no ocidente. Os piratas informáticos conseguiram piratear o computador de vários investigadores. O APT29, um grupo de piratas …

Família de George Floyd apresenta queixa-crime contra Minneapolis

A família de George Floyd apresentou esta quarta-feira uma queixa-crime contra o município de Minneapolis e contra quatro polícias pela responsabilidade na morte do afro-americano às mãos da polícia, em maio, anunciaram os advogados. "Não foi …

UE reduz lista de países para reabrir fronteiras e mantém EUA e Brasil de fora

Os Estados-membros da União Europeia (UE) atualizaram, esta quinta-feira, a lista de países aos quais reabrem as fronteiras externas, mantendo de fora os Estados Unidos e o Brasil. "Na sequência da primeira revisão ao abrigo da …

24 horas depois, estátua de manifestante antirracismo em Bristol foi removida

A estátua de uma manifestante do movimento Black Lives Matter, erguida, esta quarta-feira, na cidade de Bristol, no Reino Unido, já foi removida. De acordo com o jornal The Guardian, 24 horas depois de ter sido …

Advogados continuam luta para manter declarações fiscais de Trump em segredo

Depois de o Supremo Tribunal ter determinado que os procuradores nova-iorquinos podem ter acesso às declarações de impostos do Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, os seus advogados informaram na quarta-feira que estavam a considerar …

EUA negam vistos a funcionários da Huawei que apoiem "violadores de direitos humanos"

Esta quarta-feira, o Governo norte-americano que vai impor restrições nos vistos a funcionários da Huawei e a outras empresas que os Estados Unidos vejam como apoiantes de Governos violadores de direitos humanos. Além das restrições, o …

Ventilador produzido em Portugal recebe autorização de utilização do Infarmed

O ventilador Atena, produzido em Portugal, recebeu, na terça-feira, a autorização do Infarmed para o seu uso em contexto hospitalar na luta contra a covid-19. Esta quarta-feira, numa publicação na sua página de Facebook, o CEiiA …

American Airlines avisa 25 mil trabalhadores que podem perder emprego

Os dirigentes da American Airlines escreveram a cerca de 25 mil trabalhadores da transportadora aérea para lhes comunicar que o seu emprego pode desaparecer em outubro. Os dirigentes das Companhias de aviação dos Estados Unidos admitiram …

Trump substitui diretor de campanha a menos de quatro meses das eleições

O Presidente dos Estados Unidos substituiu, esta quarta-feira, o seu diretor de campanha, perante os maus resultados nas sondagens, a menos de quatro meses das eleições. "Tenho o prazer de anunciar que Bill Stepien foi promovido …

Bristol acordou com uma nova estátua. Manifestante antirracismo substitui comerciante de escravos

Bristol acordou com uma nova estátua. Um artista britânico ergueu uma estátua de uma manifestante do movimento ‘Black Lives Matter’ no topo do pedestal na cidade inglesa antes ocupado pela estátua de um comerciante de …