Luso-descendente à procura de vida extraterrestre noutros planetas

Uma luso-descendente, estudante de Astronomia e Astrofísica na Universidade de Toronto, Canadá, está a analisar ficheiros recolhidos num telescópio no Havai, Estados Unidos, para tentar encontrar vestígios de vida noutros planetas.

“Estive no Havai onde durante duas noites observei o planeta 55 Cancri E, recolhi dados que agora estou a analisar para descobrir se há vida”, disse à agência Lusa Lisa Esteves, de 25 anos, estudante de doutoramento no departamento de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Toronto.

O 55 Cancri E é um planeta extra-solar orbitando na estrela 55 Cancri e demora 18 horas a completar a órbita. Classificado como a primeira Super-Terra, é provavelmente desabitado, em virtude dos 1.700 graus centígrados de temperatura que apresenta.

Foi descoberto a 30 de agosto de 2004 e situa-se a 41 anos-luz de distância do planeta Terra.

Lisa Esteves, filha de pai português com raízes em Venda do Pinheiro, no concelho de Mafra, e em Braga, e de mãe chinesa, a investigadora disse que nos próximos meses vai tentar descobrir nos ficheiros recolhidos durante a observação se existe “água, metano ou sódio na atmosfera”.

utoronto.ca

A luso-descendente Lisa Esteves, investigadora da Universidade de Toronto

A luso-descendente Lisa Esteves, investigadora da Universidade de Toronto

Em Dezembro de 2014 e novamente este mês, juntamente com o reitor do departamento de Ciência, da Universidade de York, em Toronto, Ray Jayawardhana, Lisa Esteves esteve no Havai, onde recolheu dados do telescópio japonês Subaru, com o diâmetro de 8,2 metros, localizado no observatório Mauna Kea no Havai.

“No planeta que estamos a observar (55 Cancri E) está muito calor, algo como mais de 1.500 graus, portanto a vida como existe aqui (Terra), provavelmente não vamos encontrar, mas se descobrirmos água, será uma das primeiras descobertas de detecção de água num planeta semelhante à Terra, que é maior do que o nosso planeta e então avançaremos para a procura de vida em planetas mais frios”, explicou.

A luso-descendente, que espera analisar os dados recolhidos até ao verão, reconhece que os planetas conhecidos podem não ter vida extraterrestre. Mas como existem “tantas outras estrelas na galáxia, rodeadas por planetas” a hipótese de se registar vida é “pequena, e está algures por aí”, afirma, convicta.

O trabalho pode ser amplamente melhorado se o Canadá apostar mais na parceria com Estados Unidos na construção em curso do Telescópio de Trinta Metros (TLT), também em Mauna Kea no Havai, com o apoio da China, Japão e India.

“Se o Canadá integrar o projecto terá uma certa percentagem de utilização, e poderei utilizá-lo na minha pesquisa. Poderei observar estes planetas, recolher mais dados sobre as suas atmosferas, se têm água ou vida. Queremos saber mais sobre esses planetas interessantes”, concluiu Lisa Esteves.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

PS e BE afastados "porque dá jeito" (e os riscos de andar para trás)

O líder do PSD alertou este domingo para o distanciamento do PS em relação ao BE, porque “dá jeito para as eleições”, notando ser uma tentativa de “limpar” a proximidade dos últimos quatro anos e …

A KLM vai passar a "voar" de comboio

A KLM, que já tinha sugerido que se voasse menos e se viajasse mais de comboio, confirmou que vai retirar um dos voos Bruxelas-Amesterdão, passando os passageiros a efetuar a rota sobre carris, num comboio …

Cientistas fazem reconstrução facial de um guerreiro escocês do séc XV

Cientistas reconstruiram digitalmente o rosto daquele que terá sido um membro poderoso de um clã do século XV da Escócia, que terá morrido num violento conflito com um clã vizinho. Corria o ano de 1957 quando …

Estudo mostra que os golfinhos também já são resistentes aos antibióticos

Um novo estudo realizado nos Estados Unidos mostra que os golfinhos Tursiops truncatus também já mostram resistência aos antibióticos. Não é segredo que os seres humanos usam demasiados antibióticos, tanto que estamos a desenvolver uma resistência …

Indígenas famosos pela sua saúde cardíaca começaram a usar óleo de cozinha (e a engordar)

O povo Tsimane, que vive na Bolívia, tem permanecido relativamente afastado do mundo exterior durante várias gerações, prosperando da terra e praticando formas tradicionais de caça, pesca, agricultura e recolha de alimentos. Durante vários anos, sabe-se …

Mais de 150 detidos em protestos violentos em Paris. Desta vez, sem coletes amarelos

As autoridades francesas detiveram este sábado mais de 150 pessoas numa nova jornada de protestos em Paris, onde coincidiram uma manifestação dos coletes "amarelos" com outras dois em defesa do clima e contra a reforma …

UE deteta 50 a 80 casos de desinformação e fake news russas por semana

O grupo de trabalho do Serviço Europeu de Ação Externa contra a desinformação russa deteta, semanalmente, entre 50 e 80 casos, num total de mais de 6.300 situações identificadas desde 2015, que têm vindo a …

Moreirense 1-2 Benfica | Rafa abre caminho à reviravolta

O Benfica sofreu a bom sofrer para levar de vencida o Moreirense, em casa deste, por 2-1. Os homens da casa marcaram primeiro, por Luther Singh, logo no arranque do segundo tempo, e estiveram na …

Bernardo Silva faz o primeiro 'hat-trick' da carreira na maior goleada de sempre do City

O avançado português Bernardo Silva fez este sábado o primeiro ‘hat-trick’ da carreira na vitória por 8-0 do Manchester City frente ao Watford, em jogo da sexta jornada da Liga inglesa de futebol. David Silva abriu …

Centenas foram à baixa de Lisboa protestar contra exploração do lítio

Cerca de quatro centenas de manifestantes de diferentes movimentos independentes de defesa do ambiente e de proteção do património rural protestaram hoje em Lisboa, contra a concessão e exploração a céu aberto do lítio em …