Há lixo nuclear alemão em risco de vazar

Centenas de barris com material radioativo no norte da Alemanha podem estar danificados, mas a sobrelotação do depósito dificulta inspeção. Ainda não há local para armazenamento permanente dos dejetos.

Centenas de barris com resíduos nucleares de uma instalação de armazenagem provisória na cidade de Leese, no estado alemão da Baixa Saxónia, têm de ser examinados quanto ao risco de vazamento, de acordo com uma reportagem da emissora de rádio alemã NDR, divulgada este domingo.

O secretário de estado do Meio Ambiente do estado, Olaf Lies, disse à agência alemã DPA que existem 442 barris que devem ser examinados devido à possibilidade de formação de humidade dentro deles.

Segundo o secretário, há conhecimento de que 13 barris apresentam indícios de ferrugem. De acordo com Lies, os tonéis teriam que ser disponibilizados em recipientes adicionais antes de serem transportados.

A empresa que gere a instalação de armazenamento provisório, Eckert & Ziegler, não quis comentar a informação, afirmando apenas que se tratam de “especulações”.

Resíduos radioativos do estado alemão da Baixa Saxónia têm sido armazenados em Leese há anos. De acordo com a NDR, os barris contêm resíduos médicos, como de clínicas de radiologia e de radioterapia. No local, há um total de 1.484 barris.

Conforme a reportagem, os barris não podem ser reparados em Leese porque estão depositados muito próximos uns dos outros. Fotografias da Secretaria do Meio Ambiente mostram barris empilhados até ao teto. Entre eles há uma passagem de 70 centímetros de largura apenas.

“Os barris estão tão densamente empilhados que apenas pode ser alcançado um número muito limitado. Além do mais, os barris enferrujados estão na segunda fila“, reclama Thorben Gruhl, membro de uma associação de cidadãos locais.

O local de armazenamento está localizado numa área industrial de Leese, a cerca de 100 metros de um depósito de móveis, de um pátio de reciclagem e de um campo de paintball.

Mesmo que os barris sejam reparados com sucesso, ainda permanece a questão do seu destino final, uma vez que ainda não há um depósito definitivo para os resíduos nucleares.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. O título e parte do desenvolvimento desya notícia é um caso de informação errada propositalmente. Não é possível sequer aceitar que tenha havido erros na tradução do alemão para português, pois a pessoa que o editou tem noção exacta do que está a querer passar. Os resíduos são radioactivos, não são nucleares. Há diferenças. É que nem se tratam de diferenças de interpretação. Uma galinha não é uma nave espacial, pese os dois serem voadores. O primeiro é uma ave, um ser vivo e desempenha essa função de voar muito mal, o segundo é algo mecânico e desempenha a função de voar com fineza. Lixo é Lixo, cascas de banana podres criam bactérias, mas não são comparáveis a baterias que babam àcido

      • O que eu acho, portanto aquilo que é a minha opinião, é o que me pede. Está a querer passar sensacionalismo, alarme, confusão, medo, insegurança. Todavia isso é tudo relativo, porque o leitor, na língua portuguesa não se identifica (não dá grande relevo) com problemas desta ordem quando são no estrangeiro.

        • Aproveito para esclarecer o seguinte. O lixo que se identificou na Alemanha é de origem hospitalar e é radioactivo. Não é nuclear. Lixo nuclear na verdade não existe, mas sim lixo radioactivo com origem num processo por exemplo de fusão ou fissão nuclear. Ora o lixo radioactivo referido na notícia não é de origem nuclear. É radioactivo, mas não tem origem nuclear. É perigoso na mesma, mas são coisas diferentes. O título não pode ser esse, nem a conclusão na notícia pode ser essa.

  2. Aproveito para esclarecer o seguinte. O lixo que se identificou na Alemanha é de origem hospitalar e é radioactivo. Não é nuclear. Lixo nuclear na verdade não existe, mas sim lixo radioactivo com origem num processo por exemplo de fusão ou fissão nuclear. Ora o lixo radioactivo referido na notícia não é de origem nuclear. É radioactivo, mas não tem origem nuclear. É perigoso na mesma, mas são coisas diferentes. O título não pode ser esse, nem a conclusão na notícia pode ser essa.

RESPONDER

Cientistas descodificam genoma completo do trigo pela primeira vez

Pela primeira vez, um grupo de cientistas conseguiu descodificar o genoma completo do trigo. A descoberta representa um grande avanço que, de acordo com os investigadores, ajudará a alimentar a crescente população mundial.  Uma descrição detalhada …

Há muito menos galáxias do que o esperado numa região massiva do espaço

Astrónomos da Universidade da Califórnia, incluindo três da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA), resolveram um mistério sobre o Universo primitivo e as suas primeiras galáxias. Há mais de 12 mil milhões de anos, cerca …

Sporting vs Setúbal | Nani dá garras ao leão

O Sporting não quis ficar atrás do rival Benfica e somou mais três pontos na Liga NOS. Na recepção ao Vitória de Setúbal, e antes do dérbi no Estádio da Luz, a formação de Alvalade …

Cientistas podem ter descoberto células neuronais ligadas à homossexualidade

Um novo estudo da Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, descobriu uma forma surpreendente de como cérebros mais jovens podem ser moldados para o comportamento sexual que terão mais tarde na sua vida. A investigação …

Boavista vs Benfica | Águia autoritária vence no Bessa

O Benfica foi ao Estádio do Bessa somar três pontos, onde na época passada perdeu outros tantos. Os “encarnados” venceram o Boavista por 2-0, numa partida em que dominaram de princípio ao fim em praticamente todos …

Muitos planetas fora do Sistema Solar podem ser "mundos de água"

Cientistas concluíram que muitos planetas fora do Sistema Solar podem ter até 50 por cento de água, baseando-se numa nova análise de dados obtidos do telescópio Kepler e do satélite Gaia, recentemente divulgado. Segundo a equipa …

Com apenas 3 anos, Ophelia tem um QI superior ao de Einstein

Ophelia Morgan-Dew tem apenas 3 anos, vive na cidade de Herefordshire, no Reino Unido, e pode ser o mais novo génio do mundo. A menina fez o teste para aferir o QI e os resultados …

Proteína da pele de sapo pode ajudar a curar ferimentos sem deixar cicatriz

Cientistas chineses descobriram que determinadas proteínas obtidas na pele de uma subespécie de sapo que vive no sudoeste do país podem regenerar a derme humana numa ferida sem deixar cicatrizes, informou a agência oficial Xinhua. Os …

China vai abrir parque para pandas com quase um quinto de Portugal

A China vai abrir um parque para pandas no sudoeste do país, com 27 mil quilómetros quadrados - quase um quinto da dimensão de Portugal continental -, que acolherá 8.000 espécies distintas de animais e …

Trump diz que o seu antigo diretor de campanha em julgamento é “boa pessoa”

Donald Trump defendeu o antigo diretor da sua campanha eleitoral, Paul Manafort, que está a ser julgado por fraude financeira, considerando-o uma “muito boa pessoa”, quando o júri entrou no seu segundo dia de deliberações. Manafort …