Há lixo nuclear alemão em risco de vazar

Centenas de barris com material radioativo no norte da Alemanha podem estar danificados, mas a sobrelotação do depósito dificulta inspeção. Ainda não há local para armazenamento permanente dos dejetos.

Centenas de barris com resíduos nucleares de uma instalação de armazenagem provisória na cidade de Leese, no estado alemão da Baixa Saxónia, têm de ser examinados quanto ao risco de vazamento, de acordo com uma reportagem da emissora de rádio alemã NDR, divulgada este domingo.

O secretário de estado do Meio Ambiente do estado, Olaf Lies, disse à agência alemã DPA que existem 442 barris que devem ser examinados devido à possibilidade de formação de humidade dentro deles.

Segundo o secretário, há conhecimento de que 13 barris apresentam indícios de ferrugem. De acordo com Lies, os tonéis teriam que ser disponibilizados em recipientes adicionais antes de serem transportados.

A empresa que gere a instalação de armazenamento provisório, Eckert & Ziegler, não quis comentar a informação, afirmando apenas que se tratam de “especulações”.

Resíduos radioativos do estado alemão da Baixa Saxónia têm sido armazenados em Leese há anos. De acordo com a NDR, os barris contêm resíduos médicos, como de clínicas de radiologia e de radioterapia. No local, há um total de 1.484 barris.

Conforme a reportagem, os barris não podem ser reparados em Leese porque estão depositados muito próximos uns dos outros. Fotografias da Secretaria do Meio Ambiente mostram barris empilhados até ao teto. Entre eles há uma passagem de 70 centímetros de largura apenas.

“Os barris estão tão densamente empilhados que apenas pode ser alcançado um número muito limitado. Além do mais, os barris enferrujados estão na segunda fila“, reclama Thorben Gruhl, membro de uma associação de cidadãos locais.

O local de armazenamento está localizado numa área industrial de Leese, a cerca de 100 metros de um depósito de móveis, de um pátio de reciclagem e de um campo de paintball.

Mesmo que os barris sejam reparados com sucesso, ainda permanece a questão do seu destino final, uma vez que ainda não há um depósito definitivo para os resíduos nucleares.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. O título e parte do desenvolvimento desya notícia é um caso de informação errada propositalmente. Não é possível sequer aceitar que tenha havido erros na tradução do alemão para português, pois a pessoa que o editou tem noção exacta do que está a querer passar. Os resíduos são radioactivos, não são nucleares. Há diferenças. É que nem se tratam de diferenças de interpretação. Uma galinha não é uma nave espacial, pese os dois serem voadores. O primeiro é uma ave, um ser vivo e desempenha essa função de voar muito mal, o segundo é algo mecânico e desempenha a função de voar com fineza. Lixo é Lixo, cascas de banana podres criam bactérias, mas não são comparáveis a baterias que babam àcido

      • O que eu acho, portanto aquilo que é a minha opinião, é o que me pede. Está a querer passar sensacionalismo, alarme, confusão, medo, insegurança. Todavia isso é tudo relativo, porque o leitor, na língua portuguesa não se identifica (não dá grande relevo) com problemas desta ordem quando são no estrangeiro.

        • Aproveito para esclarecer o seguinte. O lixo que se identificou na Alemanha é de origem hospitalar e é radioactivo. Não é nuclear. Lixo nuclear na verdade não existe, mas sim lixo radioactivo com origem num processo por exemplo de fusão ou fissão nuclear. Ora o lixo radioactivo referido na notícia não é de origem nuclear. É radioactivo, mas não tem origem nuclear. É perigoso na mesma, mas são coisas diferentes. O título não pode ser esse, nem a conclusão na notícia pode ser essa.

  2. Aproveito para esclarecer o seguinte. O lixo que se identificou na Alemanha é de origem hospitalar e é radioactivo. Não é nuclear. Lixo nuclear na verdade não existe, mas sim lixo radioactivo com origem num processo por exemplo de fusão ou fissão nuclear. Ora o lixo radioactivo referido na notícia não é de origem nuclear. É radioactivo, mas não tem origem nuclear. É perigoso na mesma, mas são coisas diferentes. O título não pode ser esse, nem a conclusão na notícia pode ser essa.

RESPONDER

NASA vai enviar à Lua nave espacial construída com peças impressas em 3D

A NASA vai dar mais um "pequeno passo para o homem, mas um grande passo para a humanidade" ao enviar um foguetão construído apenas com peças 3D à Lua. No próximo ano, a NASA vai dar …

Além de ser o mais venenoso do mundo, este peixe também tem canivetes nos olhos

Os peixes-pedra já eram uma espécie de meter medo no mundo aquático, agora a situação piorou: além de serem o tipo mais venenoso de peixe que conhecemos, têm vários espinhos afiados nos olhos. Os cientistas descobriram …

O nosso mundo formou-se num destes belíssimos discos formadores de planetas

Cientistas do Instituto Federal de Zurique, na Suíça, observaram discos formadores de planetas que estão presentes perto de estrelas jovens parecidas com o que o Sol era há 4,5 mil milhões de anos. Surpreendentemente, os discos …

Encontrada a primeira prova de experimentação cirúrgica num animal

O crânio de uma vaca do período Neolítico é agora considerado como a primeira evidência de experimentação cirúrgica num animal. Há mais de 30 anos, foi encontrado o crânio de uma vaca num sítio arqueológico do …

Estoril vs Benfica | Salvio em cima do gongo

O Benfica arrancou um suado triunfo por 2-1 na visita ao Estoril Praia. A formação benfiquista marcou primeiro, foi superior no primeiro tempo, mas no segundo, os “canarinhos” deram a volta ao texto e justificaram …

Cientistas criam "tatuagem biomédica" para detetar vários tipos de cancro

Cientistas suíços desenvolveram uma "tatuagem biomédica" que escurece quando deteta mudanças no corpo que podem indicar a presença de cancro. Os investigadores do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique (ETH), na Suíça, desenvolveram uma "tatuagem biomédica" …

Vinho tinto e frutos vermelhos podem prevenir doenças mentais

As substâncias presentes nos frutos vermelhos e no vinho tinto podem contribuir para a prevenção da depressão e doenças neurodegenerativas. Investigadores do Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde (Cintesis) descobriram que as substâncias …

Karl Lagerfeld: "Se não querem que vos baixem as calças, não sejam modelos"

O designer não ficou calado e fez declarações sobre queixas de assédio sexual na indústria do cinema e da moda à revista francesa Número Magazine. Karl Lagerfeld, designer de moda e responsável pela Fendi e Chanel, …

Descobertas acidentalmente ossadas humanas com mil anos enterradas duas vezes

Uma equipa de investigadores do Instituto Politécnico Nacional do México descobriu restos mortais de antigos indígenas que datam do ano de 1100 d.C.. Fósseis humanos com cerca de mil anos foram encontrados na praia de El …

Vem aí chuva de poeiras vindas do Norte de África

Este fim de semana, o sul de Portugal pode enfrentar uma chuva carregada de poeiras vindas do Norte de África. O IPMA explica que se trata apenas de uma deposição. Uma chuva de poeiras pode atingir …