Investigação a ligações entre PJ e Doyen só ouviu 2 testemunhas antes de ser arquivada

Mário Cruz / EPA/Lusa

Rui Pinto no arranque do julgamento do chamado caso “Football Leaks” que envolve o Fundo de Investimentos Doyen.

A investigação a alegadas ligações entre um inspetor da PJ e representantes da Doyen, foi arquivada após apenas terem sido ouvidas duas testemunhas.

A denúncia sobre estas alegadas ligações chegou da então eurodeputada Ana Gomes. Foi esta investigação que deu origem ao processo Football Leaks.

O inspetor visado, Rogério Bravo, só foi ouvido um ano e três meses após a queixa, já o julgamento de Rui Pinto decorria, escreve o Observador. Depois, o Ministério Público ouviu José Amador, o inspetor da PJ que foi ouvido no caso Football Leaks e que revelou que a PJ pediu ajuda à Doyen numa determinada fase do processo.

No entanto, na inquirição do MP ninguém lhe fez perguntas sobre isto. O inquérito foi arquivado no dia seguinte ao Ministério Público ter ouvido José Amador. A conclusão foi que Rogério Bravo não tentou “manobrar” a investigação.

Apenas um mês depois de ser arquivado, o tribunal extraiu uma certidão para o reabrir após revelações feitas durante o processo Football Leaks. O Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa demorou três meses a fazê-lo. O inspetor Rogério Bravo é o arguido do caso.

“Quando visitei Rui Pinto na prisão, em 2 de abril, tive oportunidade de o questionar sobre o que sabia acerca do referido inspetor e da sua relação com os representantes da Doyen. Soube então tratar-se do inspetor Rogério Bravo, inspetor-chefe da secção de Combate ao Cibercrime da PJ”, escreveu Ana Gomes na queixa apresentada à PGR e à PJ.

Ana Gomes diz ainda ter conhecimento de que, “desde 2015, o inspetor Rogério Bravo procurava alguém no MP que agarrasse na participação da Doyen e lhe desse seguimento”.

Na carta da ex-eurodeputada foi anexada a notícia de uma entrevista do fundador então desconhecido da Football Leaks à revista alemã 11 Freund.

“As nossas fontes encontraram provas sobre isso. Soubemos de encontros secretos entre membros da polícia portuguesa e aquela agência [Doyen], em Lisboa. Rogério Bravo, inspetor-chefe da polícia é grande amigo de Nélio Lucas, pressionou a Procuradoria Geral da República para obter pormenores sobre a investigação. Na verdade, a Doyen está a usar a investigação da polícia para chegar até nós e contrataram uma agência de investigação [Marclay Associates] para fazer o trabalho sujo, com o objetivo de travar isto a qualquer preço”, lê-se na notícia do Record que citava a entrevista.

Entre o dia em que a carta de Ana Gomes chegou ao DIAP e o dia em que o processo foi arquivado passou um ano e cinco meses.

Ouvido pelo MP, Rogério Bravo garantiu que “nunca” teve “qualquer relação pessoal ou profissional com a Doyen” e que só tinha conhecido essa entidade no dia em que apresentaram queixa na PJ. O inspetor-chefe disse até não ter ligação ao futebol, não gostar deste desporto e nem sequer ir a jogos.

Bravo disse ainda que os “encontros e comunicações” que teve com o representante da Doyen, Nélio Lucas, foram no âmbito da investigação para descobrir o responsável pelo ataque informático ao fundo de investimento.

Assim, o MP entendeu que a investigação do caso Football Leaks correu “sempre os seus termos normais” e que não há indícios de que “os órgãos de policial criminal, em particular Rogério Bravo, tenham de algum modo forjado ou manipulado provas recolhidas” ou que tenha “tentado ‘influenciar’ ou ‘manobrar’ a investigação” que teve origem na queixa da Doyen.

Daniel Costa Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Fome e seca levam milhares de angolanos a fugirem para a Namíbia

A fome provocada pela seca extrema na província de Cunene, no sul de Angola, está a levar milhares de pessoas a fugir para a Namíbia. "A estiagem provocou a rutura de 'stocks' alimentares das comunidades e …

Governo britânico confirma Portugal na “lista verde” de viagens. Preço das viagens disparou

Portugal vai estar na “lista verde” de países considerados seguros para viajar e isentos de quarentena na chegada a Inglaterra a partir de 17 de maio, anunciou hoje o ministro dos Transportes britânico, Grant Shapps. Portugal …

Nova Zelândia vai proteger fiorde emblemático de turismo de massas

O Governo da Nova Zelândia anunciou que vai proteger do turismo de massas a paisagem natural do icónico fiorde Milford Sound-Piopiotahi, património mundial na ilha do Sul. O turismo em Milford Sound-Piopiotahi, considerado um dos principais …

Autárquicas são ensaio para o CDS. Nas legislativas, partido pode ser o "PEV do PSD"

Com o CDS a afundar nas sondagens, as legislativas já estão no campo de visão. As autárquicas que se avizinham vão ser um ensaio para os centristas: e se uns dizem que não, os críticos …

“O cenário é caótico“. Greve do SEF provoca ajuntamentos no Aeroporto de Lisboa e Porto

A greve convocada pelo sindicato do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) a decorrer esta sexta-feira está a provocar grandes ajuntamentos nos principais aeroportos do país. A greve de inspetores e funcionários do Serviço de Estrangeiros …

TAP no fim da lista de credores em caso de insolvência da Groundforce

A tensão entre a companhia aérea e a empresa de handling voltou a colocar o cenário de insolvência em cima da mesa. Mas isso pode vir a revelar-se um "calvário" para a TAP. De acordo com …

Governo propõe juízes diferentes nas fases de inquérito e instrução

O Governo enviou uma proposta de lei enviada ao Parlamento que prevê que o magistrado que acompanha uma investigação não possa continuar a intervir no processo após a acusação. O objetivo do Governo, de acordo com …

Alemanha vai vacinar todos os jovens maiores de 12 anos até final de agosto

A Alemanha pretende vacinar contra a covid-19 todos os adolescentes maiores de 12 anos até ao fim de agosto, embora dependa da "luz verde" da Agência Europeia do Medicamento (EMA) para essa faixa etária, disse …

Para combater a pobreza, Governo vai rever Rendimento Social de Inserção

O Governo de António Costa está a preparar uma revisão do Rendimento Social de Inserção (RSI) com o objetivo de reforçar o combate à pobreza em Portugal. O Executivo vai rever as regras de atribuição …

Portugal já está a vacinar 100 mil pessoas por dia. 10% da população já tomou duas doses

Na quinta-feira, cerca de 100 mil pessoas receberam a vacina contra a covid-19, o que antecipa em uma semana esta meta definida pela task force do plano de vacinação. Cerca de 100 mil pessoas receberam a …