Lidl vai vender canábis na Suíça

Com a alteração da lei suíça, o Lidl vai vender canábis cultivado localmente, desde que não tenha mais de 1% de THC, a principal substância psicoativa.

O mais recente produto que se poderá encontrar na cadeia de supermercados Lidl, na suíça, é, definitivamente, um produto que não se encontra em qualquer lado: canábis.

Sete anos depois de uma alteração à lei ter permitido que maiores de 18 anos pudessem comprar e consumir canábis – sem mais de 1% de tetrahidrocanabinol (THC), o principal químico psicoativo da planta -, a cadeia alemã apostou na venda deste produto.

São dois os produtos derivados do cânhamo que serão vendidos nas lojas junto aos produtos de tabaco, e como alternativa aos mesmos, principalmente ao tabaco de enrolar.

De acordo com o The Guardian, os preços são basicamente o dobro dos produtos relacionados com tabaco de enrolar. Pelo que, 1,5 gramas de canábis que cresceu em ambiente interior custam praticamente 15 euros – 17,99 francos suíços. Os pacotes de 3 gramas custam cerca de 16,7 euros – 19,99 francos suíços -, mas advêm de plantas tratadas em estufa.

As novas embalagens podem ser encontradas ao lado de cigarros eletrónicos e charutos, nas máquinas automáticas. De acordo com o jornal britânico, o novo produto do Lidl é produzido para proporcionar um efeito relaxante e anti-inflamatório e não para causar um efeito inebriante.

De acordo com os produtores, a canábis que está à venda no Lidl tem elevados níveis de canabidiol (ou CBD): “As variedades legalmente cultiváveis contêm apenas quantidades muito pequenas de THC e uma alta proporção de CBD.” Estudos científicos têm evidenciado os benefícios do canabidiol tanto para o sistema nervoso, como também ao nível imunitário, digestivo, cardiovascular e hormonal.

A lei suíça, alterada em 2011, prevê que as pessoas com mais de 18 anos comprem e consumam canábis que não tenha mais de 1% de tetrahidrocanabinol (THC), a principal substância psicoativa.

Um comunicado da cadeia alemã diz ainda que as plantas são “legalmente cultivadas” e não têm químicos, nem substâncias modificadas sinteticamente ou geneticamente.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Os suíços pelo que herdaram (entre roubado e sem dono), pensam que são a vanguarda do mundo,uma espécie de meninos ricos que por isso se imaginam os comandantes e primeiros ideólogos da terra.

    • A Suiça é um exemplo para muita coisa. Entre elas, civismo, baixa criminalidade, e inteligência nos comentários em jornais online. Coisa que por aqui falta um bocado.

      Podem ser acusados de ter ficado com o ouro de muito Judeu massacrado, mas os EUA também ficaram com muito espólio dos paises vencidos, entre o qual se conta espólio científico e intelectual que lhes permitiu entre outras coisas uma vez mais, desenvolver um programa espacial. Os Suiços limitaram-se a deixar os Alemães lá depositar o que roubaram aos Judeus assassinados. Podiam-no ter devolvido após a guerra? Podiam. MAs eram obrigados por lei se ninguém o reclamou? Não.

      Depois do Holocausto, os Aliados e as Nações Unidas deram-lhes um país… E agora fazem (imagine-se ao que isto chegou) eles mesmos, apelo ao genocídio dos Palestinianos, em manifestações de rua. Já aplicaram armas químicas nos Palestinianos com fósforo branco, tendo queimado crianças vivas… Esta é a ingratidão de Israel ao mundo, pelo que lhes foi dado depois do Holocausto. É um povo bélico e racista e, embora isso de maneira nenhuma justifique o racismo Nazi de que foram alvo na Guerra, eles não demonstram ser muito melhores. Apesar de eu pessoalmente entender que o éticamente correcto era devolver o ouro às famílias dos sobreviventes dos campos de concentração… A verdade é que pelo menos os Suiços têm usado essa riqueza na investigação científica e no desenvolvimento de um país pacífico, civilizado e sempre neutro nas guerras. Se calhar os Israelitas, tinham-no usado para fabricar mais armas de destruição massiva e já as teriam usado para massacrar Palestinianos.

  2. O que a canábis faz. Da Suíça para o holocausto. Do holocausto para a extinção. Só fuma quem decide fumar. Quando alguém decide fazer uma coisa faz. Se tiver uma alternativa legal opta por essa primeiro. Concordo, ou então o tabaco também teria de ser proibido.

RESPONDER

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …

Mourinho espera ganhar sem jogar

Tottenham iria defrontar o Leyton Orient mas também no Reino Unido há jogos de futebol em causa por causa do coronavírus. O encontro entre Leyton Orient e Tottenham, relativo à terceira eliminatória da Taça da Liga …

A máfia italiana tem uma nova arma de recrutamento: o TikTok

Os jovens membros da Camorra, organização criminosa aliada à máfia siciliana, estão a recorrer ao TikTok para divulgar o seu estilo de vida e recrutar novos membros. Em maio, um vídeo foi publicado no TikTok que …

Os três segredos para ter um bom sistema imunológico são gratuitos, avisa Fauci

Manter o sistema imunológico saudável é um dos fatores-chave para lidar com a covid-19, o que não implica necessariamente a toma de suplementos vitamínicos. Há uns tempos, quando confrontado com o facto de a atriz Jennifer …

Pinguim encontrado morto no Brasil com uma máscara inteira no estômago

Um espécime de pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) foi encontrado morto numa popular praia brasileira e a autópsia ao corpo revelou que o animal tinha no seu estômago uma máscara de proteção facial N95. O animal foi …

Trump quer restabelecer sanções ao Irão. ONU rejeita apoiar posição norte-americana

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que somente apoiará a restituição de sanções ao Irão, exigidas pelos Estados Unidos (EUA), se receber luz verde do Conselho de Segurança. Numa carta dirigida …

Designer holandês desenvolve "caixão vivo" feito com fibras de fungos

Um corpo humano pode demorar cerca de uma década a decompor-se dentro de um caixão. Com o Living Cocoon, o tempo é reduzido para dois ou três anos. Bob Hendrikx, biodesigner fundador da Loop, desenvolveu e …

Relógio em Nova Iorque mostra o tempo restante para reverter efeitos do aquecimento global

O Metronome, icónico relógio digital de Nova Iorque, deixou de mostrar o tempo do dia-a-dia e mostra agora o tempo restante que o nosso planeta tem para reverter os efeitos do aquecimento global. O relógio digital …