Lidl vai vender canábis na Suíça

Com a alteração da lei suíça, o Lidl vai vender canábis cultivado localmente, desde que não tenha mais de 1% de THC, a principal substância psicoativa.

O mais recente produto que se poderá encontrar na cadeia de supermercados Lidl, na suíça, é, definitivamente, um produto que não se encontra em qualquer lado: canábis.

Sete anos depois de uma alteração à lei ter permitido que maiores de 18 anos pudessem comprar e consumir canábis – sem mais de 1% de tetrahidrocanabinol (THC), o principal químico psicoativo da planta -, a cadeia alemã apostou na venda deste produto.

São dois os produtos derivados do cânhamo que serão vendidos nas lojas junto aos produtos de tabaco, e como alternativa aos mesmos, principalmente ao tabaco de enrolar.

De acordo com o The Guardian, os preços são basicamente o dobro dos produtos relacionados com tabaco de enrolar. Pelo que, 1,5 gramas de canábis que cresceu em ambiente interior custam praticamente 15 euros – 17,99 francos suíços. Os pacotes de 3 gramas custam cerca de 16,7 euros – 19,99 francos suíços -, mas advêm de plantas tratadas em estufa.

As novas embalagens podem ser encontradas ao lado de cigarros eletrónicos e charutos, nas máquinas automáticas. De acordo com o jornal britânico, o novo produto do Lidl é produzido para proporcionar um efeito relaxante e anti-inflamatório e não para causar um efeito inebriante.

De acordo com os produtores, a canábis que está à venda no Lidl tem elevados níveis de canabidiol (ou CBD): “As variedades legalmente cultiváveis contêm apenas quantidades muito pequenas de THC e uma alta proporção de CBD.” Estudos científicos têm evidenciado os benefícios do canabidiol tanto para o sistema nervoso, como também ao nível imunitário, digestivo, cardiovascular e hormonal.

A lei suíça, alterada em 2011, prevê que as pessoas com mais de 18 anos comprem e consumam canábis que não tenha mais de 1% de tetrahidrocanabinol (THC), a principal substância psicoativa.

Um comunicado da cadeia alemã diz ainda que as plantas são “legalmente cultivadas” e não têm químicos, nem substâncias modificadas sinteticamente ou geneticamente.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Os suíços pelo que herdaram (entre roubado e sem dono), pensam que são a vanguarda do mundo,uma espécie de meninos ricos que por isso se imaginam os comandantes e primeiros ideólogos da terra.

    • A Suiça é um exemplo para muita coisa. Entre elas, civismo, baixa criminalidade, e inteligência nos comentários em jornais online. Coisa que por aqui falta um bocado.

      Podem ser acusados de ter ficado com o ouro de muito Judeu massacrado, mas os EUA também ficaram com muito espólio dos paises vencidos, entre o qual se conta espólio científico e intelectual que lhes permitiu entre outras coisas uma vez mais, desenvolver um programa espacial. Os Suiços limitaram-se a deixar os Alemães lá depositar o que roubaram aos Judeus assassinados. Podiam-no ter devolvido após a guerra? Podiam. MAs eram obrigados por lei se ninguém o reclamou? Não.

      Depois do Holocausto, os Aliados e as Nações Unidas deram-lhes um país… E agora fazem (imagine-se ao que isto chegou) eles mesmos, apelo ao genocídio dos Palestinianos, em manifestações de rua. Já aplicaram armas químicas nos Palestinianos com fósforo branco, tendo queimado crianças vivas… Esta é a ingratidão de Israel ao mundo, pelo que lhes foi dado depois do Holocausto. É um povo bélico e racista e, embora isso de maneira nenhuma justifique o racismo Nazi de que foram alvo na Guerra, eles não demonstram ser muito melhores. Apesar de eu pessoalmente entender que o éticamente correcto era devolver o ouro às famílias dos sobreviventes dos campos de concentração… A verdade é que pelo menos os Suiços têm usado essa riqueza na investigação científica e no desenvolvimento de um país pacífico, civilizado e sempre neutro nas guerras. Se calhar os Israelitas, tinham-no usado para fabricar mais armas de destruição massiva e já as teriam usado para massacrar Palestinianos.

  2. O que a canábis faz. Da Suíça para o holocausto. Do holocausto para a extinção. Só fuma quem decide fumar. Quando alguém decide fazer uma coisa faz. Se tiver uma alternativa legal opta por essa primeiro. Concordo, ou então o tabaco também teria de ser proibido.

RESPONDER

Grupo de cientistas questiona missão da OMS e pede investigação independente na China

Um grupo de cientistas está a pedir uma investigação independente sobre a origem do Sars-CoV-2, com acesso total aos registos da China. Um grupo de cientistas escreveu uma carta aberta, divulgada nos jornais Le Monde e …

Brasil a braços com uma tragédia anunciada. República Checa pede ajuda estrangeira

No Brasil, o número diário de mortes já ultrapassou o dos Estados Unidos. Alemanha, Suíça e Polónia estão a disponibilizar os seus hospitais para receber casos graves de covid-19 da República Checa. Em relação a número …

Iniciativa Liberal diz não a Moedas e avança com candidatura em Lisboa

Este sábado, a Iniciativa Liberal rejeitou integrar a megacolicação encabeçada por Carlos Moedas e anunciou um candidato próprio à Câmara de Lisboa.  Foi este sábado, na Praça do Município, que João Cotrim de Figueiredo, líder do …

Agente da PSP que chamou "aberração" a Ventura suspenso por 10 dias

A Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) confirmou a suspensão de dez dias a Manuel Morais, o agente que chamou "aberração" a André Ventura. O agente da PSP Manuel Morais vai iniciar, este sábado, …

1.007 novos casos e 26 mortes nas últimas 24 horas

Portugal registou este sábado 26 mortes e 1.007 novos casos de infeção nas últimas 24 horas, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico deste sábado, divulgado pela Direção-Geral da Saúde, dá conta de 1.007 …

Publicada lista de entidades abrangidas por alargamento da ADSE

A ADSE já publicou a lista de entidades abrangidas pelo alargamento do subsistema de saúde da função pública aos trabalhadores com contrato individual de trabalho. As entidades reguladoras e a maioria das empresas municipais foram …

O "caminho ainda é longo", mas Portugal já administrou um milhão de vacinas

Esta sexta-feira, Portugal ultrapassou o marco do primeiro milhão de vacinas administradas, mas o "caminho ainda é longo". Portugal ultrapassou, esta sexta-feira, um milhão de vacinas contra a covid-19 administradas, uma marca que o secretário de …

Cavaco fala em "democracia amordaçada" (e na "vergonha" dos números da pandemia)

Este sábado, numa participação na Academia de Formação Política das Mulheres Sociais-Democratas, Cavaco Silva deixou duras críticas ao Executivo de António Costa, sublinhando que a pandemia mostrou um "SNS fragilizado por decisões erradas do governo". O …

Remédio contra piolhos está a ser usado contra covid-19. Infarmed e DGS investigam

"Centenas" de doentes de covid-19, em Portugal, têm sido tratados com o antiparasitário Ivermectina que é usado contra piolhos e lombrigas. Há médicos que o prescrevem e que também o tomam a título preventivo, embora …

Sporting bate recorde histórico, mas até o do 6-3 era melhor (quando Amorim não estava "do lado certo")

O Sporting não perde há 22 jogos e bateu o recorde de invencibilidade dos leões em jogos do campeonato que pertencia à equipa de 1981/1982. Um dado que deixa Ruben Amorim orgulhoso, mas o treinador …