Líder sírio da Al-Qaeda ameaça levar a batalha ao Ocidente

Freedom House / Flickr

-

O líder da Frente al-Nusra, braço sírio da Al-Qaeda, ameaçou os povos do Ocidente de que a continuação dos ataques aos jihadistas na Síria “deslocará a batalha” para os seus países, numa gravação áudio hoje difundida na internet.

“Os vossos dirigentes não pagarão sozinhos o preço da guerra, vocês vão pagar um preço elevado”, diz Abu Mohammad al-Julani, dirigindo-se aos povos dos países ocidentais, instando-os a oporem-se aos respectivos Governos.

Trata-se da sua primeira intervenção desde o início, há quase uma semana, de uma campanha de ataques aéreos diários na Síria contra posições do grupo extremista Estado Islâmico (EI) e da Frente al-Nusra, por uma coligação liderada pelos Estados Unidos.

Nenhum país enviou soldados para o terreno para combater os jihadistas, mas o chefe do braço sírio da Al-Qaeda afirma que “o facto de os ataques estarem a ser feitos à distância deslocará a batalha para vossa casa”.

O líder da organização terrorista não precisou como é que a Al-Qaeda vai ripostar aos ataques, mas dirigiu-se aos “povos da América e da Europa”, perguntando-lhes: “O que é que ganharam com a vossa guerra contra os muçulmanos e os jihadistas senão tragédias e dores que se abateram sobre os vossos países e crianças?”, numa referência à morte de soldados ocidentais no Iraque e no Afeganistão e de civis nos atentados do 11 de setembro.

Os Estados Unidos lançaram a 8 de agosto uma campanha de ataques aéreos sobre o Iraque que estenderam na terça-feira à Síria, tomando como alvo posições da al-Nusra e de membros do Khorassan, um grupúsculo ligado à Al-Qaeda que se preparava, segundo Washington, para lançar “grandes ataques” nos Estados Unidos e na Europa.

A intervenção do líder da Al-Nusra surge um dia depois da divulgação de um vídeo do grupo no qual o seu porta-voz ameaça com represálias “em todo o mundo” os países da coligação anti-jihadista, classificando as respetivas operações como “guerra contra o Islão”, e criticando um “eixo do mal” dirigido pelo “país dos cowboys”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Amazon lança carrinhos de compras inteligentes para acabar com as filas

A gigante Amazon vai lançar carrinhos de compras inteligentes para evitar filas em lojas e supermercados, avança a emissora CNBC. Segundo a estação televisiva, os primeiros carrinhos inteligentes vão ser testados numa mercearia em Woodland Hills, …

Lesados do BES vão avançar com centenas de ações a exigir indemnizações a Salgado

Mais de mil lesados do BES/GES vão colocar centenas de ações cíveis na justiça a exigir indemnizações por danos morais às pessoas e entidades acusadas no caso BES, sobretudo a Ricardo Salgado. O Ministério Público acusou, …

Não haverá repatriamento. Governo faz alerta contra férias em destinos longínquos

O Governo avisou, esta quarta-feira, os portugueses que planeiem férias em "destinos exóticos ou com ligações fracas a Portugal" que não devem contar com operações de repatriamento como as realizadas no início da pandemia. "Estamos a …

Tribunal Geral da UE anula multa de 13 mil milhões de Bruxelas à Apple

O Tribunal Geral da União Europeia (UE) decidiu, esta quarta-feira, anular a multa de 13 mil milhões de euros imposta pela Comissão Europeia à Apple por alegados benefícios fiscais ilegais na Irlanda. "O Tribunal Geral anula …

Autoridade belga multa Google em 600 mil euros por falha no "direito a ser esquecido"

A autoridade belga de proteção de dados anunciou na terça-feira que impôs uma multa de 600 mil euros à empresa Google Belgium por falta de conformidade no direito a ser esquecido, pedido por um cidadão. Numa …

Costa avisa: País não aguenta novo confinamento. Inverno tem de ser preparado já

O primeiro-ministro considerou, esta quarta-feira, que o país não aguenta um novo período de confinamento por causa da covid-19 e avisou que o tempo é "curtíssimo" para a sociedade se preparar para o próximo inverno. Esta …

Parlamento aprova relatório da audição de Centeno para governador do BdP

O relatório da audição de Mário Centeno no âmbito da proposta de designação para governador do Banco de Portugal foi aprovado, esta quarta-feira, pelos deputados com voto favorável do PS e a abstenção do PSD …

Nova campanha da Casa Branca pede a milhões de desempregados que encontrem outro emprego

A pandemia de covid-19 foi um verdadeiro balde de água fria para muitos norte-americanos que acabaram no desemprego. Agora, uma nova campanha publicitária apoiada pela Casa Branca visa incentivar as pessoas desempregadas a "encontrar algo …

"Mais vale tarde do que nunca", diz Presidente sobre acusação no caso BES

O Presidente da República considerou, esta quarta-feira, que a justiça portuguesa "está a viver um bom período" e a dedução da acusação no caso BES "é uma boa notícia", observando que "mais vale tarde do …

Durante a pandemia, as pessoas movimentaram (e guardaram) mais notas e moedas

A pandemia de covid-19, que em dezembro do ano passado surgiu na China, fez com que as pessoas movimentassem (e guardassem) mais dinheiro físico, apesar de as opções digitais serem consideradas mais seguras. A conclusão …