Líder do PDR anuncia candidatura “ao centro” para as presidenciais

Amélia Ribeiro / Facebook

O fundador do PDR, Marinho e Pinho, e o atual líder do partido, Bruno Fialho

O presidente do Partido Democrático Republicano (PDR), Bruno Fialho, anunciou esta segunda-feira a intenção de se candidatar nas eleições presidenciais de janeiro de 2021, em declarações à agência Lusa.

“Eu pretendo ser um candidato efetivamente de todos os portugueses e abrangendo todas as ideologias políticas, já que até sou candidato do centro, um centro que abrange toda e qualquer posição, desde que seja a mais correta a ser aplicada em determinado momento”, disse.

O líder do partido fundado pelo advogado e ex-eurodeputado Marinho e Pinto, afirmou que “o PDR apoiará a candidatura”, desejando poder “trazer mais-valia ao debate democrático que irá suceder-se”.

“Qualquer pessoa que concorra tem dificuldades em ser eleito devido à popularidade do atual Presidente [Marcelo Rebelo de Sousa], mas não vejo a Presidência como um mero concurso de popularidade”, defendeu.

Fialho torna-se assim o terceiro candidato anunciado à Presidência da República, depois do populista André Ventura (Chega), e do advogado e fundador da Iniciativa Liberal Tiago Mayan Gonçalves, enquanto o popular “inquilino” do Palácio de Belém, Marcelo Rebelo de Sousa, remete o anúncio para o final do ano.

“Não teria tomado a decisão abrupta relativamente ao estado de emergência que o atual Presidente tomou porque tem tido uma atuação de secundar todas as decisões do atual Governo. Teria sido mais fácil para o país ter encerrado as fronteiras e não encerrar o país inteiro, provocando este estado caótico em que estamos”, indicou.

Bruno Fialho tem 45 anos e formou-se em Direito, tendo exercido a profissão de advogado. Atualmente, é chefe de cabina de uma companhia aérea, unido de facto e pai de Bruno, cinco anos, e de Sara, três anos.

O anunciado candidato pensa que um Chefe de Estado deve “tomar as rédeas da política externa de Portugal, nomeadamente ao nível da União Europeia” e, por outro lado, evitar “atribuições tão voláteis de condecorações, a pessoas que se vêm a confirmar, judicialmente, que não eram suficientemente merecedoras”.

O presidente do PDR defendeu que a Presidência da República “deve ouvir todos os partidos, com representação parlamentar ou não, pelo menos duas vezes por ano” para “não discriminar dezenas de milhares de portugueses” que votam noutros partidos que não estão no parlamento.

Fialho é adepto do serviço militar ou cívico obrigatório e considerou que o Comandante Supremo das Forças Armadas deve ter uma “posição mais firme” sobre os ex-combatentes, “que nunca tiveram aquilo que merecem e lhes é devido por terem lutado por Portugal no Ultramar”.

Este novo concorrente a Belém defende ainda a revogação do atual Acordo Ortográfico.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Funcionários de limpeza dos Hospitais já estão a ser vacinados

O vice-almirante Gouveia e Melo anunciou, esta quarta-feira, que começaram a ser vacinados trabalhadores de limpeza dos Serviços de Utilização Comum dos Hospitais. O vice-almirante Gouveia e Melo anunciou, esta quarta-feira, que começaram a ser vacinados …

Egito aprova projeto de alargamento do Canal do Suez

O presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sissi, aprovou esta terça-feira um projeto de alargamento e aprofundamento de uma parte do Canal do Suez após o bloqueio em março por um navio mercante desta artéria, crucial para …

PRR tem 36 milhões para apoiar contratação de 350 “cientistas”

O Governo tem 186 milhões de euros no Plano de Recuperação e Resiliência para reforçar e capacitar o Sistema Científico e Tecnológico nacional e fomentar a sua articulação com a indústria. Segundo avança o ECO, uma …

Comissão de revisão constitucional proposta pelo Chega deverá acabar rapidamente

A comissão de revisão constitucional proposta pelo Chega vai tomar posse na próxima quinta-feira, mas deverá acabar depressa, uma vez que apenas a Iniciativa Liberal apresentou projeto. A presidência da comissão cabe ao PS, a primeira …

Candidatura ibérica ao Europeu de andebol. Lisboa é a única cidade portuguesa

O campeonato da Europa da modalidade, em 2028, pode ser realizado em diversas cidades espanholas. E na capital portuguesa. A Federação de Andebol de Portugal e Real Federação Espanhola de Andebol confirmaram nesta terça-feira que submeteram …

Uber usou 50 empresas de fachada holandesas para evitar impostos, revela relatório

A Uber recorreu a cerca de 50 empresas de fachada holandesas para reduzir a sua carga fiscal global, revelou a mais recente investigação do australiano Center for International Corporate Tax Accountability and Research. Segundo avançou o …

Task force traça nova meta e prevê 70% da população vacinada até ao início de agosto

O processo de vacinação em Portugal vai contar, a partir deste segundo trimestre, com uma maior quantidade de vacinas disponíveis, principalmente a partir do final deste mês. Esta quarta-feira, no Parlamento, o vice-almirante Henrique Gouveia e …

Mais quatro mortes e 485 casos em Portugal. R(t) sobe ligeiramente

Esta quarta-feira, Portugal regista mais quatro óbitos e 485 novos casos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o país …

Coroa de diamantes e safiras da rainha Maria II vai hoje a leilão em Genebra

A leilão vai também, esta quarta-feira, um conjunto de adornos, igualmente em safiras e diamantes, da coleção de Estefânia de Beauharnais, filha adotiva de Napoleão I Várias joias que pertenceram a casas reais europeias, entre as …

40 mortos em manifestações contra Governo na Colômbia. Presidente anuncia investigação a abusos policiais

Mais de 40 pessoas morreram nas manifestações contra o governo da Colômbia que começaram há duas semanas, segundo a organização não-governamental (ONG) Temblores. Em relatório divulgado na terça-feira, a ONG colombiana contabiliza pelo menos 40 mortes …