Líder da extrema-direita holandesa condenado por discriminação racial

Rijksoverheid / Phil Nijhuis / Wikimedia

Geert Wilders, líder da extrema-direita na Holanda

Geert Wilders, líder da extrema-direita na Holanda

O líder da extrema-direita holandesa Geert Wilders, julgado por ter prometido “menos marroquinos” no país, foi condenado por insulto e discriminação, mas absolvido de incitamento ao ódio, anunciou esta sexta-feira o juiz que presidiu ao processo.

O Ministério Público tinha pedido que Geert Wilders fosse condenado a uma multa de cinco mil euros, mas o tribunal decidiu não impor uma sentença porque a condenação é castigo suficiente para um deputado democraticamente eleito, explicou o juiz Hendrik Steenhuis.

“Neste caso, a questão mais importante era saber se Wilders pisou o risco. Este julgamento respondeu a essa questão”, disse.

Numa primeira reação através do Twitter, Wilders qualificou o veredicto de “loucura” e afirmou que os juízes odeiam o seu Partido da Liberdade (PVV).

O deputado não esteve presente na audiência, mas o advogado disse que vai recorrer da decisão.

Para o tribunal, as declarações de Wilders “fazem uma distinção entre a população marroquina e outros grupos da população da Holanda”.

“O caráter inflamatório da forma como as declarações foram feitas incitou outras pessoas a discriminar as pessoas de origem marroquina”, afirmou o juiz na leitura do veredicto.

Conhecido por posições anti-islâmicas e xenófobas, Wilders, 53 anos, foi julgado por declarações que fez numa reunião com militantes em 2014, na Haia, durante a qual questionou a audiência sobre se queria “mais ou menos marroquinos na [sua] cidade e no país”.

A audiência respondeu aos gritos de “Menos! Menos! Menos!” e o político retorquiu com um sorriso: “Vamos tratar disso”.

Segundo o Ministério Público, a polícia recebeu 6.400 queixas relativas àquelas declarações.

O julgamento realizou-se a poucos meses das próximas eleições legislativas holandesas, previstas para março, e traduziu-se nas sondagens por um aumento do apoio ao partido de Wilders, que já liderava em percentagem de intenções de voto.

Em média, os estudos de opinião atribuem 34 deputados ao Partido da Liberdade, mais dez que ao partido do primeiro-ministro liberal Mark Rutte.

Pouco antes de ser anunciado o veredicto, Wilders, que considerou este julgamento “uma farsa política”, afirmou que fosse qual fosse a decisão do tribunal vai “continuar a dizer a verdade sobre o problema marroquino e nenhum juízo, político ou terrorista”, o vai impedir.

/Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Podem ir dar uma volta com esta historia de “extrema-direita” como se fosse mau, nunca chamam comunas, os verdes, bloco de esquerda, etc, etc de extrema-esquerda porque???

    Quanto a Geert Wilders ser “xenófobo” vocês esqueceram-se de mencionar o PEQUENINO facto de a população Marroquina ser só 2% da população total da Holanda, mas mais de 40% dos Marroquinos a viver lá com idades entre 12 e 24 já foram presos!
    Mais de 60% dos Marroquinos a viver na Holanda com idades entre 17 e 23 desistem da escola sem qualquer qualificação para entrar no mercado de trabalho.
    O desemprego jovem dos Marroquinos a viver na Holanda é mais de 40%
    Mais de 60% dos Marroquinos lá com idades entre 40 e 64 vivem de subsídios do estado sem nunca terem trabalhado para isso!

    Em Janeiro de 2009 o governo Holandês assinou um programa governamental chamado “Juventude Marroquina em Risco” com 22 cidades que sofriam de altisimos índices que criminalidade juvenil Marroquina.
    Depois de 33 milhões de Euros gastos nesse programa… A criminalidade aumentou ainda mais…

    Aqui deixo a percentagem de Marroquinos envolvidos em crimes reportados por cidade:
    Den Bosch: 47,7%
    Zeist: 47,3%
    Gouda: 46,3%
    Veenendaal: 44,9%
    Amersfoort: 44,6%
    Den Haag, Ede, Leiden, Maassluis, Nijmegen, Oosterhout, Schiedam e Utrecht têm todos mais de 40%
    Agora lembro-vos a Holanda tem 16,4 milhões de habitantes, só cerca de 350,000 (2%) é que são Marroquinos.
    Se não são bons a matemática isto na pratica quer dizer que são super-representados, por outras palavras demasiado criminosos.

    Mas a comunicação social de esquerda olha para estes números, depois olha para quem diz “fora com eles” e a única coisa que tem para dizer é “xenófobo racista!”

    Depois admiram-se que Trump ganhou, e por toda a Europa os partidos de direita estão em alta nas sondagens, as pessoas já estão fartas das vossas mentiras, podem esconder, apagar, bloquear comentários como este mas já não enganam ninguém.

  2. Parabéns Cláudia

    Uma opinião bem formada e complementada com dados e factos ,
    O completo oposto das opiniões dos zombies liberalistas de esquerda, que somente repetem as mesmas frases e ideias com as quais foram hipnotizados.

  3. Se que o que escreve Cláudia Monteiro é verdade, mudei de opinião ao ler este artigo e dou o meus parabéns à Cláudia por informar os leitores.

Um dos maiores predadores do Cretáceo era um "monstro" do rio

A descoberta de um enorme conjunto de registros dentários mostra que um dos maiores predadores do Cretáceo era habitante do rio - e não um caçador terrestre. Uma equipa de investigadores da Universidade de Portsmouth, no Reino …

Benfica oficializa venda de Rúben Dias e compra de Otamendi

O Benfica comunicou, este domingo, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) a transferência do defesa-central para o Manchester City. Em comunicado, o Benfica informou "ter chegado a acordo com o Manchester City para a …

Marcelo responde ao embaixador dos EUA. "Quem decide são os representantes escolhidos pelos portugueses"

O Presidente da República respondeu, este domingo, ao embaixador dos Estados Unidos em Lisboa, afirmando que, "em Portugal, quem decide acerca dos seus destinos são os representantes escolhidos pelos portugueses". A agência Lusa questionou Marcelo Rebelo …

Bloco desconhece "avanços" no novo apoio social (e sugere que Rio seja dispensado das negociações)

A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) disse este domingo que o Governo ainda não se comprometeu com a criação do novo apoio social proposto pelos bloquistas, no âmbito das negociações do Orçamento do Estado …

O tempo pode parecer mais lento do que realmente é. A culpa é dos neurónios cansados

Quando os neurónios do nosso cérebro começam a ficar muito cansados, diminuem a atividade e, como consequência, percebemos o tempo de forma distorcida. O cansaço de um grupo de neurónios especialmente sensíveis à noção de tempo …

Investigação do New York Times revela que Trump não pagou impostos em 10 dos últimos 15 anos

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pagou apenas 750 dólares (645 euros) em impostos federais em 2016, ano em que foi eleito, e outro tanto em 2017, segundo uma investigação divulgada este domingo pelo …

Arménia e Azerbaijão "à beira de uma guerra". Confrontos fazem pelo menos 39 mortos

Os combates deste domingo entre o Azerbaijão e as forças separatistas apoiadas pela Arménia, em Nagorno-Karabakh, fizeram pelo menos 39 mortos, incluindo sete civis, de acordo com informações de ambas as partes. Pelo menos mais 15 …

Paulo Bento substitui Santana Lopes à frente da Aliança

O antigo vereador da câmara de Torres Vedras Paulo Bento substitui este domingo Pedro Santana Lopes como presidente do partido Aliança após a eleição no congresso que terminou naquela cidade do distrito de Lisboa. Paulo Bento, …

Modelo matemático de Alan Turing explica os misteriosos "círculos de fada" da Namíbia

Os impressionantes padrões de vegetação dos "círculos de fada" australianos surgem de acordo com a teoria de 1952 enunciada pelo célebre matemático britânico Alan Turing. Em 1952, quando o matemático britânico Alan Turing publicou o seu …

Cientistas descobrem novo tipo de supercondutor

Uma equipa de cientistas identificou, pela primeira vez, um supercondutor de onda G. A investigação marca um grande desenvolvimento nesta área da Física. Investigadores da Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, encontraram um novo tipo de …