A lagosta já é fast food (mas só nos Estados Unidos)

 Se por estes lados a lagosta sempre foi um dos produtos mais caros nas cartas dos restaurantes, nos Estados Unidos a abundância deste crustáceo está a torná-lo um alimento cada vez mais banalizado.

Com uma economia baseada na pesca artesanal, o estado do Maine é responsável por cerca de 85% da pesca de lagosta nos Estados Unidos.

Nos últimos anos, este estado norte-americano viu a oferta do crustáceo crescer de uma forma tão significativa que, além de o preço descer drasticamente, verificou-se uma massificação do seu consumo, pode ler-se na notícia da BBC.

Só no ano passado os pescadores capturaram um total de 56 toneladas de lagosta, seis vezes mais do que os valores registados em 1986.

Se por um lado este fenómeno parece um sinal de bonança, por outro acaba por ser uma situação que preocupa vários especialistas, já que este ‘boom’ se deve apenas às alterações climáticas que provocaram o aquecimento dos mares próximos à costa leste americana.

Outro fator apontado pelos investigadores para este aumento é a degradação ambiental do Atlântico Norte, fenómeno que terá reduzido de forma drástica as espécies “inimigas” do crustáceo, a começar pelo bacalhau.

Esta é uma situação que pode mudar a longo prazo, já que as mudanças provocadas pelo aquecimento global estão ainda a começar.

“A lagosta do Maine é um dos recursos marinhos mais sustentáveis que existem”, diz Robert Steneck, investigador da Universidade do Maine.

“Mas há alguns sinais preocupantes a ter em conta. As condições ideais para a procriação de lagosta estão a mover-se para o norte”, afirma.

Andrew Pershing, investigador do Instituto de Pesquisas do Golfo do Maine, também vê sinais de alerta.

Embora não seja “catastrófico”, Pershing diz mesmo que alguns colegas já verificam uma certa diminuição do número das espécies existentes no mar.

A descida do preço facilitou o acesso ao seu consumo nos Estados Unidos, tanto que, nos dias de hoje, ver a lagosta ‘juntar-se à mesa’ com os americanos é algo recorrente.

“O Maine produz a lagosta mais barata do mundo”, afirma Steneck.

O produto está tão banalizado que até as cadeias de ‘fast food’ como, por exemplo, o McDonald’s fazem desta iguaria um motivo para criar novos hambúrgueres.

Resta saber se a lagosta vai deixar de ser a protagonista de pratos caros para se tornar novamente no “alimento dos pobres”.

Parece estranho mas, em épocas anteriores, este crustáceo foi um dos alimentos mais usados para alimentar os presos norte-americanos ou para servir de isco na pesca.

ZAP / BBC

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

    • Ah?!
      És mais um dos típicos artistas que escreve sem saber do que fala (é que nem sequer deves ter lido a noticia – tal é a barbaridade)!

  1. Temos também de ter em conta que se trata de Red lobster que não tem nenhuma parecença com a Lagosta que encontramos na costa portuguesa.

RESPONDER

Operação Lex. Juiz Vaz das Neves arguido por corrupção e abuso de poder

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa Vaz das Neves é arguido na Operação Lex por suspeitas de corrupção e abuso de poder relacionadas com a distribuição eletrónica de processos, disse à Lusa fonte …

Governo quer licenças de trabalho parcial pagas para pais no primeiro ano dos filhos

O Governo quer implementar licenças de trabalho parcial remuneradas para pais e mães de crianças no seu primeiro ano de vida, no âmbito do programa para a conciliação entre vida profissional e vida familiar e …

Covid-19. Portugal "tem de preparar-se para o pior" e ter plano de contingência

Ricardo Mexia, presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, defende que Portugal tem de se preparar para o pior e, por esta altura, já devia ser conhecido o plano de contingência em ação. "Convém …

Misteriosa mensagem esculpida numa rocha em França foi finalmente decifrada

A inscrição, gravada há 250 anos numa rocha na região francesa da Bretanha, foi finalmente decifrada graças a um concurso lançado pelo município. O mistério, que há muitos anos intrigava a comunidade científica e curiosos de …

Transferência de Bruno Fernandes rendeu 16 milhões ao BCP e ao Novo Banco

A transferência de Bruno Fernandes do Sporting para o Manchester United foi rentável não apenas para o clube de Alvalade, mas também para os Bancos que são os principais financiadores do emblema. Millennium BCP e …

Braga 0-1 Rangers | "Guerreiros" eliminados por pé Kent

O Sporting de Braga caiu nos 16 avos-de-final da Liga Europa. Após a derrota por 3-2 na visita ao Rangers na semana passada, após estar a vencer por 2-0, os “arsenalistas” foram donos e senhores …

Violada, drogada e raptada. Cantora Duffy explica o seu desaparecimento da cena musical

A cantora galesa Duffy que fez sucesso, em 2008, com a música "Mercy", esteve vários anos afastada dos holofotes do mundo da música e explica, agora, que isso se deveu ao facto de ter sido …

Neeleman continua na TAP, mesmo com a entrada da Lufthansa

David Neeleman vai manter-se como acionista da companhia aérea portuguesa, mesmo que a Lufthansa venha a entrar no capital da TAP. Sabe-se que a Lufthansa está a estudar, juntamente com a United Airlines, a aquisição dos …

Escócia aprova plano para dar tampões e pensos grátis a todas as mulheres

O Parlamento escocês aprovou, esta terça-feira, um projeto de lei para disponibilizar gratuitamente produtos de higiene feminina a todas as mulheres. A Escócia será o primeiro país a avançar com uma medida deste tipo. O plano …

Bruxelas regista lentidão no desenvolvimento da ferrovia e dos portos portugueses

A Comissão Europeia fez hoje várias observações sobre a lentidão do desenvolvimento de projetos na ferrovia e nos portos portugueses, num relatório elaborado no âmbito do pacote de inverno do semestre europeu. Abordando os setores ferroviário …