/

Chamam-lhe “Lady Trump”. A candidata a governadora do Nevada que está a gerar polémica

3

Michele Fiore / Twitter

Candidata a governadora do Nevada, Michele Fiore.

Conhecida como “Lady Trump”, Michele Fiore anunciou a sua candidatura a governadora do estado do Nevada em estilo, gerando polémica nos Estados Unidos.

Michele Fiore, vereadora de Las Vegas, anunciou esta terça-feira a sua candidatura a governadora do estado do Nevada, nos Estados Unidos. Num vídeo divulgado nas redes sociais, a política de direita conhecida como “Lady Trump” aparece a disparar contra garrafas de cerveja nas quais se lê “CRT” e “mandatos de vacina”.

A sigla CRT refere-se à Critical Race Theory (Teoria Crítica da Raça): um corpo de estudos jurídicos e movimento académico de direitos civis dos EUA que procura examinar criticamente a interseção entre raça e lei e desafiar as abordagens liberais americanas convencionais à justiça racial.

Por sua vez, os mandatos de vacina são relativos à vacinação obrigatória contra a covid-19 que algumas empresas estão a exigir nos Estados Unidos.

No vídeo a anunciar a sua candidatura, Fiore diz que passou “a vida inteira a lutar contra o sistema” e fez referência a um artigo do POLITICO de 2016 que a apelidava de “Lady Trump”.

Fiore diz ainda que foi a “primeira líder feminina de maioria republicana” na história da Assembleia estadual. Embora seja verdade, realça a VICE, Fiore foi quase imediatamente removida do seu posto devido a impostos não pagos no seu negócio de cuidados de saúde ao domicílio.

Banir os mandatos de vacinação, banir a Teoria Crítica da Raça e impedir a fraude eleitoral são três dos pilares da sua candidatura.

“O meu nome é Michele Fiore. Estou a concorrer a governadora do Nevada. Não precisamos de políticos republicanos mais fracos, comprometidos e de blazer azul. Essa não sou eu e nunca serei. Eu nunca vou parar de lutar”, lê-se na publicação partilhada.

“A administração Joe Biden está a vir atrás de mim”, diz ainda no vídeo. “Eu sou Michele Fiore e estou pronta para a luta”.

A republicana não é alheia à polémica. Em 2015, partilhou uma fotografia na época natalícia em que se via toda a sua família com armas, incluindo o neto de cinco anos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

  Daniel Costa, ZAP //

3 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.