Ladrão de bitcoins sai da prisão pela janela e foge no mesmo voo da primeira-ministra da Islândia

Um islandês roubou 600 computadores para minerar bitcoins. Depois de ter sido apanhado, fugiu da prisão pela janela e embarcou para a Suécia no mesmo avião da chefe de Governo de Reiquiavique.

Sindri Thor Stefansson, acusado de liderar uma rede que roubou 600 computadores para minerar bitcoins, fugiu da prisão onde estava detido pela janela. Depois disso, usou uma identidade falsa para apanhar um avião, em direção à Suécia.

Stefansson tinha sido detido em fevereiro e foi transferido, há pouco mais de uma semana, para uma prisão de baixa segurança.

De acordo com as autoridades do país, a fuga não foi imediatamente detetada, sendo que os guardas prisionais só se aperceberam da sua ausência quando o criminoso já tinha entrado no avião com destino a Estocolmo.

Nesse voo, estava ainda Katrín Jakobsdóttir, a primeira-ministra da Islândia, a caminho de um encontro com o primeiro-ministro indiano na Suécia.

O ladrão foi reconhecido através das gravações das câmaras de segurança do aeroporto, mas, neste momento, o seu paradeiro é incerto. As autoridades islandesas já emitiram, entretanto, um mandado internacional de captura.

A prisão de baixa segurança para a qual Stefansson tinha sido transferido há 11 dias fica situada a apenas 95 quilómetros do aeroporto internacional de Keflavik.

Sem vedações, os reclusos têm acesso a telefone e à internet, o que não é inteiramente invulgar na Islândia, país com 340 mil habitantes que tem um dos mais reduzidos índices de criminalidade do mundo.

Apesar de o cabecilha da rede já ter sido detido, juntamente com outros dez indivíduos igualmente acusados de roubo, os 600 computadores, avaliados em 1,66 milhões de euros ainda não foram descobertos, de acordo com o The Guardian.

Agora é preciso encontrar o criminoso outra vez. Se for verdade que seguia no mesmo voo para Estocolmo onde estava a primeira-ministra, que se ia encontrar com o seu homólogo indiano, Narendra Modi, a tarefa passa a caber às autoridades suecas, ou às de eventuais outros países onde Stefansson se dirija.

Como tudo se passou dentro da zona Schengen, é provável que nem tenha tido de mostrar passaporte.

As autoridades garantem que a fuga teve um cúmplice. Entretanto, se os 600 computadores continuarem a ser usados para produzir bitcoins e outras moedas virtuais – as quais, pela sua natureza não deixam rasto – isso pode significar um lucro enorme para os criminosos.

Nos últimos tempos, a Islândia tornou-se um grande centro de mineração de bitcoins – um processo que envolve o uso intensivo de computadores para processar os complexos cálculos que a popular moeda virtual envolve. Em dezembro e janeiro, 600 computadores foram levados de dois grandes centros de dados, em quatro ocasiões, no que já foi descrito como o maior roubo de sempre de país.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Twitter passa a alertar utilizadores que colocam "like" em informações incorretas

O Twitter passou a alertar os utilizadores quando estes tentam 'curtir' uma publicação que contenha informações consideradas incorretas, medida que faz parte da esforço da empresa para combater a desinformação. Esta mudança significa que os utilizadores …

Erosão causada por tempestade tropical revela naufrágio do século XIX na Florida

Depois da tempestade tropical Eta arrebatar o norte da Florida no início deste mês, um banhista fez uma descoberta inesperada enquanto caminhava na costa de St. Augustine. Ao caminhar pelas dunas de areia de Crescent Beach, …

Uma mentira de um trabalhador de uma pizzaria forçou o confinamento na Austrália do Sul

O estado da Austrália do Sul decretou um confinamento geral, no dia 18 de novembro, depois de um funcionário de uma pizzaria ter mentido. Segundo o Huff Post, o homem, de nacionalidade espanhola, estava infetado com …

Jogar Monopólio, Scrabble ou até bilhar pode ser (ainda) mais divertido com uma nova mesa touch

Por mais divertidos que sejam os jogos de tabuleiro, estes podem ser um passatempo caro pois quem realmente gosta não se cansa de os comprar. Agora, a empresa Arcade1Up criou o Infinity Game Table que …

A apreensão histórica de cetamina na Tailândia não foi assim tão histórica. Eram só aditivos alimentares

Análises laboratoriais revelaram que a apreensão "histórica" de cetamina anunciada pelo Governo da Tailândia há cerca de duas semanas foi, na verdade, uma apreensão de aditivos alimentares e agentes de limpeza. As autoridades tailandesas anunciaram, …

Para clínicas de Terceiro Mundo. Dispositivo movido a energia solar esteriliza equipamentos médicos ao ar livre

As autoclaves são consideradas essenciais para esterilizar equipamentos médicos, mas não estão disponíveis nos países de Terceiro Mundo, onde o acesso à eletricidade é limitado. Um novo dispositivo portátil, movido a energia solar, pode ser …

China pondera novas regras sobre estrangeiros para "proibir o extremismo religioso"

Um projeto-lei publicado esta semana pelo Ministério da Justiça chinês aponta para novas restrições sobre a atuação de fiéis estrangeiros no país, com o intuito de evitar a disseminação do "extremismo religioso" ou do uso …

Regar, cortar e matar insetos. Robô dá conta de todas as tarefas de jardinagem (e até afasta intrusos)

A jardinagem é uma terapia para muitas pessoas, mas também pode ser um incómodo. O robô Yardroid foi projetado para lidar de forma autónoma com essas tarefas, utilizando inteligência artificial. Semelhante a um tanque em miniatura, …

ProToiro vai impugnar IVA das touradas e avança com queixa em Bruxelas

A Federação Portuguesa de Tauromaquia (ProToiro) vai avançar com a impugnação do valor do IVA na tauromaquia e com uma queixa na Comissão Europeia, exigindo que a taxa passe de 23% para 6%. Em comunicado, a …

Braga 3-3 Leicester | Vardy rouba triunfo luso nos descontos

Um "balde de água fria". A recepção do Sporting de Braga ao Leicester não foi parca em emoção e em bom futebol. Os minhotos foram superiores na primeira parte e chegaram ao intervalo em vantagem. Contudo, …