/

La Palma regista sismo de 4,6, a maior magnitude desde o início da erupção

Jorge Guerrero / AFP

Vulcão Cumbre Vieja lança lava, cinzas e fumo em La Palma

Vulcão Cumbre Vieja lança lava, cinzas e fumo em La Palma

Um total de 36 sismos foram registados na ilha de La Palma desde a noite passada, um deles registado em Mazo com 4,6, o de maior magnitude desde que a erupção do vulcão Cumbre Vieja começou há quase um mês.

De acordo com informações do Instituto Geográfico Nacional espanhol (IGN), este sismo de magnitude 4,6 foi registado a uma profundidade de 37 quilómetros às 04h41. Várias horas depois, às 06h07, houve outro sismo com uma magnitude de 4,5 na mesma área e profundidade. Os restantes sismos oscilaram entre 3,1 e 2,3 graus de magnitude.

Segundo o IGN, em Mazo foram registados 14 movimentos e em Fuencaliente 22. Dois sismos foram localizados em Tenerife, um com magnitude 1 em Santiago del Teide e a uma profundidade de cinco quilómetros; e outro em Guía de Isora de 1,7 a uma profundidade de quatro quilómetros.

O vulcão Cumbre Vieja entrou em erupção no passado dia 19 de setembro, obrigando à retirada de milhares de pessoas das zonas afetadas. A atividade sísmica aumentou e têm sido registados dezenas de abalos em La Palma.

Segundo o jornal El Mundo, esta sexta-feira, abriu-se uma nova boca eruptiva no vulcão, a sudeste do cone principal, estando a emitir cinzas e piroclastos.

O diretor técnico do Plano de Emergências Vulcânicas das Canárias (Pevolca), Rubén Fernández, assinalou, em declarações à Televisión Canaria, que se trata de um “processo normal” dentro do “complexo processo eruptivo”, tendo por isso enviado uma mensagem de tranquilidade à população.

A ilha espanhola, que tem cerca de 85 mil habitantes, vive atualmente a terceira erupção vulcânica num século, após a do vulcão San Juan, em 1949, e a do Teneguía, em 1971.

Uma nuvem de dióxido de enxofre emitido pela erupção atingiu a Península Ibérica esta semana, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.