Juventus vs Sporting | Leão atrevido morre na praia

O Sporting deu muito trabalho à Juventus, em Turim, esteve a ganhar, enervou o seu adversário, mas a qualidade individual dos transalpinos acabou por ditar a derrota leonina, perante uma “Vecchia Signora” mais rematadora e dominadora, mas que teve pela frente um Rui Patrício em forma.

Destaque para o minuto de silêncio em memória das vítimas dos incêndios em Portugal, respeitado de forma arrepiante.

O Jogo explicado em Números

  • Jogo algo “mastigado” nos primeiros dez minutos, com a Juventus a registar 57% de posse de bola e um pontapé de canto, mas nenhum remate para qualquer um dos lados. Até que…
  • Aos 12 minutos, Bruno Fernandes fez um passe, Alex Sandro não completou a intercepção e deixou Gelson Martins isolado. o extremo rematou, Gianluigi Buffondefendeu, mas a bola embateu em Alex Sandro e entrou na baliza deserta. Autogolo do antigo jogador do FC Porto.
  • Muita pressão italiana, mas por vezes precipitada e a esbarrar numa defesa leonina coesa. No entanto, notava-se uma tendência preocupante para a formação lusa, pois aos 25 minutos a Juve registava quatro remates, apenas um enquadrado, é certo, mas todos eles realizados dentro da grande área de Rui Patrício.
  • Mas foi de fora da área que a Juventus empatou. Aos 29 minutos, Miralem Pjanić cobrou de forma irrepreensível um livre directo, que Patrício apenas pôde acompanhar com os olhos.
  • À passagem da meia-hora o cenário começava a complicar para os “leões”: Juve com 60% de posse, seis remates, dois deles enquadrados (Sporting ainda com o seu disparo inicial, que deu golo), e 60% de duelos ganhos. Em termos individuais, Pjanić era o melhor em campo, com rating de 6.5, pelo golo e pelos 91% de acerto no passe. O melhor “leão” era Fábio Coentrão, com 5.6, ele que ganhara todos os sete duelos que disputara até ao momento.
  • O empate 1-1 era o resultado ao intervalo, que compensava o atrevimento ofensivo inicial e a solidez defensiva do Sporting, onde se destacava Coates, com nove alívios. A Juve foi a melhor equipa nesta fase, com 59% de posse, dez remates, sendo quatro enquadrados, nove desses disparos dentro da área de Rui Patrício. O guardião luso era o segundo melhor na partida, com um GoalPoint Rating de 6.3, graças a três defesas. O MVP era mesmo Pjanić, com 6.6, mercê de um golo, no seu único remate, 43 interacções com a bola, quatro duelos ganhos em oito e dois desarmes. Tudo em aberto para o segundo tempo.
  • Sporting mais composto após o descanso. Nos primeiros 15 minutos do segundo tempo conseguiu equilibrar as operações no que toca à posse de bola, com 49%, mas também dois remates, tantos quantos a Juventus (só os italianos enquadraram um). Nesta fase, porém, a equipa de Jorge Jesus não registava ainda qualquer pontapé de canto desde o início da partida.
  • Excelente jogo de Sebastián Coates. Forte no ar, com três duelos ganhos em outros tantos disputados, registava, aos 70 minutos, dez alívios, duas intercepções e um desarme, para além de um remate, de cabeça.
  • Por volta dos 75 minutos a nota dominante da segunda parte era o equilíbrio. Os “leões” conseguiam, aliás, um registo de 52% de posse desde o intervalo, e três remates, contra os quatro da Juve (dois enquadrados). O “leão” mostrava segurança no passe (80% de eficácia), o que tirava bola aos italianos… e enervava-os – seis faltas dos da casa até esta altura no segundo tempo, apenas duas dos portugueses.
  • Mas o jogo do banco acabou por favorecer a Juventus. Allegri lançou Douglas Costa e, aos 84 minutos, o brasileiro “dançou” na esquerda e cruzou para cabeceamento certeiro de Mario Mandžukić. Estava feito o 2-1.

O Homem do Jogo

O Sporting fez um bom jogo em Turim, mas o melhor em campo acabou mesmo por ser Rui Patrício. A facilidade com que a Juventus conseguiu rematar na grande área leonina (14 em 18) acabou por dar muito trabalho ao guardião português. Com um punhado de excelentes intervenções, Patrício manteve o Sporting no jogo bem até final. Terminou com seis defesas, cinco delas a remates dentro da grande área, e um GoalPoint Rating de 7.2. Está em grande forma o internacional luso.

Jogadores em foco

  • Miralem Pjanić 7.0 – Fez o golo do empate para a Juventus e foi, ao longo do jogo, o melhor dos italianos. Registou dois passes para finalização, colocou a bola 12 vezes na área leonina e ajudou na defesa, com dois desarmes.
  • Sebastián Coates 6.6 – Belíssimo jogo do uruguaio. Foi o esteio defensivo do Sporting, com oito duelos ganhos em dez, vitória na totalidade dos quatro aéreos, 12 alívios, três intercepções e dois desarmes. Não foi por ele que o Sporting perdeu.
  • Fábio Coentrão 5.5 – Enquanto durou, Coentrão deu “água pela barba” a Quadrado, em especial pelo seu posicionamento e capacidade de antever as movimentações do colombiano. Ganhou oito de 13 duelos, fez quatro alívios e duas intercepções e esteve muito em jogo, com 73 interacções com bola em 75 minutos.
  • Bas Dost 4.8 – Jogo ingrato para o holandês, emparedado entre Chiellini e Benatia. Ainda assim deu muita luta e ganhou metade dos 14 duelos aéreos em que participou. Rematou apenas uma vez, sem a melhor direcção.
  • Bruno Fernandes 4.6 – Esteve uns furos abaixo do habitual. O passe que acabou por isolar Gelson foi penalizado estatisticamente pelo facto de Alex Sandro ter tocado na bola e falhado a intercepção. Mas pouco mais fez do que isso e dos 84% de posse de bola.

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

Minas americanas continuam inseguras apesar de multas de mil milhões de dólares

O veredito é dado pela sistema federal que multa as empresas mineiras: nem os mais de mil milhões de dólares em multas se revelaram suficientes para desencorajar as práticas inseguras do setor. Esta foi a conclusão …

Ainda há esperança. Corais do Atlântico reproduziram-se pela primeira vez em laboratório

Este é um avanço histórico que poderia ajudar a salvar corais em todo o mundo, incluindo o ameaçado recife da Flórida, nos Estados Unidos. O Aquário da Flórida, nos Estados Unidos, conseguiu que o coral Dendrogyra …

Cientistas descobrem a melhor maneira de ensinar uma nova língua a crianças

As pessoas muitas vezes assumem que as crianças aprendem novas línguas facilmente e sem esforço, independentemente da situação em que se encontram. Mas será verdade que as crianças absorvem linguagem como esponjas? Estudos mostraram que as …

Cientistas descobrem que as mantas gostam de socializar e de fazer amigos

Embora já tenham sido consideradas criaturas solitárias, um novo estudo descobriu que as mantas formam relações sociais e escolhem parceiros sociais. De acordo com o IFLScience, uma equipa de cientistas estudou mais de 500 grupos sociais …

Planta que não se reproduzia há 60 milhões de anos no Reino Unido revivida pelas alterações climáticas

Há 60 milhões de anos que as cicas não se reproduziam no Reino Unido. Agora, com a subida das temperaturas devido às alterações climáticas, fizeram-no pela primeira vez. As cicas são plantas lenhosas muito parecidas com …

Líderes políticos e religiosos ultraconservadores reunidos secretamente em Fátima

A reunião foi promovida pela International Catholic Legislators Network (ICLN). O encontro começou na quinta e termina este domingo. Entre muitos, conta com a participação do primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán. Vários líderes políticos e religiosos ultraconservadores …

Rio alerta para "divórcio violento" e medo de Costa em perder votos para o BE

O líder do PSD, Rui Rio, disse este sábado que as críticas de António Costa ao Bloco de Esquerda refletem "ingratidão" e o "medo" que o Partido Socialista tem em "perder" votos para os bloquistas …

Trump diz que Boris é "o homem certo" e promete "grande acordo comercial"

Os dois líderes estiveram reunidos à margem da cimeira do G7. Trump elogiou Boris e garantiu que o acordo comercial com o Reino Unido será rápido depois do Brexit. Johnson diz que será "fantástico". O Presidente …

Uma impressora 3D construiu uma casa em apenas 12 horas

A impressora 3D S-Squared (SQ3D) construiu um protótipo básico de uma casa em cerca de 12 horas. A estrutura tem 46 metros quadrados e foi construída através de uma mistura de cimento em camadas. O trabalho …

Uma estrela supermassiva explodiu e aniquilou tudo à sua volta

Uma estrela renegada, que explodiu numa galáxia distante, forçou os astrónomos a colocar de lado décadas de investigação e a concentraram-se num novo tipo de supernova que pode aniquilar completamente a sua estrela-mãe - não …