Justiça volta a condenar rapper. Protestos violentos continuam em Espanha

Biel Alino / EPA

Protestos em Valência pela detenção de Pablo Hasél.

Um tribunal de Lleida, na região espanhola da Catalunha, confirmou hoje outra sentença de dois anos e meio para o ‘rapper’ Pablo Hasél, cuja detenção desencadeou nos últimos dias protestos violentos em várias cidades do país.

O ‘rapper’ foi agora condenado por ameaçar uma testemunha num julgamento contra a polícia urbana de Lleida, uma sentença de dois anos e meio de prisão que poderia ser acrescentada aos nove meses que está a cumprir por mensagens enviadas na rede social Twitter em que fazia a glorificação do terrorismo e injuriava a monarquia.

O tribunal de Lleida tem agora de decidir se obriga o Pablo Hasél a cumprir a nova pena de prisão, embora a sentença ainda possa ser objeto de recurso no Supremo Tribunal.

A prisão do ‘rapper’ – que acumula outras sentenças, uma delas de dois anos que foi suspensa em 2019 – desencadeou uma onda de protestos que nos últimos dois dias terminaram com tumultos em várias cidades, principalmente catalãs.

Pablo Hasél tornou-se um símbolo da liberdade de expressão para a extrema-esquerda espanhola, depois de ter sido condenado por ‘tweets’ em que insultava as forças de ordem espanholas e atacava a monarquia.

A sua situação legal está a ter uma considerável atenção pública porque acontece no seguimento de uma série de outros artistas e personalidades dos meios de comunicação social que foram levados a julgamento por violarem a Lei de Segurança Pública espanhola de 2015, que foi promulgada pelo Governo anterior do Partido Popular (direita) e criticado por organizações de direitos humanos.

O atual executivo de coligação de esquerda de Espanha quer alterar o código penal do país para eliminar as penas de prisão por ofensas envolvendo a liberdade de expressão, especialmente quando se trata da forma de expressão artística.

Entretanto, o Unidas Podemos (extrema-esquerda), coligado ao Partido Socialista (PSOE) que lidera o atual Governo, afirmou que vai trabalhar para conceder um indulto a Hasél.

Mas os acontecimentos também levaram a uma tempestade política, com a oposição de direita a condenar o Unidas Podemos por não expressar uma forte condenação à violência de rua.

A vice-presidente do executivo Carmen Calvo, membro do PSOE, criticou o líder da bancada do Unidas Podemos no parlamento, Pablo Echenique, por este mostrar o seu apoio aos “manifestantes antifascistas que lutam pela liberdade de expressão”.

Terceira noite de manifestações

A Espanha está a viver a terceira noite consecutiva de protestos, que nalgumas localidades se convertem em distúrbios.

Os protestos violentos estão hoje a concentrar-se em Barcelona, capital da região da Catalunha (nordeste de Espanha), onde grupos de manifestantes queimaram caixotes do lixo e atiraram pedras, garrafas e fogo de artifício contra a polícia regional, os Mossos d’Esquadra.

Em Valência, na Comunidade Valenciana, ao lado, a polícia também já fez diversas cargas para dispersar manifestações que começam por ser pacíficas e em seguida tornam-se violentas com cenas de luta de rua e algumas pessoas feridas, havendo já vários detidos e pelo menos um ferido.

Segundo fontes da polícia, já há pelo menos oito detidos na sequência dos distúrbios desta noite em pleno centro de Valência.

Os protestos têm sido convocados nas redes sociais por grupos pró-independência, como na passada terça-feira, e com palavras de ordem como “Estem fartes” (Estamos fartos).

Durante os distúrbios ocorridos na terça-feira à noite na Catalunha, os Mossos d’Esquadra e a polícia local prenderam cerca de cinquenta pessoas e dispararam cerca de 420 projéteis de borracha, um dos quais alegadamente fez com que um manifestante perdesse um olho.

Mais de 50 dos manifestantes foram presos na noite de quarta para quinta-feira durante os confrontos muito violentos entre manifestantes e a polícia e cerca de 70 pessoas foram feridas, metade das quais eram agentes da polícia.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Audição a Nuno Vasconcellos por confirmar. Advogado avisou que a rede não é boa

A audição de Nuno Vasconcellos na comissão de inquérito ao Novo Banco, agendada para a próxima quinta-feira, ainda está por confirmar. No site do Parlamento, o agendamento previsto para a audição de Nuno Vasconcellos, antigo presidente …

Portugal com maior queda do PIB na União Europeia no primeiro trimestre

A economia da zona euro recuou 1,8% e a da União Europeia 1,7% no primeiro trimestre do ano, face ao período homólogo, com Portugal a apresentar a maior quebra, de 5,4%. De acordo com uma estimativa …

Corrida dos portugueses ao novo estatuto de imigrante entope consulados do Reino Unido

Mais de 380 mil portugueses já se candidataram ao novo estatuto de imigrante no Reino Unido, mas os postos consulares não estão a conseguir dar resposta a esta corrida. Segundo o jornal Público, os atrasos dos …

Autoridade Tributária demora, em média, 20,7 dias a pagar reembolso de IRS

Até ao momento, foram reembolsados 1.180.738 contribuintes, num valor total de 1.125 milhões de euros, de acordo com dados do Ministério das Finanças. O ECO avança que a Autoridade Tributária e Aduaneira já devolveu 1.125 milhões …

Médicos de família admitem que recuperados podem passar a grupo de risco

A área das sequelas da infeção pelo vírus SARS-CoV-2 "é uma zona muito cinzenta", sobre a qual Portugal “não tem ainda orientações totalmente definidas”. Nuno Jacinto, presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), …

Muito mais do que só um divórcio milionário. "Perseguições a mulheres" e má fama ameaçam legado de Bill Gates

O mediático e multimilionário divórcio de Bill Gates é muito mais do que apenas a separação de um casal ao cabo de 27 anos de vida em comum. A ruptura com Melinda está a colocar …

Marcelo na Guiné Bissau

Banho de multidão e "pedras" do PAIGC e de Ana Gomes. Marcelo em visita histórica à Guiné Bissau

Marcelo Rebelo de Sousa está na Guiné-Bissau na primeira visita de um chefe de Estado português ao país em mais de 30 anos. A população recebeu Marcelo em delírio, mas a visita está a causar …

Reservas nos voos da TAP entre Portugal e Reino Unido "mais do que duplicam"

As reservas de passageiros nos voos da TAP entre Portugal e Reino Unido "mais do que duplicaram" desde que Portugal entrou na lista verde de destinos de Inglaterra, adiantou a transportadora em comunicado. "De 7 a …

Diego Costa outra vez na rota do Benfica

O avançado brasileiro, naturalizado espanhol, estará outra vez na rota dos encarnados, segundo avança a imprensa brasileira. Segundo o portal brasileiro Yahoo Esportes, o Atlético Mineiro terá abordado Diego Costa, que está livre para assinar por …

"A perceção da opinião pública é que a decisão da Operação Marquês colocou em causa o prestígio do sistema judicial"

A ex-procuradora-geral da República (PGR) deu uma entrevista, publicada esta segunda-feira, na qual abordou temas como a Operação Marquês e as novas propostas anti-corrupção. Na entrevista ao jornal online Observador, Joana Marques Vidal considerou que a …