Julgamento de PSP que baleou 4 jovens adiado porque tribunal não encontra ofendidos

O julgamento do agente da PSP acusado de atingir a tiro quatro jovens, dois deles menores, durante uma perseguição em 2013, em Queluz de Baixo, foi adiado porque o tribunal desconhece o paradeiro de três dos ofendidos.

Na primeira sessão do julgamento, o Tribunal de Sintra explicou que “não foi possível notificar” as três testemunhas arroladas pelo Ministério Público, tendo o juiz requerido diligências para encontrar e notificar “com urgência” os jovens, para que estes prestem declarações presencialmente em sede de audiência de julgamento.

Com a concordância da procuradora do MP e do advogado do arguido, o juiz marcou novas audiências para 16 e 23 de fevereiro, a partir das 09:30 horas, nas quais o tribunal espera ouvir as declarações do agente da PSP e das três testemunhas.

À saída do Tribunal de Sintra, Ricardo Serrano Vieira, advogado do polícia, disse aos jornalistas que o seu constituinte – que esteve presente em tribunal, com a farda vestida – vai falar em julgamento e contar o que se passou naquele dia.

Ricardo Serrano Vieira explicou que o juiz, a procuradora e ele próprio entenderam que será mais vantajoso ouvir o arguido e os ofendidos num intervalo de tempo o mais curto possível, acrescentando que o seu cliente “estava legitimado” no uso da arma de fogo, ao contrário do que defende a acusação do MP.

Segundo a acusação, a que a agência Lusa teve acesso, o arguido, à data dos factos com 26 anos e colocado na Esquadra de Carnaxide da Divisão Policial de Oeiras, deslocou-se no carro de patrulha, juntamente com outro polícia, à Estrada Nacional 117, junto à rotunda de Queluz de Baixo, após comunicação, via rádio, de desacatos na via pública.

Já no local, na madrugada de 23 de março, o arguido avistou um grupo constituído pelos quatro jovens – dois dos quais, à data, com 15 anos -, acompanhados de pelo menos mais seis elementos, cujas identidades as autoridades não conseguiram apurar.

O grupo seguia apeado, a atravessar a passagem superior da via de acesso ao Itinerário Complementar 19.

A acusação relata que o arguido parou a viatura enquanto o outro agente, munido da espingarda ‘shotgun‘ com balas de borracha, iniciou a perseguição, a pé. Deu ordem de paragem e efetuou dois disparos para o ar, mas os jovens “não acataram e prosseguiram a fuga apeada”, dirigindo-se para uma zona com vegetação densa.

De seguida, o arguido, também uniformizado e munido de uma arma de fogo (uma ‘Glock 19’ de calibre nove milímetros), iniciou a perseguição. Dirigiu-se ao grupo dizendo “para, polícia, para, coloquem as mãos no ar”, mas os jovens “não acataram a ordem de paragem e prosseguiram a fuga apeada”, conta o MP.

Assim que os alcançou, junto de uma rede de vedação, “identificou-se, proferindo em alta voz a expressão ‘polícia’, e deu ordem para os mesmos pararem, deitarem-se no chão e colocarem as mãos no ar atrás da cabeça”.

A ordem voltou a não ser acatada.

“Nesse momento, o arguido decidiu parar os ofendidos, os quais se encontravam de costas, recorrendo ao uso da arma de fogo que lhe estava atribuída”, sustenta o MP, acrescentando que “empunhou a arma de fogo” e efetuou cinco disparos na direção dos quatro elementos, tendo atingido e ferido três deles e perfurado o casaco do quarto.

As lesões provocadas pelos disparos originaram 180 dias com incapacidade para o trabalho geral e escolar, no caso de dois dos ofendidos, e 126 dias em relação ao terceiro.

A acusação sublinha que “não foram encontradas armas na posse” dos quatro ofendidos e que o arguido agiu com “abuso da autoridade” e através de força desproporcionada.

O arguido, que está acusado de ofensa física qualificada e atualmente, a prestar serviço na Direção Nacional da PSP, tem também um processo disciplinar que aguarda pela conclusão deste processo-crime.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Claro a culpa é do policia,. Coitados dos rapazes a serem seguidos pelo gandulo aos gritos…
    Tadinhos dos moços, deviam é ter dado um encherto de porrada no agente da autoridade…
    Já não há respeito pelo pobres delinquentes.

  2. AHHHHHahhahahahh…como estamos quase no carnaval, foram para o Rio de Janeiro desfilar..Que triste figura esta alegada justiça faz! De um assunto sério se faz isto!! A justiça deve andar toda chateada por encontrar neste país quem, faça pouco dela, inclusive os alegados ofendidos….ahahah…tudo louco…

RESPONDER

Banco de Fomento precisa da luz verde de Bruxelas e do Banco de Portugal

O primeiro-ministro anunciou a criação do Banco de Fomento e já tem um acordo prévio com a Comissão Europeia. No entanto, para que funcione como um banco, também precisa de luz verde do Banco de …

Procurador-geral admite que há uma separação entre polícia e afro-americanos

O procurador-geral norte-americano reconheceu, esta quinta-feira, a existência de uma separação entre afro-americanos e a polícia e prometeu uma investigação sem limites do Departamento da Justiça para saber se houve um crime federal no assassínio …

Ministério Público pede suspensão de funções de Mexia e Manso Neto na EDP

O Ministério Público pediu, esta sexta-feira, a suspensão de funções do presidente da EDP, António Mexia, e do administrador Manso Neto. A notícia é avançada pela SIC Notícias, que dá conta de que a promoção das …

Polícia australiana desmantela rede de pedofilia e resgata 14 vítimas

A polícia australiana anunciou esta sexta-feira que desmantelou uma rede de pedofilia que distribuía fotografias e vídeos de abuso sexual de crianças na Internet, tendo resgatado 14 das vítimas. De acordo com a agência Lusa, as …

Adiamento da reabertura em Lisboa pode levar centros comerciais à falência

A Associação Portuguesa de Centros Comerciais (APCC) alertou, esta sexta-feira, para a possibilidade de falências e desemprego em resultado da decisão do Governo de adiar a reabertura dos centros comerciais em Lisboa para 15 de …

Polícia empurra manifestante idoso em Buffalo. Vídeo causa indignação, mas protestos acalmam

Um vídeo gravado na cidade norte-americana de Buffalo, que mostra aquilo que parece ser um polícia a empurrar um manifestante idoso e a deixá-lo no chão a sangrar, aumentou esta quinta-feira a contestação contra a …

Cartão do Cidadão pode ser renovado por SMS a partir de 6 Junho

A renovação simplificada do Cartão de Cidadão por SMS vai estar disponível a partir de dia 6 de Junho, segunda uma nota do Ministério da Justiça (MJ). A medida envolve apenas as pessoas que não …

Na Suécia, quem tem sintomas de covid-19 pode fazer o teste gratuitamente

A Suécia vai fornecer testes de diagnóstico à covid-19 gratuitos a todas as pessoas que apresentem sintomas e realizar o rastreamento de contactos de todos os que estão infetados.  O anúncio surgiu esta quinta-feira, no mesmo …

Índia regista recorde de infetados com covid-19. Quase dez mil num só dia

A Índia registou outro recorde de novos casos de coronavírus, mais de 9.800 nas últimas 24 horas, período em que se contabilizaram 270 mortes, informou esta sexta-feira o Ministério da Saúde. A Índia regista agora 226.770 …

Países Baixos vão abater mais de 10 mil visons após suspeita de transmissão

As autoridades holandesas ordenaram o abate, a partir desta sexta-feira, de mais de 10 mil visons em unidades que fazem criação, depois da suspeita de transmissão do novo coronavírus a pessoas. No passado dia 28 de …