Jovem que terá esfaqueado adeptos do Sporting em Guimarães acusado de homicídio

maveric2003 / Wikimedia

O Ministério Público acusou de homicídio qualificado, na forma tentada, um jovem de 20 anos suspeito de esfaquear, em Guimarães, dois adeptos do Sporting, no final de um jogo de futebol, a 1 de novembro de 2014.

Segundo a acusação, a que a Lusa teve acesso esta quinta-feira, o arguido vai ainda responder por três crimes de ofensa à integridade física qualificada e por um crime de detenção de arma proibida.

No mesmo processo, é também arguido um jovem de 18 anos, acusado de quatro crimes de ofensa à integridade física qualificada.

Os factos remontam à noite de 1 de novembro, no final do jogo de futebol entre o Vitória de Guimarães e o Sporting, para a 9ª jornada da I Liga, que a equipa minhota venceu por três bolas a zero.

De acordo com a acusação, quatro adeptos do Sporting, oriundos de Mirandela foram abordados, na rua, pelos dois arguidos, que envergavam bonés e casacos alusivos ao Vitória de Guimarães e que estavam acompanhados por mais “6 a 7” pessoas, que as autoridades não conseguiram identificar.

Os ofendidos foram agredidos com socos e pontapés, mas dois conseguiram entretanto fugir do local, enquanto os outros dois ficaram “cercados” pelos agressores.

Um dos arguidos sacou de uma navalha de 8,5 centímetros, de abertura automática mediante mecanismo de mola, e deu uma navalhada no tórax a um dos ofendidos e duas numa omoplata a outro.

Mesmo depois de os ofendidos estarem no chão a sangrar, os arguidos “continuaram a dar-lhes socos e pontapés”, só abandonando o local após terem sido avisados de que a polícia estava a chegar.

A acusação de homicídio qualificado, na forma tentada, refere-se ao caso do adepto que foi esfaqueado no tórax, já que se trata de uma zona do corpo “que aloja órgãos vitais”.

O arguido “previu que poderia matar, resultado com o qual se conformou e quis”, refere a acusação, sublinhando que a navalha utilizada era “um meio especialmente idóneo” para provocar lesões graves.

O Ministério Público sublinhou que os arguidos agiram “de forma inesperada, sem qualquer provocação e impulsionados por motivo fútil”, traduzido “na mera disputa clubística”.

O arguido acusado de desferir as navalhadas está a aguardar julgamento em prisão domiciliária, com vigilância eletrónica.

O seu advogado, Pedro Carvalho, disse à Lusa que está a analisar a acusação, sublinhando que a estratégia da defesa poderá passar por requerer a instrução.

“Já esperávamos uma acusação por homicídio na forma tentada, apesar de ser, quanto a nós, manifesto que não existiu intenção de matar. Mas em Portugal, sempre que há uma agressão com arma e lesões corporais, o Ministério Público entende sempre haver uma tentativa de homicídio”, referiu.

Pedro Carvalho disse ainda esperar “que não haja pressão dos dirigentes desportivos, como se verificou lamentavelmente no início do processo, porque estão a ser julgadas pessoas e não clubes, e quer as vítimas, quer os agressores merecem um julgamento justo, não mediatizado ou politizado”.

“Os dirigentes desportivos devem dar o exemplo e absterem-se de discursos inflamados e quezílias, preocupando-se em apenas vencer jogos dentro das quatro linhas e em combater a violência verbal ou física no desporto e não incentivar a mesma”, rematou.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Claro que o menino não queria fazer mal ao espetar a navalha. Devia era apanhar 25 anos juntamente com o monte de m…. do advogado que ainda acha que tem razao

Eleições em Moçambique. Dados preliminares dão vitória a Nyusi

Segundo as projeções de resultados da Sala da Paz, de acordo com valores “preliminares” baseados na leitura dos editais pelos seus observadores, o atual Presidente moçambicano e candidato da Frelimo, Filipe Nyusi, terá sido reeleito …

"Quem acusou Sócrates tem de provar. Se não provar tem de ser punido"

O ex-Presidente brasileiro, Lula da Silva, defende punição de procuradores da Operação Marquês, caso a acusação contra José Sócrates seja arquivada. Esta terça-feira, em entrevista à RTP, Lula da Silva defendeu a punição dos procuradores que …

Na Saúde, Warren torna-se alvo de ataques. Mas o foco é "derrotar Trump"

O maior debate televisivo para umas eleições primárias na história dos EUA juntou 12 candidatos num só palco. Foi o primeiro debate para o qual o ex-vice-Presidente Joe Biden não partiu com vantagem, tendo a …

Trump sugere que os mexicanos são uma ameaça terrorista maior do que o Daesh

O Presidente Donald Trump sugeriu que os mexicanos são uma ameaça muito maior do que o Daesh. Respondendo uma vez mais às críticas sobre ter retirado as tropas dos Estados Unidos (EUA) junto à fronteira …

Grécia. Incêndio em campo de refugiados deixa 600 pessoas sem alojamento

Um incêndio no campo de identificação e registo de migrantes de Vathy, na ilha grega de Samos, deixou 600 refugiados sem alojamento, alertou na terça-feira a organização não-governamental (ONG) Médicos Sem Fronteiras (MSF). "Em Vathy, seis …

Lista candidata à Ordem dos Enfermeiros excluída por ter poucos homens

Uma das listas candidatas às eleições para a Ordem dos Enfermeiros foi excluída por ter poucos homens. A comissão eleitoral nomeada explica que a lista não respeita a lei da paridade, aprovada pela Assembleia da …

“É a desilusão”. PSD queria novos ministros na Saúde, Educação e Justiça

  O PSD defendeu esta quarta-feira que "não há um novo Governo", mas "uma remodelação com alargamento", com um executivo aumentado e "mais partidário", considerando "uma desilusão" a continuidade em pastas como Saúde, Educação e Justiça. "Não …

Dobradinha poderá render 1,6 milhões de euros a Bruno Lage

Caso consiga alcançar a dobradinha, isto é, vencer o campeonato e a Taça de Portugal, o treinador do Benfica, Bruno Lage, receberá em prémios cerca de 1,6 milhões de euros brutos, avança a imprensa desportiva. A …

Lisboa aumenta seis vezes IMI de prédios devolutos nos centros

A Câmara de Lisboa vai aumentar, em 2020, seis vezes a taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) para os prédios devolutos nas zonas de maior pressão urbanística, anunciou esta quarta-feira o vereador das Finanças, …

Polícia entrou na federação de futebol da Bulgária e deteve cinco pessoas

Já depois de Borislav Mihailov se ter demitido da presidência da federação da Bulgária, uma unidade da estrutura policial que luta contra o crime organizado no país entrou esta terça-feira na sede da federação, em …