Jovem cientista procura sinais extraterrestres em estrela peculiar

A estrela Boyajian, também conhecida como Tabby ou KIC 8462852, ficou popular em 2015, quando o seu estranho comportamento levou alguns cientistas a considerá-la uma possível megaestrutura alienígena, uma vez que o seu brilho parecia aumentar e diminuir com o tempo.

Desde então, vários telescópios têm observado o comportamento da estrela para melhor compreender o que está a acontecer por lá.

Quem também se apaixonou por esta estrela peculiar foi o jovem David Lipman, que em 2015, e com apenas 15 anos, começou a analisar dados públicos oferecidos pelo telescópio APF (Automated Planet Finder), do observatório Lich, na Califórnia, nos Estados Unidos.

Na época, Lipman estava no terceiro ano do Ensino Secundário, e decidiu estudar a estrela como parte de um projeto de Ciências da escola. Os dados a que o jovem adolescente teve acesso são parte da investigação Breaktrought Listen, que procura sinais de rádio e transmissões de laser em várias galáxias para tentar encontrar vida inteligente.

“Escrevi um algoritmo que analisa todos os espectros que o Breaktrough Listen já gravou. Estou a procura de sinais laser de candidatos”, explicou David Lipman em entrevista no Lich. O seu trabalho acabou por chamar à atenção dos cientistas da área, sendo o jovem convidado para estagiar durante as férias de verão no Breaktrough Listen.

“[David] ficou rapidamente familiarizado com muitos dos materiais da base, ao ponto da equipa conseguir conversar com ele num nível altamente técnico sobre o trabalho que estava a desenvoler”, elogiou o cientista Steve Croft, da Universidade da Califórnia.

“A maioria dos alunos da idade do David que trabalha com problemas de Ciência está a lidar com questões em que a resposta correta está na última página do livro. Em comparação, David está a fazer uma pesquisa original que nos está a ajudar a avançar na nossa capacidade de responder a uma das maiores questões da Ciência: estamos sozinhos no universo?”, explicou.

David procurou por qualquer sinal de laser que poderia indicar uma comunicação entre extraterrestres ou propulsores de naves. Por enquanto, não há nenhum sinal de vida alienígena por lá, mas os resultados do seu trabalho, realizado em colaboração com outros cientistas, foram aceite para publicação na revista científica Publications of the Astronomical Society of the Pacific e estão disponíveis em pré-visualização no arXiv.org.

Atualmente, David Lipman está no primeiro ano do Ensino Superior, na Universidade Princeton. O jovem pensa formar-se em Física, demonstrando grande interesse em machine learning e em redes neuronais artificiais.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Virgin Galactic abre as portas do primeiro aeroporto espacial do mundo

A empresa norte-americana Virgin Galactic, do bilionário Richard Branson, está a preparar o primeiro aeroporto espacial comercial do mundo, tendo revelado esta semana algumas das imagens daquelas que vão ser as instalações. O aeroporto, localizado …

A Internet está a regar esta planta há três anos

A comunidade online do Reddit tem tratado de uma planta durante três anos. Os utilizadores escolhem diariamente se a planta de ou não ser regada. Tudo começou com uma pequena brincadeira no Reddit, um dos maiores …

O pulmão de um chinês colapsou (e a culpa foi do karaoke)

O pulmão de um homem de 65 anos, na China, colapsou após ter tentado atingir uma nota alta durante uma intensa sessão de karaoke. O homem, residente em Nanchang, na província de Jiangxi, teria estado a …

"Emergência nacional". Deputados pedem a Boris que convoque imediatamente o Parlamento

Mais de 100 deputados britânicos pediram, numa carta divulgada este domingo, ao primeiro-ministro Boris Johnson para convocar imediatamente o Parlamento e voltar a debater o Brexit. As férias de verão do Parlamento terminam normalmente a 03 …

Rambo Luso. Há um português a viver na selva venezuelana há 25 anos

Há 25 anos que o português António Pestana Drumond realiza expedições às regiões de selva do Delta Amacuro e do Parque Nacional Canaima, leste da Venezuela, onde é conhecido pelos indígenas locais como o Rambo …

Já é possível saber se alguém está a mentir. Basta olhar nos olhos

Os olhos não mentem. Pelo menos é o que acham os investigadores da Universidade de Stirling, na Escócia, que criaram uma prova que diz se a pessoa está a mentir ou não com a monitorização …

NASA detetou (e mediu) o primeiro choque interplanetário

A Multiscale Magnetospheric Mission (MMS) da agência espacial norte-americana conseguir fazer as primeiras medições de um choque interplanetário. Em comunicado, a NASA explica que os choques interplanetários são um tipo de choque sem colisão, no …

Quem ganhou a Segunda Guerra Mundial? Aliados e Eixo dizem que foram eles próprios

Em média, tanto os cidadãos de países dos Aliados como cidadãos de países do Eixo dizem que foram eles mesmos os vencedores da Segunda Guerra Mundial. Se perguntarmos a qualquer um dos poucos veteranos remanescentes da …

Norte-americano passou 30 anos na prisão por erro. Vai ser indemnizado em 10 milhões

Um norte-americano que há 30 anos foi erradamente condenado a 57 anos de prisão por violação e roubo vai agora receber uma indemnização de quase 10 milhões de dólares, avança o jornal New York Post. …

O Pólo Norte está a ser atingido por relâmpagos (e isso não é normal)

Uma tempestade perto do Pólo Norte pode não parecer a maior preocupação, tendo em conta o rápido aquecimento do Ártico. Mas é mais um sinal de que o Ártico continua a ter um verão anormal. A …