Jovem cientista procura sinais extraterrestres em estrela peculiar

A estrela Boyajian, também conhecida como Tabby ou KIC 8462852, ficou popular em 2015, quando o seu estranho comportamento levou alguns cientistas a considerá-la uma possível megaestrutura alienígena, uma vez que o seu brilho parecia aumentar e diminuir com o tempo.

Desde então, vários telescópios têm observado o comportamento da estrela para melhor compreender o que está a acontecer por lá.

Quem também se apaixonou por esta estrela peculiar foi o jovem David Lipman, que em 2015, e com apenas 15 anos, começou a analisar dados públicos oferecidos pelo telescópio APF (Automated Planet Finder), do observatório Lich, na Califórnia, nos Estados Unidos.

Na época, Lipman estava no terceiro ano do Ensino Secundário, e decidiu estudar a estrela como parte de um projeto de Ciências da escola. Os dados a que o jovem adolescente teve acesso são parte da investigação Breaktrought Listen, que procura sinais de rádio e transmissões de laser em várias galáxias para tentar encontrar vida inteligente.

“Escrevi um algoritmo que analisa todos os espectros que o Breaktrough Listen já gravou. Estou a procura de sinais laser de candidatos”, explicou David Lipman em entrevista no Lich. O seu trabalho acabou por chamar à atenção dos cientistas da área, sendo o jovem convidado para estagiar durante as férias de verão no Breaktrough Listen.

“[David] ficou rapidamente familiarizado com muitos dos materiais da base, ao ponto da equipa conseguir conversar com ele num nível altamente técnico sobre o trabalho que estava a desenvoler”, elogiou o cientista Steve Croft, da Universidade da Califórnia.

“A maioria dos alunos da idade do David que trabalha com problemas de Ciência está a lidar com questões em que a resposta correta está na última página do livro. Em comparação, David está a fazer uma pesquisa original que nos está a ajudar a avançar na nossa capacidade de responder a uma das maiores questões da Ciência: estamos sozinhos no universo?”, explicou.

David procurou por qualquer sinal de laser que poderia indicar uma comunicação entre extraterrestres ou propulsores de naves. Por enquanto, não há nenhum sinal de vida alienígena por lá, mas os resultados do seu trabalho, realizado em colaboração com outros cientistas, foram aceite para publicação na revista científica Publications of the Astronomical Society of the Pacific e estão disponíveis em pré-visualização no arXiv.org.

Atualmente, David Lipman está no primeiro ano do Ensino Superior, na Universidade Princeton. O jovem pensa formar-se em Física, demonstrando grande interesse em machine learning e em redes neuronais artificiais.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Afinal comer um ovo por dia é mau outra vez

Afinal, comer um ovo por dia não é assim tão bom para a saúde como estudos recentes sugeriam. O maior consumo de ovos e colesterol pode aumentar o risco de doenças cardíacas e de morte …

Na Colômbia, há um "arco-íris líquido" que é descrito como a 8ª maravilha do mundo

Escondido nos confins da Serra da Macarena, na Colômbia, está o rio Caño Cristales. De dezembro a maio, o curso de água é como outro qualquer, apesar de estar rodeado de um dos ecossistemas mais …

Com uma nova interface neural, a telepatia já é possível

Uma equipa internacional de cientistas deu um passo adiante no desenvolvimento de interfaces neuronais para propor uma interface que envolve a transferência de informação entre as pessoas diretamente. As interfaces cérebro-computador podem melhorar as habilidades individuais …

Bombeiros profissionais ameaçam deixar de prestar serviço voluntário nas corporações

Os bombeiros voluntários das associações humanitárias admitem deixar de prestar serviço voluntário nas corporações, caso a Liga dos Bombeiros Portugueses continue por concluir o acordo coletivo de trabalho, que está em negociação há mais de …

Baleia encontrada morta nas Filipinas com 40 quilos de plástico no estômago

Uma baleia foi encontrada morta na sexta-feira, na costa sudeste das Filipinas, com 40 quilos de plástico no estômago, informou a imprensa local. O cetáceo, uma baleia-bicuda-de-cuvier, apareceu na sexta-feira à beira-mar no município de Mabini, …

Macron convoca reforços após novos confrontos de coletes amarelos

A nova manifestação de "coletes amarelos", no sábado, registou distúrbios violentos na capital francesa. Como resposta, o presidente francês Emmanuel Macron convocou um reforço das forças de segurança. O dia de sábado marcou mais um protesto …

Pedidos de nacionalidade portuguesa aumentaram 50% em dois anos

Nos últimos dois anos, o número de pedidos de nacionalidade portuguesa aumentou cerca de 50%, avança o jornal Público esta segunda-feira. Se em 2016 foram 117.629 os cidadãos estrangeiros que pediram a nacionalidade portuguesa, em 2018 …

Não há democracia na Coreia do Norte? "É uma opinião", diz Jerónimo

Jerónimo de Sousa evitou classificar o regime de Kim Jong-un em termos "de ser ou não ser" uma democracia. A Coreia do Norte é ou não uma democracia? "É uma opinião", respondeu Jerónimo de Sousa. Numa …

Afinal, o esparguete à bolonhesa não existe

Quando se trata de refeições italianas clássicas, a maioria das pessoas pensa em pratos simples como uma pizza Margherita, lasanha e esparguete à bolonhesa. Contudo, segundo Virginio Merola, presidente de Bolonha, em Itália, o esparguete à bolonhesa …

Javalis tomaram o lugar dos coelhos. "Muitos animais estão doentes"

Para já, não há perigo de saúde pública, mas os javalis carregam doenças que podem passar a outros animais. Se antes se matavam mil coelhos, abatem-se agora 10 javalis. Jacinto Amaro, presidente da Fencaça - Federação …