Jesus contra Jesus. Treinador português antecipa confronto entre “monstros” que criou

Alexandre Vidal / Flamengo

Em entrevista ao jornal Record, Jorge Jesus, que se sagrou recentemente campeão brasileiro e venceu a Libertadores, disse que o Flamengo é clube “único” e revelou que jogadores levaria do emblema carioca para um futuro desafio.

“O Flamengo é único! Podemos correr qualquer clube do Mundo, mas isto é uma paixão e um amor incrível. São muitos adeptos, cerca de 45 milhões, e tudo isso também me apaixonou e foi-me dando força para chegarmos a este momento”, disse, dando conta que o clube do Rio de Janeiro lhe abriu portas para um grande europeu.

“Eu sempre soube que tinha essa capacidade [de treinar o Flamengo], mas era preciso justificar isso com títulos. E o Flamengo abriu-me as portas de um grande europeu, e se eu tivesse continuado na Arábia Saudita ou no Sporting, não teria isso”.

Na mesma entrevista, esta sexta-feira divulgada pelo Record, Jorge Jesus conta ainda que a decisão de rumar para o Brasil foi tomada “contra tudo e todos”.

“Aquilo que me deixa orgulhoso é que, quando tomei esta opção, fui contra tudo e contra todos. Os meus amigos e o agente diziam que estava louco em ir para o Brasil e que ao fim de uma semana ia ser corrido como todos os treinadores brasileiros. Diziam ‘tens possibilidade de ir para Inglaterra’ – pois tinha essa hipótese – ‘como é que pões de parte um campeonato em que toda a gente quer entrar’ e hoje tenho a certeza de que o meu coração e a minha intuição escolheram o caminho certo”.

“Vim para o Brasil com um objetivo que passava por vencer a Libertadores, sabendo que se conseguisse vencer estaria no Mundial de Clubes. E também o campeonato brasileiro. Quando cheguei, tínhamos oito pontos de atraso, mas não se pode comparar com Portugal, porque o Brasileirão é muito competitivo e perdem-se pontos com facilidade, porque é um campeonato muito forte, dos mais equilibrados do mundo”.

Questionado sobre que jogadores levaria do Flamengo caso aceitasse um outro desafio, Jesus foi claro. “Esta equipa do Flamengo faz-me lembrar a equipa que tive no primeiro ano no Benfica. Uma equipa muito criativa e com muito talento”, disse.

“Eu tenho dois ou três jogadores que se calhar teria de levar… (…) Teria de ser o Gabigol e o Bruno Henrique, como é óbvio. E depois tenho um jogador que pensa muito à frente dos outros e que me faz lembrar o Nico Gaitán, que é o Arrascaeta. Portanto, o Flamengo tem jogadores com uma dimensão acima do que é normal”.

Jesus contra Jesus

Jesus reconhece a dificuldade de ganhar o Mundial de Clubes, apesar de frisar que quer vencer a competição. “Em termos de objetivo, é o mais difícil de alcançar. Porque vamos apanhar o Al Hilal ou o Espérance de Tunis, mas para mim os grandes favoritos são o Liverpool e depois é o Al Hilal e o Flamengo”.

“Os ingleses um pouco à parte, porque devem chegar à final e depois vão disputá-la connosco ou com o Al Hilal, disso não tenho dúvida nenhuma. (…) Tenho mais dificuldade em perceber o que pode acontecer com o Al Hilal do que com o Liverpool. Tem um treinador que também tem muito mérito pelo que está a fazer, mas aquela equipa foi feita toda por mim, tirando um central”.

É um pouco Jesus contra Jesus”, disse o técnico português, recordando que sentiu o mesmo quando estava no comando técnico do Sporting e teve de defrontar o Benfica.

“Até porque senti isso um pouco quando estava no Sporting frente ao Benfica. Tinha construído um monstro, em termos de qualidade, e estava a tentar derrubá-lo, mas isso não foi fácil. Em relação ao Al Hilal, é um pouco assim. Porque o Al Hilal foi uma equipa que eu montei, é um trabalho meu. Portanto, vamos ver como vai ser a meia-final. Claro que o Al Hilal ainda tem de garantir a passagem às meias-finais, mas acredito que isso vai acontecer. Vai ser um desafio difícil”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Acordo com Groundforce falha por acionista maioritário ter ações penhoradas

O acordo entre a TAP e a Pasogal, acionista da Groundforce, falhou, porque as ações do acionista já estão penhoradas e, assim, não podem ser dadas como garantia, disse à Lusa fonte oficial do Ministério …

Apenas 24 países têm mulheres no poder. Igualdade de género alcançado somente "em 130 anos"

Menos de 500 milhões de pessoas dos cerca de 7,8 mil milhões que constituem a população mundial têm atualmente uma mulher Presidente ou chefe de governo, avançou a ONU Mulher. "Ao ritmo atual, a igualdade de …

Império de Cristiano Ronaldo mudou-se para Portugal (na pista dos benefícios fiscais)

Após ter dissolvido a CRS Holding no Luxemburgo, Cristiano Ronaldo passou a sede de uma das suas principais empresas para Lisboa renomeando-a CR7 Lifestyle Unipessoal. Nesta altura, o craque já tem seis empresas instaladas em …

Coro de crianças na Alemanha compõe música de apoio a Portugal

Um coro com cerca de quatro dezenas de crianças, da cidade de Tecklenburg, na Alemanha, criou uma música para "dar conforto" aos portugueses durante a pandemia de covid-19. "Quando eu li nas notícias sobre a situação …

Pelo menos 6% das portuguesas já foram vítimas de agressão física ou sexual

No dia em que se assinala o Dia Internacional da Mulher, a Pordata compilou um conjunto de indicadores que retratam a situação da mulher, em Portugal e na União Europeia.  Segundo o Eurostat e a Agência …

PS exige "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro

As federações do PS de Aveiro, Coimbra, Guarda, Leiria, Oeste, Santarém e Viseu exigiram este domingo a "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro de Portugal (TCP) e a convocação de eleições …

“Opaco” e “mal estruturado”. Pilotos criticam plano de adesão voluntária da TAP

Esta segunda-feira, o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) definiu o programa de medidas voluntárias da TAP como “mal estruturado”, “absolutamente opaco” e com “deficiências de informação”. A direção de recursos humanos da companhia “revela-se …

"Bolsonaro pode estar a preparar guerra civil", temem politólogos

Politólogos ouvidos pelo DN temem que o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, possa estar a preparar uma guerra civil. "Deseja armar a população, confia em poderes paralelos e estimula a indisciplina dos escalões mais baixos …

PRR: PSD quer que Governo conheça todos os contributos entregues na consulta pública

O PSD pediu acesso esta segunda-feira, através do parlamento, à documentação relativa a todos os contributos decorrentes da consulta pública do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Num requerimento entregue segunda-feira no parlamento e dirigido ao …

Líder do Volt é candidato à Câmara de Lisboa

Tiago Matos Gomes anunciou a sua candidatura à Câmara Municipal de Lisboa. É a primeira vez que o Volt Portugal vai a votos. O líder do recém-criado Volt, Tiago Matos Gomes, é o cabeça de lista …