Já sabemos sobre o que conversam os orangotangos

James Askew / SOCP / EPA

Um novo estudo da Universidade de Exeter, em Inglaterra, desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos.

Os investigadores passaram dois anos a filmar mais de 600 horas de comportamento de orangotangos nas florestas de Bornéu, na Indonésia.

Os vídeos de 16 desses primatas levaram à catalogação de 1.299 sinais comunicativos, sendo 858 sinais vocais e 441 gestos.

Entre os sons que eles faziam estavam um “chiar de beijo” (um som agudo criado durante a inspiração), um “resmungo” (um som baixo de um ou dois segundos criado durante a inspiração) e um “beijo resmungado” (um chiar de beijo seguido de uma série de resmungos).

Já entre os gestos, os orangotangos acenavam, mostravam o lábio inferior, sacudiam objetos e “mostravam” uma parte do corpo.

Os orangotangos são animais muito comunicativos — os investigadores descobriram que eles respondem a interações em menos de um segundo em 90% das ocasiões. Como primatas pouco estudados, este novo estudo é particularmente importante porque os cientistas analisaram os animais no seu habitat natural e não num jardim zoológico.

Uma das descobertas mais interessantes foi que, enquanto os orangotangos preferem fazer gestos com as mãos em vez dos pés, eles usam mais os pés do que os chimpanzés na hora de comunicar, por exemplo.

Os cientistas também notaram que jovens orangotangos usavam principalmente gestos, enquanto os adultos usavam gestos e toques físicos com a mesma frequência. O toque era mais utilizado quando um animal queria comunicar com outro que não estava a prestar atenção.

Além disso, a comunicação vocal era mais comum quando o outro orangotango estava fora de vista. Um artigo sobre o estudo foi publicado em junho na revista científica International Journal of Primatology.

“Observamos orangotangos a usar sons e gestos para atingir oito objetivos diferentes — coisas que eles queriam que outro orangotango fizesse”, disse uma das autoras do estudo, Helen Morrogh-Bernard, fundadora do Bornean Nature Foundation (BNF).

Os objetivos passavam por adquirir um objeto, subir algo, subir para cima de si, subir para cima de outro orangotango, pedir para se afastar, diminuir a intensidade da brincadeira, continuar com a brincadeira e parar com alguma coisa.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Enquanto houver orangotangos podem ir fazendo esses estudos, pois certo estêrco indonésio vai fazendo com que desapareçam de vêz.

RESPONDER

Consumo excessivo de álcool afeta o sistema nervoso (e aumenta a ansiedade)

Investigadores do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde concluíram que o consumo repetitivo de álcool afeta diretamente células imunes do sistema nervoso central, que eliminam parte da comunicação entre os neurónios, e provoca o …

Afinal, os tubarões-baleia macho não são os maiores peixes dos oceanos

Um novo estudo revela que, afinal, os tubarões-baleia machos não são os maiores peixes do oceano. As fêmeas crescem continuamente muito depois de os machos pararem, atingindo tamanhos maiores - ainda que demorem mais tempo …

Exército norte-americano usou fundos de emergência covid-19 para comprar armas

O exército dos Estados Unidos utilizou fundos de emergência aprovados pelo Congresso especificamente para combater a covid-19 para comprar armas, denuncia esta semana o jornal norte-americano The Washington Post. O caso remonta a março passado, …

Carpinteiros usam técnica medieval na reconstrução de Notre Dame

A reconstrução de Notre Dame - que se prevê estar concluída no prazo de cinco anos - continua a avançar e os carpinteiros usaram técnicas medievais para erguer uma estrutura na fachada do monumento. A Catedral …

Durante um ano e meio, uma aldeia inteira perdeu a Internet todos os dias à mesma hora (e já se sabe porquê)

Durante 18 meses, os residentes de uma vila no País de Gales perderam a Internet todos os dias à mesma hora. Agora, engenheiros identificaram o motivo: uma televisão em segunda mão que emitia um sinal …

Gado na UE produz 704 milhões de toneladas de CO2 (mais do que todos os transportes juntos)

De acordo com uma nova análise da Greenpeace, animais de criação como vacas, porcos e outros, estão a emitir mais gases com efeito de estufa na Europa do que todos os transportes juntos. Na última década, …

É distraído e está sempre a perder a carteira? A Cashew Smart Wallet é para si

Uma simples carteira pode vir a melhorar os seus dias. A Cashew Smart Wallet é dotada de uma tecnologia de bluetooth que permite proteger os seus bens e ainda o ajuda caso a perca por …

Desportivo das Aves SAD desiste do Campeonato de Portugal

O Desportivo das Aves SAD vai abdicar da participação no Campeonato de Portugal (CdP), após ter falhado as negociações com o Perafita para utilizar as instalações do clube de Matosinhos. "As inscrições fechavam ontem [terça-feira] e …

Celebridades doam dinheiro para pagar dívidas a ex-presos impedidos de votar nos EUA

O bilionário Michael Bloomberg, o cantor John Legend e o basquetebolista LeBron James são algumas das celebridades que estão a doar dinheiro para pagar dívidas de ex-presidiários da Florida, impedidos de votar nas próximas eleições …

No debate sobre o Plano de Recuperação, evocou-se Sócrates e Passos

O líder do PSD questionou o primeiro-ministro se pretende "fomentar o desemprego" com o aumento do salário mínimo. O chefe do Governo manifestou-se "completamente perplexo". Na abertura do debate sobre o Plano de Recuperação e Resiliência, …