Novo governo diz que a Itália não pode ser “o campo de refugiados da Europa”

Angelo Carconi / EPA

O novo Ministro do Desenvolvimento Económico de Itália, Luigi Di Maio (e) com o Ministro do Interior, Matteo Salvini (c)

O novo Ministro do Interior italiano, Matteo Salvini, defendeu que a Itália não pode ser o “campo de refugiados” da Europa, considerando ser de “bom senso” limitar a chegada de migrantes.

“A Itália e a Sicília não podem ser o campo de refugiados da Europa”, insistiu o novo ministro Matteo Salvini, líder da Liga, de extrema-direita, partido que, juntamente com o Movimento 5 Estrelas M5S, anti-sistema, do novo Ministro do Desenvolvimento Económico de Itália, Luigi Di Maio, apoiam o Governo liderado por Giuseppe Conte.

Os bons tempos para os clandestinos chegaram ao fim: preparem-se para fazer as malas”, avisou Matteo Salvini, considerando que o novo Governo de Itália “não tem uma posição de força” contra a imigração, “mas sim de bom senso”.

O novo ministro de extrema-direita falava em frente ao centro de receção de migrantes de Pozzallo, um porto na ponta sul da Sicília, que está na linha de frente do apoio a migrantes. É principalmente neste porto e nos do leste da Sicília que os navios militares e humanitários com migrantes resgatados ao largo da costa da Líbia chegam.

Os ministros da Administração Interna da União Europeia devem discutir, numa reunião que decorre na terça-feira no Luxemburgo, a revisão da regra que exige que os migrantes chegados a Itália sejam registados no país e não possam solicitar asilo em outros países europeus.

Matteo Salvini não estará na reunião, estando prevista a aprovação da moção de confiança ao Governo italiano, mas também já anunciou que se vai opor à reforma em curso, que considera “condenar” os países do Mediterrâneo.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Se as pessoas são “todas iguais” porque é que nos países dominados por latinos e africanos é só crime fome e miséria? Porque é que o México, por exemplo, não é tão rico como os EUA? Na África e nos países sul-americanos só sabem fazer filhos para mandar para a Europa e para os EUA.

  2. Se as pessoas são “todas iguais” porque é que nos países dominados por latinos e africanos é só crime fome e miséria? Porque é que o México, por exemplo, não é tão rico como os EUA? Na África e nos países sul-americanos só sabem fazer filhos para mandar para a Europa e para os EUA.
    Se em vez de fazer filhos fossem trabalhar…

  3. Se as pessoas são “todas iguais” porque é que nos países dominados por latinos e africanos é só crime fome e miséria? Porque é que o México, por exemplo, não é tão rico como os EUA? Na África e nos países sul-americanos só sabem fazer filhos para mandar para a Europa e para os EUA.
    Se em vez de fazer filhos fossem trabalhar…

RESPONDER

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …

Neymar prolonga contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

O avançado internacional brasileiro Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 30 de junho de 2025, informou hoje o tricampeão francês e vice-campeão europeu de futebol. “O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que …

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …

SOS Rio Paiva pede que se limite o número de visitantes à ponte e Passadiços do Paiva

A associação SOS Rio Paiva manifestou-se preocupada com o aumento da pressão turística e com a poluição, na sequência da inauguração da ponte suspensa em Arouca, e pediu que se limite o número de visitantes. A …

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo, caso este ainda esteja associado a contas em sites ou redes sociais. Embora milhões de números de telemóvel sejam desconectados todos os anos, um novo …

Ataque à bomba contra escola feminina em Cabul faz 30 mortos e 79 feridos

A explosão de uma bomba junto a uma escola secundária para raparigas na zona ocidental de Cabul fez hoje pelo menos 30 mortos e 79 feridos, segundo um novo balanço feito pelas autoridades afegãs. “O número …

Tamám Shud. Exumação de corpo pode resolver um estranho mistério com 70 anos

As autoridades da Austrália aprovaram uma exumação do corpo de Tamám Shud - ou "Homem de Somerton" - e, em breve, o mistério de 70 anos pode estar resolvido. Em 30 de novembro de 1948, vários …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Vacinação no bom caminho com 25% da população da UE vacina

A Comissão Europeia anunciou este sábado que 200 milhões de doses de vacinas anticovid-19 chegaram já à União Europeia (UE) e 160 milhões de europeus já receberem a primeira dose, levando a que a vacinação …