Itália tem até terça-feira para formar novo Governo

Presidenza della Repubblica / Wikimedia

Sergio Mattarella, Presidente de Itália

O Presidente de Itália disse esta quinta-feira, após consultas com os partidos, que há uma maioria parlamentar disposta a formar um novo Governo, pelo que vai permitir estas negociações e convocará novamente os partidos na próxima terça.

“Foi-me comunicado por parte de alguns partidos políticos que começaram negociações para formar outro Governo” de maioria parlamentar, referiu Sergio Mattarella, esclarecendo que lhe foi pedido tempo para desenvolverem essas negociações.

Em conferência de imprensa, em Roma, o chefe de Estado italiano salientou ser seu dever “não evitar a vontade maioritária do Parlamento”, além de que, ao mesmo tempo, tem “o dever de pedir, no interesse do país, soluções rápidas”.

“Convoquei uma nova ronda de consultas que começará na próxima terça-feira para ouvir, de novo, os partidos e tomar as decisões necessárias”, adiantou.

Ontem, o líder do movimento 5 Estrelas (M5S, antissistema), Luigi di Maio, disse estar pronto para negociar “uma maioria sólida” no Parlamento e evitar eleições antecipadas.

“Nestas últimas horas, lançámos todas as conversações necessárias para encontrar uma maioria sólida ao serviço dos cidadãos”, disse Di Maio à imprensa depois de ser recebido pelo Presidente italiano.

Di Maio não nomeou nenhum partido com o qual admita vir a formar uma tal maioria, embora já tenha sido anunciado que o M5S está em conversações com os socialistas do Partido Democrático (PD, centro-esquerda), de Nicola Zingaretti.

Os dois partidos iniciaram já conversações, que se adivinham difíceis dadas as cinco condições prévias colocadas pelos socialistas: a “pertença leal” à União Europeia, o “pleno reconhecimento” da democracia representativa e da centralidade do Parlamento, o desenvolvimento assente na sustentabilidade ambiental, uma mudança na gestão dos fluxos migratórios e uma viragem na política económica para aumentar o investimento. Juntos, o PD e o M5S têm a maioria na Câmara dos Deputados (327 em 630).

Depois da audiência com Mattarella, Nicola Zingaretti afirmou que a ideia não é “um Governo a qualquer preço”, mas “um Governo de mudança, uma alternativa à direita, com um programa novo e sólido e uma maioria ampla e duradoura no Parlamento”.

O governo de coligação entre a Liga e o Movimento 5 Estrelas foi dado como findo na semana passada por Matteo Salvini, vice-primeiro-ministro e ministro do Interior, ao fim de 14 meses de coexistência difícil.

Segundo a maioria dos analistas, Salvini planeava forçar a antecipação das eleições para aproveitar o recorde de popularidade de que goza em Itália (36%-38%), sobretudo depois de a Liga ter sido o partido mais votado nas eleições europeias de maio, em que obteve 34% dos votos, contra 17% nas legislativas de março de 2018.

Salvini, que provocou o fim da coligação e apresentou uma moção de censura ao primeiro-ministro Giuseppe Conte, afirmou aos jornalistas depois da audiência com o Presidente que admite reconciliar-se com o 5 Estrelas, “sem rancores”.

“Se alguém dos que sempre disseram ‘não’ agora diz que sim, então formemos uma equipa, tenhamos um objetivo, construamos, façamos coisas boas pelo país. Não guardo rancor, olho para o futuro”, disse.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Michael Vang. Passou despercebido por Portugal, mas carrega os sonhos de toda uma etnia

Michael Vang é dos pouquíssimos jogadores de origem Hmong a jogar futebol profissionalmente. Agora nos Estados Unidos, o jovem teve uma passagem apagada por Portugal. Os Hmong são um grupo étnico asiático originário das regiões montanhosas …

Há pessoas sem a parte olfativa do cérebro que conseguem cheirar (e cientistas não sabem porquê)

Cientistas encontraram casos em que as pessoas não tinham bulbo olfativo, a parte do cérebro responsável pelo olfato, mas mesmo assim conseguiam cheirar. Anosmia consiste na perda total ou parcial do olfato e esta é uma …

Cientistas detetam estranhos movimentos de gás na Via Láctea (em redor de algo "invisível")

Os astrónomos detetaram movimentos de nuvens de gás incomuns perto do centro da Via Láctea, que podem sugerir a presença de um desconhecido buraco negro de classe intermediária. Os investigadores que rastrearam os gases no centro …

Hackers podem facilmente piratear satélites (e transformá-los em armas)

Piratear satélites pode não ser assim tão complicado quanto pensamos. Os hackers podem simplesmente desligá-los ou até mesmo usá-los como armas. No mês passado, a SpaceX tornou-se a operadora da maior constelação de satélites ativos do …

Gelo a cair num buraco faz barulhos estranhos (e parece uma batalha de lasers)

Alguma vez pensou o que se ouve quando deixamos cair gelo num buraco gelado profundo? Já não precisamos de pensar mais - e já podemos ouvir. O vídeo do pedaço de gelo a cair num buraco …

Tribunal recusa exumar corpo. Rosa Grilo conhece sentença a 3 de março

A leitura do acórdão no processo do homicídio do triatleta ficou agendada, esta terça-feira, para o dia 3 de março. De acordo com o Diário de Notícias, a defesa de Rosa Grilo pediu a exumação do …

Revelados documentos que provam a investigação de OVNIs por parte do Pentágono

Documentos recentemente divulgados mostram que o Departamento de Defesa dos Estados Unidos (EUA) financiou estudos sobre Objetos Voadores Não Identificados (OVNI's), contradizendo declarações recentes do Pentágono. Em 2017, o New York Times revelou a existência de …

"Nem sei onde é Alcochete". Pinto da Costa ouvido como testemunha de Bruno de Carvalho

O presidente do FC Porto foi ouvido, esta terça-feira, como uma das testemunhas do ex-dirigente leonino no julgamento da invasão à academia do Sporting, em Alcochete, que está a decorrer no tribunal de Monsanto, em …

A nova obra de Banksy só durou dois dias

A nova obra do artista britânico Banksy, que apareceu na véspera do Dia dos Namorados em Bristol, foi coberta por um grafite cor-de-rosa dois dias depois. A imagem de uma menina a atirar flores vermelhas com uma …

Mais de cem médicos assinam carta a exigir fim da "tortura" de Assange

Mais de cem médicos assinaram uma carta, divulgada esta terça-feira, na qual pedem que o fundador do Wikileaks receba tratamento médico adequado.  Através de uma carta publicada, esta terça-feira, na revista científica The Lancet, mais de uma …