Itália tem até terça-feira para formar novo Governo

Presidenza della Repubblica / Wikimedia

Sergio Mattarella, Presidente de Itália

O Presidente de Itália disse esta quinta-feira, após consultas com os partidos, que há uma maioria parlamentar disposta a formar um novo Governo, pelo que vai permitir estas negociações e convocará novamente os partidos na próxima terça.

“Foi-me comunicado por parte de alguns partidos políticos que começaram negociações para formar outro Governo” de maioria parlamentar, referiu Sergio Mattarella, esclarecendo que lhe foi pedido tempo para desenvolverem essas negociações.

Em conferência de imprensa, em Roma, o chefe de Estado italiano salientou ser seu dever “não evitar a vontade maioritária do Parlamento”, além de que, ao mesmo tempo, tem “o dever de pedir, no interesse do país, soluções rápidas”.

“Convoquei uma nova ronda de consultas que começará na próxima terça-feira para ouvir, de novo, os partidos e tomar as decisões necessárias”, adiantou.

Ontem, o líder do movimento 5 Estrelas (M5S, antissistema), Luigi di Maio, disse estar pronto para negociar “uma maioria sólida” no Parlamento e evitar eleições antecipadas.

“Nestas últimas horas, lançámos todas as conversações necessárias para encontrar uma maioria sólida ao serviço dos cidadãos”, disse Di Maio à imprensa depois de ser recebido pelo Presidente italiano.

Di Maio não nomeou nenhum partido com o qual admita vir a formar uma tal maioria, embora já tenha sido anunciado que o M5S está em conversações com os socialistas do Partido Democrático (PD, centro-esquerda), de Nicola Zingaretti.

Os dois partidos iniciaram já conversações, que se adivinham difíceis dadas as cinco condições prévias colocadas pelos socialistas: a “pertença leal” à União Europeia, o “pleno reconhecimento” da democracia representativa e da centralidade do Parlamento, o desenvolvimento assente na sustentabilidade ambiental, uma mudança na gestão dos fluxos migratórios e uma viragem na política económica para aumentar o investimento. Juntos, o PD e o M5S têm a maioria na Câmara dos Deputados (327 em 630).

Depois da audiência com Mattarella, Nicola Zingaretti afirmou que a ideia não é “um Governo a qualquer preço”, mas “um Governo de mudança, uma alternativa à direita, com um programa novo e sólido e uma maioria ampla e duradoura no Parlamento”.

O governo de coligação entre a Liga e o Movimento 5 Estrelas foi dado como findo na semana passada por Matteo Salvini, vice-primeiro-ministro e ministro do Interior, ao fim de 14 meses de coexistência difícil.

Segundo a maioria dos analistas, Salvini planeava forçar a antecipação das eleições para aproveitar o recorde de popularidade de que goza em Itália (36%-38%), sobretudo depois de a Liga ter sido o partido mais votado nas eleições europeias de maio, em que obteve 34% dos votos, contra 17% nas legislativas de março de 2018.

Salvini, que provocou o fim da coligação e apresentou uma moção de censura ao primeiro-ministro Giuseppe Conte, afirmou aos jornalistas depois da audiência com o Presidente que admite reconciliar-se com o 5 Estrelas, “sem rancores”.

“Se alguém dos que sempre disseram ‘não’ agora diz que sim, então formemos uma equipa, tenhamos um objetivo, construamos, façamos coisas boas pelo país. Não guardo rancor, olho para o futuro”, disse.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Detetada a estrela de neutrões mais massiva alguma vez encontrada

Observações com o telescópio Green Bank revelaram a estrela de neutrões mais massiva até ao momento, chamada J0740 + 6620. De acordo com a revista especializada Nature Astronomy, onde foi descrita a descoberta, é um pulsar …

Portugueses criam nanomateriais feitos de algas para despoluir água

De algas abundantes no litoral de Portugal, investigadores da Universidade de Aveiro extraíram biopolímeros capazes de remover alguns poluentes da água, como antibióticos ou herbicidas. Uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro (UA) demonstrou que …

O novo Oumuamua pode ter sido captado numa fotografia a cores

Os astrónomos do Observatório Gemini no Hawai tiraram a primeira fotografia do GB00234, agora rebatizado para C/2019 Q4 Borisov, um objeto que pode ser o segundo corpo celeste interestelar a entrar no Sistema Solar. A imagem …

Volkswagen revela o novo ID.3, "o carro elétrico do povo"

https://vimeo.com/360579859 No Salão Automóvel da Frankfurt, a Volkswagen revelou o novo ID.3, o seu primeiro carro elétrico. Com um preço "abaixo dos 30 mil euros", é tido como acessível para as massas. A revolução dos automóveis elétricos …

Benfica 1-2 Leipzig | Águias sem asas para o Leipzig

O Benfica arrancou a sua participação na fase de grupos da Liga dos Campeões 2019/20 da pior forma, com uma derrota caseira por 2-1. A formação “encarnada” recebeu o Leipzig e nunca conseguiu dominar o futebol …

A faca, o casaco, a secretária e outros objetos de Anthony Bourdain vão a leilão

Uma faca feita a partir de um meteorito, um casaco personalizado da marinha norte-americana e uma prensa para ossos de pato são três dos 215 objetos de Anthony Bourdain que vão ser colocados à venda …

Já vai poder dormir no castelo de "Downton Abbey" (mas com algumas condições)

O castelo de Highclere, que os fãs da série Downton Abbey conhecem como a casa da família ficional Crawley, está a receber hóspedes. O conde de Carnarvon resolveu abrir as portas a apenas dois convidados, a …

Tinder produz a sua primeira série de televisão (e é “apocalíptica”)

A aplicação de encontros Tinder já terminou as filmagens da sua primeira série de televisão no âmbito da intenção do seu proprietário, o Match Group, de aprofundar a criação de conteúdos originais. Fazer novos programas faz …

Sondagens à boca das urnas mostram empate técnico entre Netanyahu e Gantz

O primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu e Benny Gantz, antigo chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas que lidera a coligação centrista, estão numa situação de empate técnico nas primeiras sondagens à boca das urnas. Esta terça-feira, …

Dois youtubers detidos a tentar invadir a Área 51

Quatro dias antes do evento mundial, dois youtubers adiantaram-se e foram detidos na última terça-feira por tentarem invadir a Área 51, uma base militar secreta dos Estados Unidos. Ties Granzier e Govert Sweep, dois holandeses de …