Israel reduz a escombros duas escolas financiadas pela UE na Cisjordânia

As autoridades israelitas demoliram, no passado domingo, dois estabelecimentos de ensino financiados pela UE, na Cisjordânia ocupada. Os palestinianos acusam Israel de querer construir mais colonatos, enquanto os israelitas garantem que as escolas foram construídas de forma ilegal.

No passado domingo, o Estado hebraico demoliu mais duas escolas financiadas pela União Europeia na Cisjordânia ocupada. De acordo com a Euronews, Israel sustenta que ambos os estabelecimentos de ensino foram destinados à comunidade beduína construídos ilegalmente.

“Não nos querem deixar aprender. Cada vez que se constrói uma escola, chegam aqui e destroem-na” afirma o estudante Osama Younis à Euronews, expressando o cansaço vivido pelos alunos por esta não ser a primeira vez que destroem estabelecimentos de ensino.

Em comunicado citado pela Reuters, o coordenador do governo israelita para as questões relacionadas com os territórios ocupados referiu que a construção das duas escolas “foi feita sem as permissões necessárias”, acrescentando que a demolição terá sido aprovada pela Supremo Tribunal.

Shadi Othman, um dirigente europeu em Israel, afirma que esta decisão de Israel não caiu bem na União Europeia, sublinhando o facto de esta não ser a primeira vez que Israel destrói projeto levados a cabo pela UE a fim de promover o bem estar dos palestinianos.

“A União Europeia já exigiu a Israel, mais do que uma vez, que não destrua projetos que a União Europeia financiou com o objetivo de melhor as condições de vida dos palestinianos”, disse Shadi Othman.

O governador de Jerusalém Adnan Husseini admite que a localidade de Abu Nuwar, onde se situam as escolas, é uma área que “está na mira dos colonatos“. Para os palestinianos, esta é uma medida expansionista, de forma a que Israel consiga construir mais colonatos nos territórios ocupados.

O Serviço para a Coordenação de Assuntos Humanitários nas Nações Unidas (OCHA) garante que existem pelo menos 45 escolas nos territórios palestinianos que podem vir a ser demolidas pelas autoridades israelitas.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Como é possivel o mundo e particularmente a ONU n(para que serve???), permitem que israel faça estes actos criminosos??? Só porque tem o apoio dos eua, israel faz o que lhe apetece. Está na hora de o mundo ignorar os eua e agir contra israel, seja militarmente ou mesmo com um bloqueio ou sanções que isolem israel do mundo. Enquanto isso as forças palestinianas que são as unicas com coragem para combater o exercito criminoso e ocupante de israel, devem continuar a atacar objectivos israelitas mas com mais eficacia.

  2. Qualquer escola ou predio construídos para benefício dos árabes.lembrar que palestinos não existem, pela UE ou ONU, pode ser para outros fins, como guardar armas para terroristas. Já vimos no passado recente isso acontecer com o simbolo da gloriosa ONU. É bom lembrar disso sempre, apesar da midia tradicional servir aos interesses do islã. Acordem europeus. Chega de cinismo ou vcs já viraram um grande califado.

  3. é que os israelitas, falam sempre no holocausto, mas é exatamente a mesma coisa que eles fazem com os palestianos, claro que eles fazem ataques terroristas em israel , mas e se fosse cá e portugal ( nós Éramos os libaneses ) sem escolas, nem poder construilas, pois eles destroem, sem tomar banho, sem futuro filhos pais tudo, rodeados por quem os quer vêr mortos, só não o fazem porque os tempos são outros, eu era como eles, até ao Rockett pin kong eu me juntava, quem é os criminosos e racistas? sim os Judeus, como diz apoiados pelos americanos, e outros

  4. Parece que os europeus viraram mocinhas ou raparigas a serviço do islã. Eu descendo de lusitanos por todos os lados, mas vcs estão se descaracterizando como raça, deixando o islã tomar conta dessa região que foi reconquistada no passado remoto desse povo que prega o ódio à cultura ocidental e as outras religiões. Tudo sob a chancela da ONU, UE, Alemanha e França. Realmente é estarrecedor.

  5. Palestino tem origem filisteia, realmente o povo que esteve lá antes dos árabes provenientes do sul da Síria que vcs comunas chamam de palestinianos ou palestino. Se afunda no islã seu portuga espertinho. Em 25 a 30 anos vcs vão usar burca. Todos.

  6. Jonas o gênio da lâmpada do islã. Paslestina é uma expressão de origem filisteia, aquele povo que esteve naquela região e que tinha origem grega e não os árabes do sul da siria que vcs consideram palestiniano. Ok .

  7. Oh Jonas!!! Cê tá de sacanagem ou o atributo que dá ao Luiz se aplica neste caso?!!!! Guarde as suas opiniões e informe-se melhor. Não lhe fica nada mal e politicamente falando porque não vai para a Palestina e deixa o País em paz?!!! , Isso sim seria uma fantástica ideia!!

RESPONDER

Elisa Ferreira vai tutelar fundos distribuídos pelo marido. PE reunido para analisar "conflito de interesses"

A comissária portuguesa vai gerir a pasta que integra os fundos distribuídos pelo marido, presidente da CCDRN. Eurodeputados falam em conflito de interesses. A Comissão de Assuntos Jurídicos do Parlamento Europeu (PE) está reunida em Estrasburgo, …

​ERSE diz que "não tem capacidade" para analisar preço dos combustíveis

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) admitiu que não tem capacidade para analisar o preço dos combustíveis, afirmou a presidente do regulador, Cristina Portugal, em entrevista ao programa Hora da Verdade, da Renascença e …

Autarca de Amarante nega ter participado em viagem à Turquia

A Câmara de Amarante informou hoje que "nenhum autarca" do município participou numa viagem à Turquia, paga por uma empresa investigada pelo Ministério Público (MP). Em comunicado enviado ao ZAP, a câmara refere que o presidente …

Primeiros humanos talhavam elefantes com ferramenta de 5 centímetros

Retirar o máximo de carne possível de uma carcaça era algo importante há milhares de anos atrás. Para um melhor aproveitamento, eram usadas lâminas de apenas cinco centímetros, que os arqueólogos ignoraram até agora. Normalmente, ao …

Trudeau pediu desculpa por ter escurecido tom de pele em festa em 2001

Em 2001, Justin Trudeau escureceu o tom de pele para um baile de máscaras. Agora, o primeiro-ministro do Canadá reconhece que não o devia ter feito. O primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, disse esta quinta-feira que "lamenta …

Práticas da EDP Produção custaram 140 milhões de euros aos consumidores

As práticas da EDP Produção no mercado que levaram a Autoridade da Concorrência a aplicar uma multa de 48 milhões de euros terão custado 140 milhões de euros aos consumidores, adiantou o regulador. "Estima-se que a …

Dragões de Komodo têm uma "armadura" debaixo da pele

Um novo estudo mostra que debaixo da sua pele escamosa, os dragões de Komodo estão quase todos cobertos por uma armadura de pequenos ossos. Os dragões de Komodo (Varanus komodoensis) são conhecidos por serem fortes, rápidos …

Venda de João Félix vai ter impacto de 100 milhões de euros nas contas do Benfica em 2020

A venda de João Félix ao Atlético Madrid vai ter um impacto na ordem dos 100 milhões nos resultados do Benfica no próximo exercício (2019/20). "A venda do João Félix vai ter influência no exercício 2019/20, …

Pelo menos 15 mortos e 70 feridos em atentado no sul do Afeganistão

Pelo menos 15 pessoas morreram e 70 ficaram feridas, esta quinta-feira, num atentado ao lado de um hospital na cidade de Qalat, no sul do Afeganistão. O ataque ocorreu cerca das 06h00 desta quinta-feira (03h00 em Lisboa), …

Justiça absolve ex-responsáveis da operadora da central nuclear de Fukushima

Um tribunal japonês absolveu, esta quinta-feira, três antigos responsáveis da operadora da central japonesa de Fukushima, que estavam acusados de não terem tomado as medidas necessárias para evitar o desastre nuclear. O tribunal distrital de Tóquio …