Israel não negociará “debaixo de fogo” e mantém Operação Margem Protetora

GPO / Israel

Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e a mulher, Sara

Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e a mulher, Sara

O primeiro-ministro de Israel, Benjamim Netanyahu, afirmou este domingo que a operação “Margem Protetora” continuará até que os israelitas tenham “calma” e assegurou aos seus ministros que não negociará “debaixo de fogo”.

“A Operação Margem Protetora continua. Não dissemos que tinha acabado em momento algum e continuará até alcançar o objetivo”, disse Netanyahu, no início da reunião semanal do Conselho de Ministros, a decorrer hoje no Ministério da Defesa, em Telavive.

Netanyahu, que tem sido pressionado pela ala mais conservadora do governo para que retome as operações terrestres e derrube a força militar do governo do Hamas, referiu que “levará algum tempo” até que a calma volte a Israel.

Israel lançou uma ofensiva militar, a 8 de julho, que já causou a morte de mais de 1.900 palestinianos e 67 israelitas, ainda que na segunda-feira passada tenha terminado a fase terrestre, aceitando um cessar-fogo humanitário de 72 horas, a pedido do Egito, que terminou na sexta-feira.

Desde então, as partes voltaram a envolver-se em conflitos, enquanto o governo egípcio tenta que israelitas e palestinianos cheguem a acordo.

Na sexta-feira, pouco antes do fim do cessar-fogo, Israel retirou a sua delegação do Cairo, embora os contactos com a delegação palestiniana tenham continuado até hoje na capital egípcia.

Netanyahu, que está em contacto permanente com o Egito, assegurou que o governo “não negociará sob fogo” e atuará para “mudar a situação de modo a que a situação volte à calma”.

A partir do Cairo, o dirigente do movimento Al Fatah, Azam al Ahmed, que chefia a delegação palestiniana, anunciou hoje que abandonará o Egito caso os israelitas não voltem às negociações.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Novo estudo diz que Remdesivir não tem "impacto significativo" nos doentes com covid-19

Ao contrário do que se pensava, o medicamento antiviral remdesivir não reduz as mortes entre os pacientes com covid-19, sobretudo quando comparado com o tratamento padrão, de acordo com os resultados de um estudo internacional. Em …

Bebés alimentados por biberões ingerem milhões de micro plásticos por dia, sugere estudo

Um novo estudo vem agora alertar para os perigos da puericultura moderna. De acordo com a pesquisa, os bebés que são alimentados com biberões engolem milhões de partículas de micro plástico por dia. Normalmente os biberões …

Cortaram a água nas instalações da Tesla na Alemanha. Havia contas por pagar

A empresa pública alemã WSE cortou (e já restabeleceu) o fornecimento de água nas instalações da Tesla em Grünheide, onde nascerá a primeira gigafactory europeia da empresa, devido à falta de pagamento das contas. Na semana …

Trabalhadores remotos estão a encher pequenas cidades (que agora têm os problemas das grandes)

A pandemia de covid-19 está a levar a um novo fenómeno: a migração para "comunidades de passagem" - pequenas cidades próximas a grandes terras e estações de esqui - à medida que mais pessoas começam …

EUA vão retirar Sudão da "lista negra" de países apoiantes do terrorismo

O Sudão vai ser retirado da lista de países apoiantes do terrorismo, anunciou na segunda-feira o Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, numa medida que permitirá ao país africano voltar a ter acesso a …

Trump testou positivo à covid-19 e Fauci não ficou nada surpreendido

Anthony Fauci, o principal especialista norte-americano em doenças infeciosas, revelou esta semana que não ficou nada surpreendido com o facto de o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter testado positivo à covid-19.  Em entrevista ao …

Benfica castigado com um jogo de interdição da Luz

O Benfica foi punido com um jogo de interdição do Estádio da Luz e uma multa de 10.200 euros pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), por apoio a claques não …

Homem muda a matrícula do carro para ficar "invisível", mas acaba com multas pendentes de 12 mil dólares

Um especialista em segurança cibernética norte-americano, conhecido como Droogie, trocou a matrícula do seu carro e pôs em prática um plano para tentar tornar o veículo indetetável nos leitores de matrículas e sistemas de bilhetes. …

Fenprof diz que já são mais de 330 as escolas com casos positivos

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) anunciou que já são mais de 330 as escolas em que confirmou existirem casos de covid-19 e acusou o Ministério da Educação de “esconder informação” solicitada a este propósito. Os …

Boeing 737 Max novamente seguro para voar, diz regulador europeu

O 737 Max da Boeing, avião suspenso desde março de 2019 devido a dois acidentes que resultaram na morte de 346 pessoas, é novamente seguro para voar, afirmou o diretor executivo da Agência Europeia para …