Isabel dos Santos tem de ser ouvida em Angola no processo-crime

Eneias Rodrigues / Lusa

A empresária angolana terá de comparecer em Angola para ser ouvida no âmbito do processo-crime de que é alvo, disse à agência Lusa, esta quinta-feira, o porta-voz da Procuradoria-Geral da República (PGR) angolana.

O processo-crime encontra-se ainda em fase de instrução preparatória, “decorrendo diligências investigativas”, pelo que está em segredo de justiça, afirmou Álvaro João.

A instrução preparatória, que corresponde à fase de inquérito em Portugal, consiste na fase processual dedicada à investigação e recolha de provas.

Ao contrário do que acontece no processo cível, em que Isabel dos Santos pode fazer-se representar pelos seus mandatários, no caso do processo-crime “terá de comparecer para ser ouvida” e responder às acusações que são feitas, explicou o porta-voz da PGR.

A empresária angolana reafirmou, esta quinta-feira, que foram usados documentos falsificados no processo cível que corre contra si em Angola, no âmbito do qual foi feito um arresto dos seus bens, e acrescentou que “desconhece o conteúdo” dos processos criminais, “mantido secreto até hoje”.

Questionado sobre o novo comunicado de Isabel dos Santos, Álvaro João disse que nada mais há a acrescentar em relação ao que a PGR respondeu e que todas as contestações devem ser apresentadas em tribunal.

A PGR garantiu que o pedido de arresto dos bens da empresária não se baseou no passaporte falsificado referido pela empresária, cuja autenticidade estava a ser investigada, mas em documentos que atestavam o receio de dissipação do património.

A ação do Estado angolano contra Isabel dos Santos, no âmbito do processo cível no qual o Estado reclama um crédito superior a mil milhões de dólares (925,7 milhões de euros), deu entrada a 2 de março no Tribunal Provincial de Luanda.

A ação dá seguimento ao arresto preventivo de contas bancárias e participações sociais da empresária Isabel dos Santos, do seu marido Sindika Dokolo e do gestor Mário Leite da Silva, decretado pelo Tribunal Provincial de Luanda, em dezembro.

A 31 de dezembro de 2019, o Tribunal Provincial de Luanda decretou o arresto preventivo das contas bancárias pessoais de Isabel dos Santos, de Sindika Dokolo e de Mário Leite da Silva, no Banco de Fomento Angola (BFA), Banco Internacional de Crédito (BIC), Banco Angolano de Investimentos (BAI) e Banco Económico, além das participações sociais que os três detêm enquanto beneficiários efetivos no BIC, Unitel, BFA e ZAP Media.

O despacho sentença proferido na altura dava como provada a existência de um crédito dos requeridos para com o Estado angolano num valor superior a mil milhões de dólares, dívida que os requeridos terão reconhecido, mas alegaram não ter condições para pagar, de acordo com o documento.

A filha do ex-Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, foi constituída arguida no âmbito de um outro processo por alegada “má gestão e desvio de fundos” enquanto presidente da companhia petrolífera estatal Sonangol. A empresária rejeitou todas as acusações e queixou-se de ser vítima de uma perseguição com motivações políticas.

O Consórcio Internacional de Jornalismo de Investigação revelou em 19 de janeiro mais de 715 mil ficheiros, sob o nome de ‘Luanda Leaks’, que detalham alegados esquemas financeiros de Isabel dos Santos e do marido que lhes terão permitido retirar dinheiro do erário público angolano através de paraísos fiscais.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Estalou o verniz no PS/Porto. Autarca de Paços de Ferreira recusa recandidatar-se com "este PS concelhio"

Estalou o verniz no PS/Porto. O presidente da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, Humberto Brito, declarou que não aceitará recandidatar-se ao cargo pela terceira vez “com este PS” concelhio. De acordo com o jornal Público, …

Pode ter sido descoberto um "elo perdido" na história do alfabeto

Uma inscrição alfabética num fragmento de um jarro encontrado em Laquis (Tel Lachish), em Israel, com cerca de 3450 anos, poderá ser um "elo perdido" na história do alfabeto. "Datada do século XV A.C., esta inscrição …

Morreu Walter Mondale, ex-vice-presidente de Jimmy Carter

O ex-vice-presidente dos Estados Unidos Walter Mondale, ícone do Partido Democrata, morreu nesta segunda-feira aos 93 anos, informou a imprensa norte-americana. A imprensa, que cita um comunicado familiar, não especifica as causas da morte do ex-vice-presidente …

Vão nascer mais duas praias fluviais no Alqueva este verão

A albufeira do Alqueva vai “ganhar” duas novas praias fluviais, no próximo verão, situadas nos concelhos de Alandroal e Portel, no distrito de Évora, num investimento global superior a um milhão de euros. O projeto da …

Nova ponte que vai ligar Porto e Gaia custa 21 milhões e terá oito acessos

A obra da nova ponte rodoviária sobre o Douro custará 21 milhões de euros, oito dos quais em acessos, e o projeto de conceção e construção será lançado "muito em breve", disse o autarca …

A tinta mais branca de sempre pode ajudar na luta pelo clima

A tinta mais branca já desenvolvida até agora reflete 98.1% da luz, podendo ser uma boa aliada no combate às alterações climáticas. No ano passado, uma equipa de cientistas desenvolveu uma tinta ultra-branca que atingiu uma …

Dois milhões com primeira dose esta terça-feira. Centros de vacinação precisam de mais 1.700 profissionais

Portugal deve atingir nesta terça-feira a marca dos dois milhões de pessoas vacinadas com a primeira dose de vacina contra a covid-19, adiantou esta segunda-feira a task force responsável pelo plano de vacinação. "Estima-se que, até …

Governo quer renovar contrato do SIRESP por seis meses (mas Altice recusa-se)

O Ministério da Administração Interna vai reunir-se esta terça-feira com a Altice, a quem iria propor uma renegociação e renovação por mais seis meses do contrato que assegura o Sistema Integrado das Redes de Emergência …

Pedro Nuno quer tirar carros das estradas (e que viagens de avião com menos de 600 quilómetros desapareçam)

Esta segunda-feira, foi lançado o Plano Ferroviário Nacional (PFN) numa sessão pública organizada no LNEC-Laboratório Nacional de Engenharia Civil, que deverá estar concluído em março de 2022. Na apresentação, o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, …

Estas formigas encolhem o cérebro para se tornarem rainhas

Cientistas descobriram que as formigas saltadoras indianas reduzem o tamanho do seu cérebro para terem a oportunidade de se tornarem rainhas (e que são capazes de reverter esta mudança quando é preciso). Há muito que …