No próximo ano, iPhones poderão detetar acidentes e ligar automaticamente para o 112

A Apple quer que os iPhones detetem acidentes de viação e peçam ajuda automaticamente já a partir do próximo ano.

A notícia é avançada esta terça-feira pelo The Wall Street Journal, que detalha que os iPhones devem ganhar, em breve, a capacidade de detetar quando os utilizadores têm um acidente de carro e, automaticamente, fazer uma chamada de emergência.

De acordo com o jornal norte-americano, a funcionalidade pode começar a ser utilizada nos Estados Unidos já em 2022. O recurso também irá chegar ao Apple Watch.

A “deteção de colisão” usa dados de sensores incorporados em dispositivos, incluindo o acelerómetro, para detetar acidentes de automóvel, medindo, por exemplo, um pico de gravidade súbito ou forças “g” no impacto.

Esta característica podia ser mais um passo da Apple e dos seus concorrentes para utilizar a tecnologia de sensores de movimento para desenvolver funções de segurança nos seus dispositivos.

Os smartwatches da Apple já têm uma funcionalidade de deteção de quedas, que deteta quedas de bicicleta através do acelerómetro, por exemplo. Se o utilizador não responder à mensagem sobre se está bem, é iniciada uma chamada de emergência.

Este ano, a empresa de Cupertino acrescentou uma funcionalidade à mais recente versão do seu sistema operativo que avalia a estabilidade de marcha dos utilizadores.

O The Wall Street Journal assinala, no entanto, que os planos em relação à deteção de acidentes de viação podem ainda mudar, depois de algumas fontes terem referido que ainda não é um produto final, estando ainda em testes.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE