Intervenção médica usada em prematuros é, afinal, contraproducente

Um estudo recente acaba de chegar à conclusão de que os bebés prematuros com deficiência de plaquetas beneficiam mais se não receberem transfusões.

É uma conclusão contra-intuitiva: afinal, os bebés nascidos antes das 37 semanas de gestação com deficiência de plaquetas, que são essenciais ao processo de coagulação, beneficiam mais se não receberem transfusões.

Segundo explica a Visão, a falta de plaquetas pode provocar hemorragias com consequências muito graves. No entanto, ao contrário do que se pensava, a solução não passa pelas transfusões.

Aliás, a administração deste componente no sangue deve ser apenas um recurso para o bebés com os casos mais graves de trombocitopenia – a redução da contagem de plaquetas. Esta abordagem teve resultados surpreendentes ao revelar-se capaz de evitar a morte ou hemorragias graves em sete em cada 100 prematuros com falta de trombócitos.

A investigação, levada a cabo no Reino Unido, envolveu 43 unidades pediátricas e neonatais do Reino Unido, Irlanda e Holanda. Os investigadores acompanharam 660 bebés prematuros durante seis anos. Os bebés, nascidos com menos de 34 semanas de gestação, tinham uma baixa contagem de plaquetas, o que faz deste estudo, segundo o Serviço Nacional de Saúde britânico, o maior sobre este tema até à data.

Num bebé saudável contam-se, geralmente, mais de 150 mil plaquetas por microlitro de sangue. No entanto, os bebés que foram alvo de análise neste estudo apresentavam uma contagem inferior a 100.

Os bebés que apresentavam uma contagem inferior a 50, eram colocados aleatoriamente num de dois grupos: um que recebia de imediato uma transfusão e outro que só a recebia quando a contagem baixasse das 25.

“A nossa descoberta tem grandes implicações na forma como os neonatologistas usam as transfusões de plaquetas em bebés prematuros com poucas plaquetas”, afirmou o cientista Simon Stanworth, da Universidade de Oxford, e um dos envolvidos na investigação.

Embora seja frequente os médicos administrarem plaquetas a bebés com baixas contagens e sem sinais de hemorragias, só para prevenir, ainda não era claro a partir de que nível de plaquetas devia ser aplicado este procedimento, conhecido como transfusão profilática.

O estudo foi publicado no início deste mês no New England Journal of Medicine.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Descoberto o segredo da sobrevivência dos antigos povos dos Andes

Uma nova investigação, baseada nos antigos assentamentos das populações que viveram na Cordilheira dos Andes, revelou que estes povos sofreram mutações genéticas que lhes permitiram sobreviver em condições tão adversas. De acordo com o novo …

Os bebés riem-se como os chimpanzés

Um estudo recente concluiu que as gargalhadas dos bebés não são semelhantes às dos humanos adultos, mas sim às dos chimpanzés. Há poucas coisas no mundo capazes de fascinar um adulto como o riso de um …

"Furacão" de matéria escura vai colidir com a Terra

Se os cálculos de uma equipa de astrónomos estiverem corretos, o Sistema Solar estará, em breve, no meio de um evento turbulento: um "furacão" de matéria escura, a soprar numa velocidade de 500 quilómetros por …

Irlanda investiga avistamento de OVNIs ao largo da costa

Após relatos de luzes e avistamento de OVNIs na costa sudoeste do país, a Autoridade da Aviação da Irlanda (IAA) deu início a uma investigação oficial. Eram quase 7 horas da manhã da passada sexta-feira quando …

Os "drones tubarão" que comem lixo das águas estão a chegar ao Dubai

Os WasteSharks, produzidos pela empresa tecnológica holandesa RanMarine, chegam este mês ao Dubai. Operam já em 2 países e estão aptos a recolher lixo, testar a qualidade da água e filtrá-la. Concebidos em 2016 e inspirados …

Açores desliga as luzes à noite para salvar espécie ameaçada

O arquipélago dos Açores tem uma medida em vigor para preservar uma espécie de aves ameaçada. Esta medida reflete-se também na redução da conta da eletricidade. As cagarras são uma uma espécie ameaçada, que vivem no …

Templo Satânico exige 133 milhões à Netflix por plágio de estátua

O Templo Satânico, localizado em Massachusetts, nos EUA, abriu um processo contra a Netflix por plagiar uma estátua na série "O Mundo Sombrio de Sabrina". A indemnização ultrapassa os 133 milhões de euros. O grupo denunciou …

Telemóveis ao volante dão 115 multas por dia

O número de multas nas estradas por usar o telemóvel durante a condução disparou este ano, quando comparado com o ano passado. Só até setembro, foram passadas 115 multas por dia, em média, pela PSP …

Bolsonaro pagou à Google (236 euros) para divulgar conteúdos

A Google informou esta segunda-feira o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que o Partido Social Liberal, do recém-eleito presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, pagou cerca de 236 euros pela disseminação de conteúdos na Internet. A Google foi …

Empresas portuguesas não estão preocupadas com possibilidade de corrupção

Mais de metade das empresas que participaram no primeiro inquérito nacional sobre a responsabilidade social empresarial não divulga nem adota planos de prevenção da corrupção. Segundo as conclusões do Inquérito Nacional sobre Conduta Empresarial Responsável e …