Incrivelmente, a Terra está mais verde que há 30 anos

Pode parecer mentira, mas a Terra está hoje mais verde do que há 30 anos – e tudo graças ao aumento dos níveis de dióxido de carbono na atmosfera, que atuaram como “fertilizante” para as plantas.

Esta é a conclusão do estudo de uma equipa internacional de investigadores, publicado esta segunda-feira na revista científica Nature Climate Change.

A investigação concluiu que, entre 1982 e 2015, verificou-se uma subida significativa da biomassa verde em quase metade das regiões do mundo (40%), ao mesmo tempo que apenas em 4% do planeta se detetou uma perda significativa de vegetação.

“Podemos atribuir o reverdecimento do planeta ao aumento dos níveis de CO2 atmosférico, provocado pelo consumo de combustíveis fósseis”, explicou à agência EFE Josep Peñuelas, investigador do Centre for Ecological Research and Forestry Applications, e um dos autores do estudo.

Ao disporem de mais dióxido carbono disponível, as plantas puderam gerar mais folhas para capturar o gás durante o processo de fotossíntese, um fenómeno que permitiu o abrandamento da concentração deste gás com efeito de estufa na atmosfera, aponta o estudo.

Além disso, esta grande adição de verde “pode ter a capacidade de alterar os ciclos da água e do carbono a nível global”, Peñuelas.

Outros trabalhos anteriores tinham já demonstrado que a nível planetário as plantas estavam, desde 1980, a armazenar cada vez mais carbono, o que é coerente com a ideia, defendida pelo estudo, de um reverdecimento planetário.

No entanto, isto não significa que o aumento de CO2 na atmosfera seja benéfico para o clima, adverte o estudo.

Apesar desta maior quantidade de folhas, “as alterações climáticas, o aumento da temperatura global e a subida do nível do mar, o degelo ou as tempestades tropicais cada vez mais potentes são um facto”, disse Peñuelas.

O estudo também conclui que “o efeito fertilizante do dióxido de carbono é cada vez menor à medida que as plantas se vão aclimatando a este aumento ou dispõem menos de outros recursos necessários ao seu crescimento, como a água ou os nutrientes, sobretudo o fósforo”.

ZAP / ABr

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Queimar petróleo, carvão ou gás natural é queimar fósseis de algas, árvores e seres marinhos com milhões de anos que estavam no fundo do mar ou enterrados na crosta terrestre. O problema é que esses eventos levaram milhões de anos a acontecer para que fosse atingido o equilíbrio que temos hoje, e que permitiram a nossa existência. No tempo dos dinossauros havia 5x mais CO2 na atmosfera, e essa seria possivelmente uma das causas da existência de mamíferos e répteis gigantescos. A natureza selecionou-os para a extinção, e depois viemos nós. As causas finais deste desequilíbrio que estamos a criar só Deus sabe…

  2. Caro João Daniel,
    Obrigado pelo seu reparo.
    Na realidade, usamos o termo “reverdecimento” (“greening”, em inglês) depois de nos certificarmos de que se trata de um termo em português PT_pt correcto:

    re·ver·de·cer |ê|
    verbo transitivo
    1. Tornar viçoso; cobrir de verdura.
    (…)
    5. Tornar-se verde; cobrir-se de verdura.

  3. É verdade, só Deus sabe. Foi ele que criou o mundo e a si também e lhe deu a liberdade de o Sr ( ele) pensar como pensa.
    Portanto pode acreditar ou não na sua existência . Tem total liberdade. Tudo de bom para si .

  4. Obrigado pela vossa resposta. Quando li o vosso artigo, obviamente percebi o que pretendiam dizer, mas porque desconhecia a palavra “reverdecimento”, procurei informar-me no dicionário da Porto Editora, o qual deu a palavra por desconhecida. Todavia, face à vossa resposta pesquisei melhor e tenho de reconhecer que me equivoquei. Aprendi uma palavra nova. Apresento as minhas sinceras desculpas. Melhores cumprimentos.

RESPONDER

Testes rápidos registaram maior número de sempre. APED defende venda nos super e hipermercados

O recurso a testes rápidos de antigénio à covid-19 está a aumentar em Portugal, tendo atingido o maior número a 7 de abril, com mais de 34 mil realizados nesse dia, segundo dados do Instituto …

Francisco Rodrigues dos Santos admite que tem sido "difícil" juntar o CDS (mas "não por falta de iniciativa")

Francisco Rodrigues dos Santos, presidente do CDS-PP, afirmou, numa entrevista ao Jornal de Notícias e TSF que tem sido "difícil" conquistar a coesão do partido. Em entrevista ao Jornal de Notícias e à TSF, o líder …

Isabel dos Santos usou equipa de espiões para provar "conspiração" e "vingança" de João Lourenço

A empresária Isabel dos Santos contratou uma firma de antigos agentes secretos israelitas para provar que foi vítima de um ataque orquestrado pelo governo de João Lourenço. Isabel dos Santos criou uma equipa de espiões para …

"Perdemos o avô da nação". Morte do príncipe Filipe deixou "um grande vazio" na vida de Isabel II

A morte do príncipe Filipe, duque de Edimburgo, na sexta-feira, aos 99 anos, deixou a Rainha Isabel II, sua esposa, com "um grande vazio na sua vida", disse este domingo aos jornalistas o seu filho …

Mapa online interativo ajudou indígenas do Panamá a fazer frente à pandemia

Quando a covid-19 chegou ao Panamá no ano passado, o cartógrafo Carlos Doviaza temeu pelas pessoas indígenas da sua comunidade. Por isso, para as ajudar, dedicou-se a fazer aquilo que faz melhor: mapas. "Pensei: 'Porque não …

"A política ama traição, mas despreza o traidor". Sócrates acusa PS de "ataque injusto" (e diz-se alvo de "vingança" da direita)

"A política ama a traição, mas despreza o traidor". No livro "Só Agora Começou", que será publicado nos próximos dias, José Sócrates acusa a atual direção do PS de traição. De acordo com o Diário de …

Portugal regista mais 566 casos e seis óbitos por covid-19

Portugal registou, este domingo, mais seis mortes e 566 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde …

PS quer que Cavaco Silva diga "quando é que soube do buraco do BES"

O PS quer que o antigo Presidente da República Cavaco Silva esclareça "quando é que soube do buraco do BES" e porque é que "não agiu atempadamente" para evitar o aumento de capital, que gerou …

Perdoar o passado, celebrar o renascimento e cumprir tradições. A primavera traz o Nowruz, o ano novo persa

Assim que as flores começam a desabrochar e os dias ficam mais longos, fica claro que o Nowruz está prestes a chegar. A celebração do ano novo iraniano é secular, com raízes que remontam a …

“Mostrámos que sabemos governar”. Bloco apresenta candidata a Lisboa (e abre a porta a acordo com PS)

O Bloco de Esquerda apresentou a candidatura de Beatriz Gomes Dias à Câmara Municipal de Lisboa, pediu “mais força” para determinar a governação da cidade e abriu a porta a novos entendimentos com o PS …