Foi inaugurado o “aeroporto mais inútil do mundo”

Trata-se do aeroporto em Santa Helena, uma ilha tão remota e isolada, que foi o local escolhido pelos britânicos para o exílio do imperador francês Napoleão Bonaparte, onde acabou por morrer em 1821.

Este sábado, o “aeroporto mais inútil do mundo”, como lhe chama a imprensa, recebeu o seu primeiro voo comercial e, importante destacar, regular.  Para o aeroporto na ilha britânica de Santa Helena, uma das mais isoladas do planeta, a abertura desta via aérea, que vai melhorar as ligações da ilha e impulsionar o turismo, foi um grande acontecimento, ao qual acorreram muitos jornalistas para testemunhar o momento.

O voo SA8131 da companhia aérea sul-africana Airlink partiu desde Joanesburgo e aterrou na remota ilha, depois de fazer uma escala em Windhoek, na Namíbia. De acordo com o site da transportadora, a partir de agora a companhia vai operar voos semanais, de seis horas de duração, a cada sábado.

Santa Helena está agora ligada a Joanesburgo e à capital sul-africana, Cidade do Cabo, de uma forma mais rápida, já que antes eram precisos vários dias de barcos para lá chegar. Os preços dos bilhetes oscilam entre os 1.068 e 2.107 dólares.

A companhia aérea vai usar para estes voos aviões Embraer E 190-100IGW, que dão apenas para transportar 68 passageiros. A Airlink optou por estas aeronaves mais pequenas e menos populares do que os aviões Boeing 737 para reduzir riscos, já que o aeroporto de Santa Helena é um dos mais perigosos do mundo. Em causa estão os ventos que sopram em direções opostas ou com velocidades diferentes.

O Governo britânico decidiu construir este aeroporto, com um custo aproximado de quase 285 milhões de libras, para dar mais acessibilidade a esta ilha vulcânica de 4.500 habitantes entre o continente africano e a América do Sul e para que mais turistas possam visitar o lugar.

Foi aqui que, após ter sido exilado em 1815 e depois de dez semanas de viagem, o imperador francês Napoleão Bonaparte acabou por morrer, em 1821.

  ZAP // RT

PARTILHAR

27 COMENTÁRIOS

  1. Sou entusiasta da aviação e já há muito tempo que tenho seguido a construção do aeroporto de Santa Helena. Ao deparar-me com esta notícia, não me passava pela cabeça que se estivessem a referir a este caso. Santa Helena é uma das comunidades mais isoladas do mundo cuja única maneira de ser alcançada antigamente era uma viagem de barco de uma semana e de vaga frequencia. A ilha é perfeitamente merecedora de um aeroporto, ainda para mais para impulsionar o turismo e para possibilitar o transporte rápido em situações de emergencia, e vem agora voces numa tentativa de fazer manchetes a chamar-lhe “o aeroporto mais inútil do mundo”, ve-se mesmo que não percebem nada do assunto.

  2. Se Napoleão foi exilado na ilha, por alma de quem é que decidiu lá viver???
    Srs jornalistas, revejam os vossos artigos antes de os escrever. E se os retirarem de qualquer publicação estrangeira, aprendam as regras de tradução….
    Bem haja

    • Caro Miguel Máximo,
      “Exilado” não é “preso”. Independentemente de o exílio ser forçado ou voluntário, o local de exílio é habitualmente de escolha do exilado.

      • Caro ZAP,
        ainda que assim possa ser, isso nao foi o caso de Napoleao Bonaporte, porque foram os ingleses que la o puseram.
        Aqui fica a definicao, e espero que ajude. Reitero o que afirmei no meu comentario anterior.
        Bem haja
        e·xi·la·do |z|
        adjectivo e substantivo masculino
        1. Que ou aquele que sofre a pena do exílio.
        2. Expatriado; degredado; desterrado.

        “exilado”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/exilado [consultado em 16-10-2017].

        PS as minhas desculpas pelos “erros ortograficos”, mas escrevo num portatil que nao me pertence e sem teclado em portugues.

        • Caro Miguel Máximo,
          Sendo o local de exílio habitualmente da escolha do exilado, não foi esse efectivamente o caso de Napoleão. Obrigado pelo reparo, está corrigido.

    • foi inaugurado sim senhor, não está é a ser devidamente rentabilizado mas isso é outra história que talvez comece a mudar dentro de pouco tempo. nos últimos dias tem tido ensaios com aviões de grande porte o que não consegues fazer em + de 90% das pistas portuguesas.

  3. Não existe aeroporto “inútil” no ponto de vista de aporte para locais remotos. St Helena é um local perfeito como base de transporte marítimo e com algumas alterações pode se tornar ponto estratégico para companhias aéreas entre África, América do Sul e Central.

    • E?
      Em lado nenhum é referido que o avião do vídeo é um Embraer!..
      Mas, já que comentaste, podias ter dito que o avião do vídeo é um Avro RJ85.

        • Olha, outro “sábio”!…
          Eu li tudo, te é claramente tens algum problema de leitura/interpretação!
          Tenta outra vez…
          Pois, tratar alguém por tu é um “crime”; já fazer comentários apalermados como que acabaste de fazer é muito respeitoso!…

  4. Já lá estive (num cruzeiro) e achei a ilha fantástica!
    Tão isolada, que nem sabiam o que era uma máquina ATM!
    Só por curiosidade, a ilha foi, como é lógico, descoberta por um ilustre compatriota “Portuga” (cujo nome não fixei).
    Acredito que deva ser perigoso lá aterrar e se calhar por isso não venha a ter muita procura, daí lhe chamarem inútil.

    Por falar em inutilidade, talvez semelhante, foi o aeroporto de Macau – este às nossas custas – que quase não tem uso!

  5. Quem chama a este o mais inútil não conhece ainda o Aeroporto Internacional de Beja que tão boas comissões e vendas de terrenos deve ter dado…

  6. quando vi a notícia (se assim se pode chamar) julguei que falassem de um aeroporto num país da UE, que está abandonado lá para o Alentejo. Melhor dito; não deve estar abandonado, deve para lá ou em Lisboa, haver alguma administração, alguns postos de trabalho, muitos custos mas passageiros, serviço niqles.

RESPONDER

Novo ano letivo marcado pelo recorde de pedidos de bolsas de estudo no superior

Número crescente de alunos e perda de rendimentos das famílias são duas das razões apontadas para os pedidos recorde. O ano letivo 2021/22 ainda agora arrancou, mas já está a bater recordes no que respeita aos …

Urgências em Lisboa estão cheias. Situação pode piorar nas próximas semanas

As urgências do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, e do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, estão em situação crítica, com tempos de espera elevados. A situação de calamidade multiplica-se em vários hospitais do país, de …

Portugal já tem 86% da população totalmente vacinada contra a covid-19

A vacinação completa contra a covid-19 abrange já 86% da população portuguesa e são já mais de nove milhões de pessoas as que têm pelo menos uma dose da vacina, de acordo com os dados …

Direção do CDS desautoriza Telmo Correia e defende eleições "o mais brevemente possível"

A direção do CDS-PP não gostou de ouvir o líder parlamentar dizer que a melhor altura para realizar eleições legislativas seria no final de janeiro ou fevereiro. Depois de uma reunião com o presidente da Assembleia …

Órban e Le Pen apoiam a Polónia e criticam "imperialismo" da UE

O primeiro-ministro húngaro, Viktor Órban, e a líder da União Nacional (RN, na sigla em francês), Marine Le Pen, manifestaram esta terça-feira apoio à Polónia no conflito que mantém com a UE, a qual acusam …

Após goleada frente ao Bodø/Glimt, Mourinho põe de lado quatro jogadores

Em duas convocatórias consecutivas, José Mourinho deixou de fora quatro futebolistas que participaram na derrota por 6-1 frente ao Bodø/Glimt. Naquela que foi a maior derrota de sempre da carreira de José Mourinho, o Tottenham perdeu …

O que cai e o que fica: as medidas que o chumbo do OE deita por terra e as que permanecem

O grosso das medidas previstas na proposta de Orçamento do Estado para 2022 não deverá sair do papel. As aprovadas em Conselho de Ministros, por sua vez, manter-se-ão viáveis, já foram discutidas fora da sede …

Truque permite que o Orçamento não seja votado esta quarta-feira

Há um mecanismo que, se for acionado, permite que o Orçamento do Estado para 2022 sobreviva mesmo que não seja votado. O Orçamento do Estado para 2022 pode baixar à comissão sem votação. Este mecanismo, nunca …

Conceição reconhece supremacia do Santa Clara e admite culpa na derrota

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, reconheceu que o Santa Clara foi superior e diz-se culpado pela derrota pesada que deixa o clube fora da Taça da Liga. O FC Porto está fora da Taça …

"Vechtpartij", quadro de Jan Steen.

Antigos jogos de bebida acabavam em vinho derramado e esfaqueamentos

Hoje vistos como jogos de diversão para jovens, na antiguidade, os drinking games (jogos de bebida) eram comuns em toda a sociedade — e, por vezes, terminavam mal. O kottabos era um antigo jogo de bebida …