Idade das mães aumenta risco de autismo nos filhos, e não se sabe porquê

Blogging Autism / Flickr

-

Existem, de facto, casais com mais probabilidades de ter filhos com autismo? O maior estudo parental feito até hoje sobre a doença concluiu que os pais com mais probabilidade de ter filhos com esta condições são as mães adolescentes, as mães com mais de 40 anos, os pais com mais de 50 anos e os casais com uma grande diferença de idades.

O estudo, promovido pela associação Autism Speaks e publicado na Molecular Psychiatry, analisou ao longo de cinco anos 5.766.794 crianças, das quais mais de 30 mil tinham autismo, em cinco países – Dinamarca, Israel, Noruega, Suécia e Austrália.

A investigação descreve que o risco de uma criança sofrer de autismo cresce 66% nos casos em que o pai tem mais do que 50 anos, quando comparado com pais na casa dos 20. O risco torna-se menor – aumentando apenas 28% – quando estes estão nos seus quarentas.

No caso das mães com mais de 40 anos, a probabilidade de a criança padecer desta condição sobe 15%, contudo, se a criança nasce quando a mãe é ainda adolescente – isto é, com menos de 20 anos – o risco de autismo aumenta 18%.

De acordo com os investigadores, a incidência de autismo é maior quando os pais têm entre 35 e 44 anos e as mães têm dez anos a mais ou a menos. O mesmo acontece quando a mulher está na casa dos 30 e o homem tem dez anos a mais ou a menos.

O risco alto em ambos os extremos do espectro de idades levanta muitas questões, afirma Michael Rosanoff, um dos autores principais, e “tem intrigado os investigadores”.

Já tinha sido comprovado que os pais mais velhos têm alterações genéticas no seu esperma que podem provocar uma desordem do espectro de autismo. No entanto, a ciência ainda não consegue explicar por que é que o risco é acrescido nas mães adolescentes, nas mães mais velhas e nos casais com grande diferença de idades entre si.

“Apesar de haver muita investigação na área do autismo e da idade parental, ao analisar os registos de saúde de cinco países criámos a maior base de dados do mundo sobre fatores de risco no autismo”, explicou .

Sven Sandin, co-autor do estudo, garante que, “apesar da idade avançada dos pais constituir um fator de risco para o autismo, é importante relembrar que apesar de tudo a maioria das crianças filhas de pais mais velhos ou muito novos desenvolve-se normalmente“.

“Risco não significa causa”, acrescenta Michael Rosanoff. “Estes são fatores de risco que nos ajudam a encontrar caminhos – mas não as causas específicas.”

De acordo com os dados da Autism Speaks, 1 em cada 68 crianças nos EUA sofrem de Perturbações do Espectro do Autismo.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Os senhores jornalistas deviam fazer algumas contas de cabeça antes de escreverem números deste género. Dizer que “quando a mãe é ainda adolescente (…) o risco de autismo ronda os 18%” e coisas do género é um erro grosseiro. Para chegar a esta conclusão podemos simplesmente usar o senso comum que nos dirá que é impossível que 1 em cada 5 crianças seja autista, mesmo quando a mãe é adolescente. Mas também podemos usar os números citados no artigo, que nos dizem que em média, o risco de autismo é de 0,6%, muito diferente dos riscos de dois dígitos que referem.

  2. Caro Sr Fernando,
    Excepto se o srtigo foi alterado, o que está escrito é que a probabilidade 18%, e não os 18%. Assumindo os 0.6% que você refere, o risco aumentará 18% sobre esses 0.6%, resultando em 0.708%.

RESPONDER

Coimbrões 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto venceu hoje o Coimbrões, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal que os «dragões» resolveram com três golos nos 12 minutos iniciais. Aproveitando a inexperiência e nervosismo da formação …

Produção de filmes em Hollywood é um inimigo silencioso do ambiente

Hollywood é casa para a maioria dos grandes filmes produzidos que estreiam nas salas de cinema espalhadas por todo o mundo. Contudo, consegue ser bastante prejudicial para o meio ambiente e, mais do que nunca, …

O escorbuto era uma doença comum entre piratas, mas pode estar de regresso

O número de casos de escorbuto no Reino Unido mais do que duplicou nos últimos anos. A desnutrição é um dos principais responsáveis pelo regresso desta doença. O escorbuto está em ascensão no Reino Unido e …

Dois veleiros robotizados vão medir alterações climáticas no Atlântico

Dois veleiros de navegação robotizada vão medir, durante os próximos quatro meses, a pegada das mudanças climáticas no oceano Atlântico e irão passar pela Madeira e Cabo Verde. A Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN) libertou esta …

A educação científica está sob ataque legislativo nos Estados Unidos

São inúmeros os professores de ciências que trabalham diariamente nas escolas públicas dos Estados Unidos para garantir que os alunos estão equipados com o conhecimento teórico e prático necessário para enfrentar o futuro. No entanto, …

João Félix saiu lesionado com gravidade no jogo contra o Valência

João Félix, avançado português do Atlético de Madrid, saiu este sábado lesionado com "forte torção no tornozelo direito", ao minuto 78 do jogo contra o Valência, da nona jornada da Liga espanhola de futebol, disputado …

As traças ficaram mais escuras por causa da Revolução Industrial? Cientistas já sabem a resposta

No virar do século XIX, na Grã-Bretanha, traças de todo o país começaram a ficar gradualmente mais escuras em resposta à forte poluição provocada pela Revolução Industrial. A Revolução Industrial foi um período de grandes transformações …

Mais de mil médicos foram alvo de processos disciplinares. 45 foram condenados, nenhum foi expulso

Mais de 1.070 processos disciplinares a médicos foram abertos no ano passado pelos conselhos disciplinares da Ordem, tendo sido condenados 45, segundo dados este sábado divulgados. Segundo os dados da Ordem dos Médicos, os conselhos disciplinares …

Publicar no Instagram rende mais a Ronaldo do que jogar na Juve

As publicações pagas no Instagram rendem mais a Cristiano Ronaldo do que jogar na Juventus, revela um estudo do Buzz Bingo. O internacional português foi a personalidade mais bem paga neste rede social em 2018. De …

Brexit: Hoje era o Dia D (mas afinal, fica tudo na mesma)

Devia ter sido o dia decisivo para o Brexit no Parlamento do Reino Unido, mas o processo foi mais uma vez adiado.  Foi aprovada uma emenda que obriga o primeiro-ministro Boris Johnson a pedir um novo …