Idade das mães aumenta risco de autismo nos filhos, e não se sabe porquê

Blogging Autism / Flickr

-

Existem, de facto, casais com mais probabilidades de ter filhos com autismo? O maior estudo parental feito até hoje sobre a doença concluiu que os pais com mais probabilidade de ter filhos com esta condições são as mães adolescentes, as mães com mais de 40 anos, os pais com mais de 50 anos e os casais com uma grande diferença de idades.

O estudo, promovido pela associação Autism Speaks e publicado na Molecular Psychiatry, analisou ao longo de cinco anos 5.766.794 crianças, das quais mais de 30 mil tinham autismo, em cinco países – Dinamarca, Israel, Noruega, Suécia e Austrália.

A investigação descreve que o risco de uma criança sofrer de autismo cresce 66% nos casos em que o pai tem mais do que 50 anos, quando comparado com pais na casa dos 20. O risco torna-se menor – aumentando apenas 28% – quando estes estão nos seus quarentas.

No caso das mães com mais de 40 anos, a probabilidade de a criança padecer desta condição sobe 15%, contudo, se a criança nasce quando a mãe é ainda adolescente – isto é, com menos de 20 anos – o risco de autismo aumenta 18%.

De acordo com os investigadores, a incidência de autismo é maior quando os pais têm entre 35 e 44 anos e as mães têm dez anos a mais ou a menos. O mesmo acontece quando a mulher está na casa dos 30 e o homem tem dez anos a mais ou a menos.

O risco alto em ambos os extremos do espectro de idades levanta muitas questões, afirma Michael Rosanoff, um dos autores principais, e “tem intrigado os investigadores”.

Já tinha sido comprovado que os pais mais velhos têm alterações genéticas no seu esperma que podem provocar uma desordem do espectro de autismo. No entanto, a ciência ainda não consegue explicar por que é que o risco é acrescido nas mães adolescentes, nas mães mais velhas e nos casais com grande diferença de idades entre si.

“Apesar de haver muita investigação na área do autismo e da idade parental, ao analisar os registos de saúde de cinco países criámos a maior base de dados do mundo sobre fatores de risco no autismo”, explicou .

Sven Sandin, co-autor do estudo, garante que, “apesar da idade avançada dos pais constituir um fator de risco para o autismo, é importante relembrar que apesar de tudo a maioria das crianças filhas de pais mais velhos ou muito novos desenvolve-se normalmente“.

“Risco não significa causa”, acrescenta Michael Rosanoff. “Estes são fatores de risco que nos ajudam a encontrar caminhos – mas não as causas específicas.”

De acordo com os dados da Autism Speaks, 1 em cada 68 crianças nos EUA sofrem de Perturbações do Espectro do Autismo.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Os senhores jornalistas deviam fazer algumas contas de cabeça antes de escreverem números deste género. Dizer que “quando a mãe é ainda adolescente (…) o risco de autismo ronda os 18%” e coisas do género é um erro grosseiro. Para chegar a esta conclusão podemos simplesmente usar o senso comum que nos dirá que é impossível que 1 em cada 5 crianças seja autista, mesmo quando a mãe é adolescente. Mas também podemos usar os números citados no artigo, que nos dizem que em média, o risco de autismo é de 0,6%, muito diferente dos riscos de dois dígitos que referem.

  2. Caro Sr Fernando,
    Excepto se o srtigo foi alterado, o que está escrito é que a probabilidade 18%, e não os 18%. Assumindo os 0.6% que você refere, o risco aumentará 18% sobre esses 0.6%, resultando em 0.708%.

RESPONDER

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …