Hungria aprova lei que penaliza quem ajudar imigrantes

Európa Pont / Flickr

O primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orban

O Parlamento húngaro aprovou, esta quarta-feira, a polémica lei “Stop-Soros” que castiga com um ano de prisão quem ajudar imigrantes em situação irregular, nomeadamente refugiados e requerentes de asilo.

O partido maioritário União Cívica Húngara (Fidesz), dirigido pelo primeiro-ministro conservador e nacionalista Viktor Orbán, apoiou a lei, apesar das críticas e apelos feitos por organizações humanitárias húngaras e estrangeiras.

A lei “Stop-Soros”, que afeta várias organizações não-governamentais do país, foi aprovada no Dia Internacional dos Refugiados, que a Organização das Nações Unidas comemora desde 2001.

O Parlamento aprovou também uma emenda constitucional que dificulta a obtenção de asilo na Hungria, criminaliza os sem-abrigo, cria novos tribunais para tratar casos de administração pública e afirma que o Estado tem que defender a cultura cristã do país.

As emendas constitucionais aprovadas hoje proíbem a fixação de cidadãos não-húngaros no país, à exceção dos cidadãos europeus, declarando também que a composição da população da Hungria não pode ser modificada “mediante uma vontade externa”.

Os projetos de lei foram também apoiados pelo partido ultra direitista Movimento por uma Hungria Melhor (Jobbik), enquanto que as oposições de esquerda e ecologistas se opuseram ou não participaram na votação.

A Comissão de Veneza apelou, esta segunda-feira, ao adiamento da aprovação da lei até que pudesse redigir as suas observações, mas a maioria governamental recusou o pedido do órgão consultivo do Conselho da Europa.

O diretor da Amnistia Internacional para a Europa, Gauri van Gulik, criticou a medida como mais um passo “nas intenções de estigmatizar, intimidar e assustar as organizações da sociedade civil húngara”.

Segundo o diretor, a criminalização do trabalho “essencial e legítimo sobre os direitos humanos é um ataque descarado às pessoas que procuram refúgio seguro contra a perseguição”.

“É uma amarga ironia que, enquanto o mundo celebra o Dia Internacional dos Refugiados, o Parlamento Húngaro tenha votado hoje para introduzir uma lei que castiga as organizações e pessoas que apoiam quem procura asilo, refugiados e imigrantes”, concluiu.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A sucção da tromba de um elefante é mais rápida do que a velocidade de um comboio-bala

Os elefantes conseguem sugar coisas a uma velocidade de 530 quilómetros por hora — mais rápido do que um comboio-bala japonês. A tromba dos elefantes é-lhes altamente útil, já que a usam tanto para comer como …

Mais de metade dos rios do mundo não flui todo o ano

Entre 51% e 60% dos 64 milhões de quilómetros de rios e riachos do planeta Terra não fluem periodicamente ou secam durante parte do ano. De acordo com a agência Europa Press, este é o resultado …

Astrónomos podem ter detetado as maiores estruturas giratórias do universo

Pela primeira vez, astrónomos acabam de encontrar evidências de que algumas das maiores estruturas do cosmos giram numa escala de centenas de milhões de anos-luz. A estrutura em questão é um filamento cósmico, uma estrutura longa …

"A melhor seleção do mundo é a Bélgica"

Elogios do selecionador da Dinamarca ao adversário, mas ainda mais elogios aos seus jogadores, apesar de nova derrota dinamarquesa. Dois jogos em casa, duas derrotas. Apesar de realizar os seus encontros em Copenhaga, a Dinamarca está …

Se extraterrestres visitassem a Terra "não estariam vivos", diz astrónomo do SETI

Especialistas do Search for Extraterrestrial Intelligence (SETI), entidade que tem por objetivo a busca de vida no espaço, estão a afastar-se cada vez mais da ideia de encontrar inteligência extraterrestre igual à humana. Num artigo de …

Cientistas ajudam enxames de drones a evitar obstáculos (copiando o instinto dos pássaros)

Uma equipa de engenheiros da EPFL, na Suíça, desenvolveu um modelo de controlo preditivo que permite que enxames de drones voem em ambientes confusos com rapidez e segurança. Usar enxames de drones tem imensas vantagens, mas …

Países Baixos 2-0 Áustria | Laranja embala e carimba oitavos

Os Países Baixos venceram hoje a Áustria por 2-0, em jogo da segunda jornada do Grupo C do Euro2020 de futebol, e são a terceira seleção a garantir o apuramento para os oitavos de final …

Espanhol condenado a 15 anos por matar a mãe e alimentar-se dos seus restos mortais

Um espanhol de 28 anos foi condenado a 15 anos de prisão por matar a mãe e alimentar-se dos seus restos mortais, que partilhou com o cão. Em maio deste ano, um júri do tribunal da …

Mistério do "Tremor de Céu" em San Diego desvendado. Foram os Marines

Há fortes indícios de que o misterioso estrondo ouvido a semana passada na região de San Diego foi causado por uma aeronave supersónica em missão de treino ao largo da costa californiana. Os US Marines …

Federação arquivou caso Diakhaby

Valência não gostou da decisão e vai tentar prolongar o processo à volta do alegado insulto racista no jogo com o Cádiz. O Comité de Competição da Real Federação Espanhola de Futebol arquivou a denúncia de …