Grandes hotéis acusados de ignorar tráfico sexual. Queixa em grupo relata casos de 13 mulheres

Uma ação judicial deu entrada segunda-feira em Columbus, Ohio, nos Estados Unidos (EUA), com vários grandes grupos hoteleiros a serem acusados de lucrar com o tráfico sexual, ignorando os crimes e os danos nas vítimas.

Segundo noticiou o Diário de Notícias (DN), citando a agência Reuters, a queixa foi registada em nome de 13 mulheres que alegaram ter sido vendidas para sexo em quartos de hotel. Doze cadeias de hotéis foram acusadas de conhecer e ignorar os sinais de alerta de que mulheres e crianças eram vendidas como escravas sexuais nas suas instalações.

O caso reúne 13 ações separadas que tinham sido apresentadas em Ohio, Massachusetts, Geórgia, Texas e Nova Iorque e foi registado pelo escritório de advocacia Weitz & Luxenberg, em Nova Iorque, em nome de 13 mulheres, muitas menores de idade quando ocorreu o tráfico.

Esta é a primeira vez que a indústria hoteleira enfrenta uma ação como um grupo. Entre os citados nos 13 casos estão os grupos hoteleiros Hilton Worldwide Holdings Inc., Red Roof Inn, Intercontinental Hotels & Resorts, Best Western Hotels & Resorts e Wyndham Hotels and Resorts Inc.

Os hotéis “obtiveram lucro” e “beneficiaram financeiramente” ao “fornecer um mercado para o tráfico sexual”, lê-se no documento de participação, citando “falhas no setor”. “Essa má conduta corporativa levou ao aumento do tráfico sexual em hotéis que atingiram o nível de uma epidemia nacional”, indica ainda a queixa.

De acordo com o DN, que cita o Global Slavery Index, publicado pelo grupo de direitos humanos Walk Free Foundation, estima-se que 400 mil pessoas sejam atualmente vítimas de escravidão moderna nos EUA, do trabalho forçado ao tráfico sexual.

“Não é apenas uma maçã podre que precisa de ser tratada”, disse Luis CdeBaca, ex-comissário dos EUA contra o tráfico de pessoas. “Há anos a indústria da hotelaria sabe que o tráfico sexual e, principalmente, o tráfico sexual de crianças ocorre nas suas propriedades e, no entanto, continua a acontecer”.

Uma das vítimas relatou que foi mantida seis semanas em cativeiro, em 2012, em vários locais do Wyndham Hotels, quando tinha 26 anos. Contou que, durante esse período, teve o nariz partido por duas vezes e o rosto marcado por repetidas agressões. “Só desejo que as pessoas percebam o que realmente se passa aqui nos EUA”, disse à Reuters.

Várias redes de hotéis lançaram iniciativas nos últimos anos para combater o tráfico, como formação de equipas para identificar possíveis vítimas e consciencialização do crime entre os hóspedes. “Essas mudanças chegaram tarde demais. A questão do lucro, e não a adesão à lei, continua a influenciar a tomada de decisões”, lê-se na participação judicial.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Uma inexplicável explosão de ondas gravitacionais atingiu a Terra (e atordoou os astrónomos)

Uma equipa de investigadores detetou uma misteriosa explosão de ondas gravitacionais, cuja natureza deixou os astrónomos totalmente perplexos. O fenómeno foi registado a 14 de janeiro deste ano pelo Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferómetro Laser …

O mar interno da misteriosa Encélado "grita" habitabilidade

Uma equipa de especialistas desenvolveu um novo modelo geoquímico que revela que o dióxido de carbono do interior de Encélado, lua de Saturno que abriga um oceano, pode ser controlado através de reações químicas no …

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …