Hospitais adiam exames oncológicos para lucrar com rastreios

“É uma vergonha o que se está a fazer”, denuncia o presidente da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia, revelando que vários hospitais do país estão a adiar exames ao cólon e ao reto a doentes em tratamento oncológico para darem prioridade a colonoscopias de prevenção e de rastreio do cancro.

A denúncia do presidente da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG), Luís Tomé, é divulgada pelo Expresso e dá conta de que os hospitais públicos estão a deixar os seus pacientes em lista de espera para darem prioridade a colonoscopias de rastreio, de modo a obterem mais lucro, já que estes exames são pagos a dobrar pelo Ministério da Saúde.

Uma colonoscopia regular é paga a 169 euros, o mesmo valor que recebem os privados com acordo com o Estado, mas quando é feita para prevenção e detecção precoce de lesões cancerígenas é paga a 378 euros, aponta o semanário.

A diferença de pagamento “visa aumentar a adesão das equipas a uma tarefa extra e está a surtir efeito”, nota o Expresso, sublinhando que estes exames preventivos chegam a ser feitos ao sábado nalguns hospitais.

“É uma vergonha o que se está a fazer”, critica Luís Tomé. “Se tivéssemos capacidade instalada nos hospitais não teria problema algum, mas faltam anestesistas, colonoscópios, o material não é renovado”, lamenta o presidente da SPG, falando de “uma política desastrosa, com um enorme desperdício de dinheiro“.

As Administrações Regionais de Saúde (ARS) justificam a medida com a importância do rastreio nos casos de cancro. “É fundamental para reduzir a mortalidade e morbilidade por cancro do cólon e reto, doença que ainda está numa fase ascendente”, aponta fonte da ARS de Lisboa citada pelo Expresso.

Mas para Luís Tomé “querer fazer estas colonoscopias nos hospitais públicos é um preconceito ideológico“. “Os consultórios cobram menos e até têm mais qualidade”, refere este responsável, notando que “os médicos são os mesmos que trabalham nos hospitais, que têm obrigação de formar e que põem os internos a fazer as colonoscopias”.

ZAP //

 

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Grstão privada de hospitais públicos!
    Desde que me apercebi da monstruosidade que representa para a deontologia médica a dependência dos gestores não médicos [ECÓNOMOS, como eram designados], critico-a e ridicularizo-a: é transformar a medicina numa atividade comercial, tal como uma corticeira tem de produzir rolhas, batoques e corticite, a medicina terá de produzir, «ao cronómetro»: nº de consultas, requisiçõe de exames, emissão de receituário e internamentos, se pssível com cirurgias e internamentos curtos com altas precoces, para fidelizar o «cliente».

    • “Gestão privada de hospitais públicos!”
      É… por acaso, tal practicamente todas as PPP’s, isso tem dado muito bom resultado – para os privados, claro!!
      Basta olhar para o que se passou (passa) no hospital de Braga!…

  2. Isto é mas é para dar prioridade a cativações e passagem de exame do senhor Centeno nas provas europeias! Assim seremos bons em finanças, o resto pouco ou nada importa!.

      • Não estás a falar para o teu pai, portanto para além de seres estúpido, ignorante e fanático recusando ver a realidade aprende a ter respeitinho pelos outros pois ainda não chegamos a nenhuma ditadura comunista onde todos sejamos obrigados a falar por igual.

RESPONDER

Os humanos podem descender de marcianos antigos, diz Bill Nye

Bill Nye defendeu recentemente que é importante continuar a financiar a agência espacial norte-americana, especialmente se as missões levadas a cabo pela NASA no futuro ajudarem a responder a uma questão há anos tira o …

Londres dá o nome de Freddie Mercury a uma rua

Londres rebatizou uma das suas ruas em honra do vocalista dos Queen, Freddie Mercury. A rua em causa fica perto da primeira morada do artista na capital inglesa. Uma rua nos subúrbios de Londres, onde o …

Gil Vicente 0-1 Benfica | Vlachodimos segura liderança

O Benfica regressou às vitórias na Liga NOS e recuperou a liderança na tabela classificativa. Na visita ao Gil Vicente, os “encarnados” ganharam por 1-0, num jogo que foi tudo menos fácil para os campeões nacionais. O …

Exército norte-americano está a desenvolver tecidos que neutralizam agentes nervosos

A roupa das tropas norte-americanas poderá, no futuro, combater alguns dos agentes nervosos mais perigosos do mundo. Uma equipa de químicos da Universidade de Northwestern, nos Estados Unidos, está a desenvolver um tecido capaz de neutralizar …

Mona Lisa de cubos mágicos vendida em leilão por 480 mil euros

"Rubik Mona Lisa", uma Mona Lisa feita com quase 300 cubos mágicos, foi vendida em leilão, este domingo, por 480.200 euros. A obra é da autoria do artista francês Invader. A obra de arte, que se …

Cientistas utilizam IA para criar antibiótico que mata até as bactérias mais resistentes

Investigadores norte-americanos utilizaram mecanismos de inteligência artificial para criar um poderoso, capaz de matar algumas das bactérias resistentes mais perigosas do mundo. Segundo informou o Guardian, este fármaco atua de maneira diferente dos antibacterianos existentes, tendo …

Mulheres que assinaram acordos de sigilo vão poder falar sobre comportamento de Bloomberg, garantiu o empresário

Após uma extensa repercussão sobre os acordos de confidencialidade da sua empresa, que impedem as funcionárias de falar sobre as alegações de assédio no local de trabalho, Michael Bloomberg tentou inverter o curso da polémica. "A …

Nome de Vitalino Canas para o Tribunal Constitucional não deverá ser aprovado

O nome de Vitalino Canas para o Tribunal Constitucional não deverá ser aprovado na próxima sexta-feira. PSD e BE mostram-se contra a sua nomeação. Os deputados do PSD “não estão confortáveis” com a proposta do PS …

Amazon está a remover produtos que promovem a cura contra o coronavírus

A Amazon está a retirar os produtos que alegam "matar" o coronavírus e a avisar os utilizadores da desinformação em torno deste tema. Há empresas e vendedores a aproveitarem-se do mediatismo do coronavírus e a promover …

Autoridades revelam que atropelamento em desfile de Carnaval foi intencional

O atropelamento de pelo menos 15 pessoas num desfile de carnaval hoje em Volkmarsen, no centro da Alemanha, foi intencional, segundo a polícia, que não confirmou a hipótese de atentado. Henning Hinn, da diretoria de polícia …