Holandesa que sofreu acidente grave no Rio 2016 continua a pedalar

avvleuten / Facebook

A ciclista holandesa Annemiek van Vleuten

A ciclista holandesa Annemiek van Vleuten

Quem não se lembrar do nome Annemiek van Vleuten talvez tenha na memória o terrível acidente que sofreu durante a prova de Ciclismo de Estrada nas Olimpíadas do Rio, em agosto – em especial a sua imagem a ser projectada como uma boneca de pano e a estatelar-se no asfalto.

A ciclista holandesa Annemiek van Vleuten não se recorda de muito mais – o que é bom, pois naquela curva o seu sonho olímpico foi destruído – a apenas 10km do final de uma prova que liderava com alguma tranquilidade.

“Quando estava a começar a descida, pensei que não precisava de descer como um louca, até porque tinha começado a chover um pouco. Mas errei a abordagem à curva. A minha lembrança seguinte é a de estar numa cama de hospital com a minha mãe ao telefone”, contou a holandesa, de 33 anos, à BBC Sport.

A mãe da ciclista assistia à prova pela TV na Holanda, no dia de seu aniversário, e acompanhou o drama da filha.

E não foi apenas agonia materna: Anna van der Breggen, a colega de equipe de Annemiek,  que acabaria por vencer a prova, achou que a compatriota tinha morrido quando passou, sem parar, pelo local do acidente.

Annemiek sofreu três fracturas na coluna e uma concussão cerebral severa.

Mas duas semanas depois do acidente já estava a treinar novamente. Apesar da preocupação que casou à mãe, e da frustração.

“Na primeira semana, sofri muito com a ideia de que cometi um erro estúpido quando estava quase a ganhar a medalha de ouro. Mas depois dei-me conta de que pensar assim não iria me ajudar em coisa nenhuma. E aí, comecei a traçar novos objectivos”.

“Felizmente, as vertebras que lesionei não estavam em um local perigoso das minhas costas, e eu nunca tive complicações mais sérias por causa da concussão. Ciclistas estão acostumados a cair pelo menos duas vezes por ano. São ossos do ofício”, explicou.

Determinação

Um mês depois do acidente, Annemiek venceu o Tour da Bélgica, garantindo o título apenas na última corrida. “Foi uma espécie de milagre. Mas Annemiek é muito forte”, elogiou Anna Van der Breggen.

Este domingo, Annemiek inicia a participação no Mundial de Ciclismo, no Catar. Nas provas de estrada, a temperatura poderá chegar aos 40 graus. Mas para ela, é menos sofrimento do que falar sobre o acidente.

“Nas entrevistas querem sempre falar comigo sobre o acidente, mas não quero ficar a pensar nisso. Prefiro concentrar-me no facto de que estava a pedalar bem, antes daquilo acontecer, melhor até do que tinha feito antes”, diz a ciclista.

“E estou orgulhosa de minha participação nas Olimpíadas do Rio, apesar de tudo”, confessa a indomável Annemiek van Vleuten.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Hospital da Luz em Lisboa limita acesso a urgências pediátricas no verão

O acesso dos clientes ao Atendimento Urgente de Pediatria "será limitado temporariamente" devido a obras de expansão do hospital. Condicionamento vai durar de 1 de julho a 15 de setembro. O Hospital da Luz, em Lisboa, …

Português entre as vítimas mortais em incêndio em Paris

Um cidadão português é uma das três vítimas mortais do incêndio ocorrido no sábado num prédio no centro de Paris, França, disse esta terça-feira à Lusa fonte oficial do Governo. Uma fonte oficial do gabinete do …

Restaurante de Avillez entre os 50 melhores do mundo

O restaurante Belcanto, do chef José Avillez, entrou pela primeira vez para a lista dos melhores 50 melhores restaurantes do mundo, para a 42ª posição. No ano passado, o restaurante, situado no Largo de São Carlos, …

Sevilha terá recusado contratar João Félix por 1,5 milhões. Era "muito dinheiro"

Reforço já garantido pelo Atlético Madrid para a próxima temporada, João Félix poderia por estes dias já andar na Liga espanhola, ao serviço do Sevilha, clube que no arranque da temporada 2018/19 terá recusado contratar …

Carrossel internacional do IVA. 15 empresários detidos em megaoperação da PJ

A Polícia Judiciária (PJ) deteve nesta terça-feira 15 empresários por suspeitas de fraude fiscal e de branqueamento de capitais no âmbito de um esquema conhecido por carrossel internacional do IVA. Está em causa um tipo de …

Portugal é “campeão” dos atrasos na aplicação de medidas anti-corrupção

Portugal foi o país com a maior proporção (73%) de recomendações não implementadas do Grupo de Estados Contra a Corrupção (GRECO), seguido da Turquia (70%), indica o relatório de 2018 deste órgão de monitorização anti …

"Cansado da insolência dos europeus", Irão renuncia a dois compromissos do acordo nuclear

O Irão libertar-se-á “resolutamente” de dois outros dos seus compromissos no quadro do acordo internacional sobre o seu programa nuclear “a partir de 7 de julho”, noticiou esta terça-feira a agência iraniana Fars, citando um …

Héctor Herrera já terá data de apresentação definida no Atlético de Madrid

O internacional mexicano Héctor Herrera vai ser reforço do Atlético de Madrid para as próximas épocas a partir do próximo dia 1 de julho. De acordo com o que escreve esta terça-feira o jornal catalão Mundo …

Ferro Rodrigues escreveu a Itália: "Miguel Duarte agiu por razões humanitárias"

O presidente da Assembleia da República transmitiu ao homólogo italiano a apreensão do parlamento com o processo de Miguel Duarte, investigado em Itália por suspeita de ajuda à imigração ilegal, defendendo que o jovem português …

Últimos moradores do prédio Coutinho ficam sem gás

Os últimos 11 moradores do prédio Coutinho, no centro de Viana do Castelo, ficam esta terça-feira sem fornecimento de gás, afirmou Agostinho Correia, residente que admite ser "difícil" continuar a "fazer vida" no edifício já …