Historiadores encontram descendentes vivos de Leonardo da Vinci

Mido / Wikimedia

Leonardo da Vinci

Leonardo da Vinci

Leonardo da Vinci ainda vive através dos seus descendentes, de acordo com dois historiadores italianos que encontraram parentes vivos do génio do Renascimento.

Até agora, acreditava-se que a linhagem do pintor, engenheiro, matemático e filósofo se tinha extinguido.

No entanto, de acordo com o diretor do Museo Ideale Leonardo Da Vinci, Alessandro Vessozi, e a historiadora Agnese Sabato, baseados num estudo genealógico que levou 43 anos, a família do artista não desapareceu.

“Levamos a cabo uma longa pesquisa de documentos, que é o primeiro passo para uma investigação científica mais profunda. Verificamos documentos e túmulos em França e Espanha para reconstruir a trajetória da família de Leonardo da Vinci”, explica Vezzosi.

A dupla identificou descendentes vivos da família do pai de Leonardo, Piero da Vinci.

“As consequências da nossa descoberta é que os cientistas podem agora isolar o ADN de Da Vinci, 15 gerações mais tarde”, aponta o historiador.

Segundo o The Guardian, um desses descendentes será o realizador italiano Franco Zeffirelli, que não terá recebido a novidade com grande surpresa.

O realizador, que já esteve nomeado para os Óscares, é filho de Ottorino Corsi, italiano nascido e criado em Vinci.

De acordo com o jornal britânico, em 2007, quando foi agraciado com o prémio Leonardo, Zeffirelli terá dito: “Os Corsis, que são da minha família, também são descendentes de Da Vinci”.

Na altura, toda a gente pensou tratar-se de uma boa piada. Mas, afinal, o realizador italiano já teria alguma razão, de acordo com a investigação agora apresentada.

Outra descendente será Elena Calosi, uma arquiteta italiana que, em declarações ao La Repubblica, diz estar “surpreendida mas feliz”.

“Obviamente que me sinto surpreendida, mas também feliz pela minha avó, que já não está entre nós, e que tinha um grande orgulho em ter Vinci no nome”, declara ao jornal italiano.

As conclusões foram apresentadas pelos dois investigadores durante o congresso “Leonardo Vive”, que se realizou esta quinta-feira, em Vinci, numa conferência onde alguns desses descendentes estiveram presentes.

Vezzosi, que sublinhou que o trabalho ainda não está terminado, já tinha adiantado na altura que a lista incluía “nomes surpreendentes”.

Além da identificação desses familiares, os cientistas conseguiram ainda recuperar alguns lugares associados à história da família, como os cemitérios onde estão enterrados os antepassados.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas condenam teorias da conspiração sobre a origem do surto do coronavírus

Um grupo de 27 cientistas da área de saúde pública condenou, através de um comunicado, o fluxo de histórias e um artigo científico que sigerem que um laboratório em Wuhan, na China, pode ser a …

Saída de juíza dita repetição da fase de instrução do caso Hells Angels

A saída do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC) da juíza que dirigiu cerca de 40 sessões da instrução do caso Hells Angels vai obrigar à repetição desta fase, revelou à Lusa fonte ligada ao …

Conselho Europeu termina sem acordo sobre Orçamento

O Conselho Europeu extraordinário em Bruxelas consagrado ao orçamento plurianual da União para 2021-2027 terminou, esta sexta-feira, sem acordo. O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, lamentou este desfecho e sublinhou que os líderes dos 27 Estados-membros …

Absolvidos médicos que não detetaram tumor cerebral em jovem de 19 anos

O Tribunal da Relação do Porto absolveu os quatro médicos que não diagnosticaram um tumor cerebral a uma jovem que acabou por morrer. O caso de Sara Moreira, a jovem de 19 anos que morreu com …

Isabel dos Santos está 100 milhões mais "pobre" (e uma das suas empresas em Portugal tenta evitar a falência)

A fortuna de Isabel dos Santos está avaliada em 2,2 mil milhões de dólares, o que a mantém como a mulher mais rica de África, mas a empresária angolana perdeu 100 milhões de dólares em …

Polícia indiana vai proteger Trump com fisgas (por causa dos macacos selvagens)

Polícia armada com catapultas foi designada para proteger o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de macacos selvagens durante a sua visita ao Taj Mahal, na Índia. Entre 500 e 700 macacos rhesus vivem no mausoléu …

Análises negativas a dois passageiros do navio Westerdam que chegaram a Lisboa

Dois residentes em Portugal que eram passageiros do navio MS Westerdam, que esteve atracado no Camboja, foram submetidos a análises laboratoriais para o novo coronavírus e os resultados foram negativos. Num comunicado divulgado hoje no seu …

Morreu o escritor Vasco Pulido Valente

O escritor e cronista morreu, esta sexta-feira, aos 78 anos de idade, em Lisboa. O Público, jornal no qual foi cronista desde a sua fundação, confirmou junto de fonte familiar que Vasco Pulido Valente morreu, esta …

Tribunal autoriza Tesla a derrubar floresta na Alemanha para construir fábrica

A justiça alemã permitiu à Tesla, empresa liderada por Elon Musk, destruir 92 hectares na Alemanha para construir uma fábrica de grandes dimensões. Esta será a sua primeira fábrica na Europa. Como informou o Deutsche Welle, citado …

Covid-19. Autocarros com ucranianos retirados da China recebidos à pedrada

Dezenas de manifestantes envolveram-se em confrontos com a polícia, esta quinta-feira, numa localidade no centro da Ucrânia, onde 70 pessoas vão ficar sob quarentena depois de terem regressado da China. Com receio da propagação do Covid-19, …