Hipocondríacos correm maior risco de desenvolver doenças cardíacas

Um estudo de investigadores da Universidade de Bergen, na Noruega, revela que as pessoas hipocondríacas são mais propensas a desenvolver realmente alguns problemas de saúde graves, como doenças cardíacas.

Segundo reporta a CNN, os especialistas avaliaram 7 mil pessoas e afirmam que 3,3% dos inquiridos tiveram um ataque cardíaco durante os 13 anos de desenvolvimento do estudo.

Os autores do estudo publicado na revista científica BMJ Open concluíram que os indivíduos com altos níveis de ansiedade foram 70% mais propensos a desenvolver uma doença cardíaca.

Ou seja, os hipocondríacos correm um maior risco de desenvolver doenças do foro cardíaco face às pessoas que vivem “despreocupadas”.

“O stress faz-nos produzir cortisol, hormona que a curto prazo nos dá energia, mas a longo prazo e em altas doses, pode ter efeito corrosivo em vários órgãos e aumentar, por exemplo, a aterosclerose, que é um fator de risco para a doença cardíaca”, explicou Ian Robertson, autor do livro “The Stress Test“.

O co-autor do estudo, Line Iden Berge, disse que antes de iniciar a investigação pensava que as conclusões seriam as opostas – porque os hipocondríacos devem monitorizar a saúde mais frequentemente e realizar mais exames médicos.

No entanto, esses comportamentos não se relacionaram com uma diminuição do risco de doenças cardíacas.

Cerca de 2% da população mundial sofre de hipocondria, um estado do foro psicológico em que a pessoa tem tendência a sobrevalorizar sensações subjetivas, atribuindo-as a alterações ou a doenças orgânicas inexistentes, podendo mesmo convencer-se de que tem doenças muito graves ou mesmo incuráveis.

Ainda que essas “sensações” não sejam reais, sabe-se agora que o problema pode mesmo tornar-se realmente físico.

ZAP / Move

PARTILHAR

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …