Desenho de Hergé para BD de Tintim foi a leilão e atingiu recorde de 2,6 milhões de euros

Ian Langsdon / EPA

Desenho do autor belga Hergé, de 1936, para a capa da banda desenhada “O lótus azul”, protagonizada por Tintim

Um desenho original que o autor belga Hergé fez em 1936 para a capa da banda desenhada “O lótus azul”, protagonizada por Tintim, foi vendido esta quinta-feira pelo valor recorde de 2,6 milhões de euros, num leilão em Paris.

De acordo com a leiloeira Artcurial, o desenho foi vendido por 2,6 milhões de euros, batendo um recorde mundial de um leilão de uma obra de banda desenhada. O recorde anterior tinha sido atingido em 2014, quando outra obra de Hergé foi leiloada por 2,5 milhões de euros.

De acordo com o especialista Éric Leroy, da leiloeira francesa, o desenho estava avaliado entre 2,2 e 2,8 milhões de euros. Na altura, a venda dessa obra bateu o recorde de vendas dentro do universo da banda desenhada.

A obra de arte vendida esta quinta-feira diz respeito a um desenho que Hergé fez em 1936, a pensar na capa do quinto álbum de BD da série do repórter Tintin, intitulada “O lótus azul”.

O desenho tinha sido descartado pelo editor, Casterman, por considerar que a técnica utilizada por Hergé iria aumentar os custos de produção do livro.

A capa revela Tintin e o cão Milú dentro de um jarrão de porcelana chinesa, escondendo-se de um dragão vermelho, sob fundo preto, tendo Hergé oferecido o desenho ao filho do empresário Jean-Paul Casterman, que o manteve guardado até à morte (2009).

Esse é um álbum mítico, porque é a primeira vez que Hergé sabe o princípio e o fim de uma história antes mesmo de começar a desenhar” e para o qual reuniu documentação, afirmou Éric Leroy, em declarações à agência Efe.

“O lótus azul” narra uma aventura em Xangai, na China, onde Tintin tenta resolver um mistério que envolve espionagem e tráfico de ópio.

Tintin é considerado uma das mais populares personagens de banda desenhada e apareceu, pela primeira vez, a 10 de janeiro de 1929 no suplemento juvenil Le Petit Vingtième.

Hergé, nome artístico de Georges Rémi, desenhou centenas de páginas de aventuras publicadas em mais de 20 álbuns, como “A estrela misteriosa”, “Tintin no Tibete”, “Tintin no Congo” e “As sete bolas de cristal”, traduzidos em 77 línguas, e que venderam mais de 200 milhões de exemplares em todo o mundo.

Hergé morreu em 1983, aos 75 anos, deixando incompleto “Tintin e Alpha-Art”.

Todos os álbuns desta série estão editados em Portugal, sendo o protagonista designado Tintin (e não Tintim) à luz de uma revisão da tradução feita em 2010.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pela primeira vez, um restaurante vegan ganha uma estrela Michelin em França

Um restaurante de comida totalmente vegan em França foi o primeiro do país a receber a desejada estrela Michelin. Localiza-se perto de Bordéus. A concessão da estrela ao ONA (Origine Non-Animale) é mais uma evidência de …

Onze mineiros resgatados com vida de uma mina de ouro na China

Onze mineiros presos há duas semanas dentro de uma mina de ouro na China, devido a uma explosão, foram hoje trazidos em segurança para a superfície, informou a televisão estatal chinesa. No dia 10 de janeiro, …

Multimilionário oferece 1 milhão em prémios por evidências de vida após a morte

Um empresário de Las Vegas, nos Estados Unidos, está a oferecer um milhão de dólares em prémios em troca de evidências de que existe vida após a morte. O investidor imobiliário e empresário espacial Robert Bigelow, …

Marcelo reeleito com 55% a 62% dos votos. Ana Gomes em segundo lugar

Marcelo Rebelo de Sousa foi reeleito para um segundo mandato como Presidente da República, após vencer as eleições deste domingo com 55% a 62% dos votos.  Segundo as primeiras projeções, Ana Gomes deverá ficar em …

Itália vai processar Pfizer e AstraZeneca devido a atrasos nas vacinas. UE pede "transparência"

A Itália vai processar a Pfizer Inc e a AstraZeneca devido aos atrasos na entrega das vacinas contra a covid-19 e para garantir os fornecimentos – não para obter compensações, disse neste domingo o ministro …

Declínio cognitivo relacionado com a idade pode ser reversível

Cientistas conseguiram reverter em ratos o declínio cognitivo causado pelo envelhecimento. O objetivo dos investigadores é que as farmacêuticas baseiem-se neste estudo para criar um composto que possa ser administrado em humanos. As células específicas do …

Afluência às urnas é menor (mas há mais votantes). Abstenção deverá ficar entre os 56 e 60%

A afluência às urnas às 16:00 nas presidenciais de hoje em Portugal, 35,4%, é a segunda mais baixa desde as eleições de 2006, ano em que este número passou a ser divulgado pela administração eleitoral. Esta …

Reino Unido já vacinou quase 6 milhões. Alemanha aumenta controlo nas fronteiras

O Reino Unido já administrou a primeira das duas doses da vacina contra o novo coronavírus em cerca de seis milhões de pessoas, quando o número de mortes no país devido à pandemia está perto …

Polícia desmantela rede de tráfico internacional de armas (e descobre santuário dedicado a Hitler)

Em dezembro, as autoridades espanholas conseguiram desmantelar uma rede ilegal de armas que operava em toda a Europa, e acabou por capturar os traficantes. O que a polícia não esperava era encontrar um armazém cheio …

Diminuição da esperança média de vida é "consequência inevitável" da pandemia

A esperança média de vida em Portugal vai necessariamente diminuir em consequência da pandemia de covid-19, defendeu um especialista, explicando que isso decorre do efeito combinado da morte de idosos, mas também de jovens em …