Haverá menos 23 mil alunos nas escolas primárias daqui a 4 anos

ywel / SXC

-

As escolas básicas e secundárias vão perder 37 mil estudantes nos próximos quatro anos, com destaque para o 1º ciclo, que terá menos 23 mil crianças do que atualmente, segundo dados do Ministério da Educação.

A maior redução de alunos vai registar-se no 1.º ciclo, já que no ano letivo de 2017/2018, haverá menos 23.119 estudantes a frequentar este nível de ensino (-5%), segundo estimativas da Direção Geral de Estatística da Educação e Ciência (DGEEC), que indicam existir atualmente 409.208 alunos no 1º ciclo.

No ano letivo de 2017/2018, deverão inscrever-se pela primeira vez na escola 90.784 alunos, menos 5.124 do que as que agora frequentam o 1º ano do 1.º ciclo.

O próximo ano deverá contrariar a tendência de esvaziamento das escolas, segundo a DGEEC, que estima um aumento de 1.768 crianças no 1º ciclo, sendo a grande maioria da Região de Lisboa e Vale do Tejo.

O Alentejo é a zona do país onde a redução de alunos deverá ser menos notória, já que terá apenas menos 48 estudantes a entrar para a primeira classe. Olhando para os quatro anos do 1º ciclo, o Alentejo, ao contrário do que acontece nas outras regiões, terá mesmo um aumento do número de alunos: mais 51 crianças, nos próximos quatro anos.

A zona de Lisboa e Vale do Tejo é a mais atingida pela demografia, já que terá menos 1.942 novos alunos a entrar para o ensino, seguindo-se o norte, que deverá sofrer uma redução de 1.407 estudantes no 1º ano.

As salas de aula dos alunos do 1º ano também terão mais carteiras vazias no Algarve e no Centro, zonas onde a DGEEC estima uma redução de menos 276 e 358 estudantes, respetivamente.

Somando todos os alunos que deverão frequentar a escola primária no ano letivo de 2017/2018, haverá menos 2.809 crianças nas escolas nortenhas, menos 1.356 nas de Lisboa e Vale do Tejo, menos 1.126 no centro e menos 301 alunos no Algarve.

A diminuição de alunos é transversal aos diferentes níveis de ensino, à exceção do secundário que, graças ao alargamento da escolaridade obrigatória, terá um aumento 7.245 alunos nos próximos quatro anos (passa dos atuais 195.880 alunos para 203.125).

A DGEEC aponta também para uma redução de 17.197 alunos no 2º ciclo (atualmente são 231.191 estudantes) e uma redução de 4.575 estudantes nas escolas do 3º ciclo (hoje com 373.193 alunos).

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Impressora de pele" promete ajudar na cicatrização de queimaduras

Uma nova impressora 3D portátil é capaz de depositar "folhas de pele", umas sobre as outras, e criar um curativo biológico para cobrir grandes queimaduras. A nova impressora 3D foi desenvolvida por uma equipa de investigadores …

"Made in Space". A primeira fábrica espacial vai começar a ganhar forma

Com o objetivo de construir coisas cada vez maiores no Espaço, uma empresa do Colorado, nos Estados Unidos, está a preparar-se para uma missão de demonstração de construção. A Blue Canyon Technologies vai fornecer a infraestrutura …

Asteróide que passou recentemente pela Terra não estava sozinho

Astrónomos descobriram que o asteróide 2020 BX12, que passou pela Terra na semana passada, era afinal um sistema binário de asteróides. Estamos a falar do asteróide 2020 BX12, que passou a 4,3 milhões de quilómetros de distância da …

"Parasitas" vai ter uma série na HBO. E já são conhecidos dois nomes do elenco

A produção sul-coreana de Bong Joon Ho, especialmente condecorada pela Academia, merece agora uma adaptação para a televisão pelas mãos da HBO. A série televisiva de "Parasitas" foi anunciada em janeiro e a produção está encarregue …

O carregador do seu smartphone é mais potente do que o computador da Apollo 11

Não restam dúvidas de que a informática deu um passo gigante em termos de evolução nos últimos 50 anos. Agora, um engenheiro de software descobriu que até mesmo o carregador do seu smartphone é mais …

Tribunal suspende construção da Gigafactory na Alemanha

Um tribunal alemão ordenou à Tesla, este domingo, a suspensão das obras da sua fábrica "Gigafactory" por questões ambientais. Em novembro do ano passado, Elon Musk, presidente executivo da Tesla, anunciou que a Alemanha tinha sido …

Novos semáforos da Índia ficam vermelhos quando os condutores buzinam

A Polícia de Mumbai, na Índia, instalou detetores de ruído em vários semáforos de cruzamentos importantes da cidade, visando reduzir a poluição sonora. Agora, quanto mais os condutores buzinam, mais tempo a luz se mantém …

Polícia de Hong Kong procura autores de roubo de papel higiénico

Um camião que transportava papel higiénico foi, esta segunda-feira, alvo de um assalto à mão armada em Hong Kong, onde a escassez do produto motivou uma corrida ao comércio local. As autoridades informaram que um motorista …

Centeno considera gravações de Varoufakis "politicamente lamentáveis"

O presidente do Eurogrupo considerou, esta segunda-feira, a atitude do antigo ministro das Finanças grego, que gravou reuniões do fórum de ministros das Finanças da zona euro, "politicamente lamentável". "Honestamente, não tenho comentários a fazer sobre …

Elton John obrigado a interromper concerto devido a crise de pneumonia

O cantor britânico foi obrigado a interromper um concerto, na Nova Zelândia, devido a um diagnóstico de pneumonia atípica. No último domingo, o cantor britânico Elton John interrompeu um concerto no Auckland’s Mount Stadium, na Nova …